Translator

quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

As capas dos jornais e as principais notícias de Sexta-feira, 14 de Dezembro de 2012.



Capa do Correio da Manhã Correio da Manhã

Ferido com arma de caça
Facebook vale aviso
Colhida na passadeira
Emigrante sepultado
‘Vidas Penhoradas’
Pizas intoxicam 18 alunos
Dupla rouba 60 mil euros a advogados

Capa do Público Público

Ministra da Justiça volta a defender sinalização de pedófilos condenados
Governo vai concessionar Linha de Cascais a privados em 2013, diz presidente da Câmara de Cascais
Proprietários de imóveis estão entre os novos sem-abrigo que a crise deu a Portugal
Portas diz que voz do CDS "não foi ouvida" no OE
Só com a supervisão comum não se constrói uma união bancária europeia, diz Jorge Tomé
Diocese diz que estado de saúde do bispo que falou de abusos está "gravemente afectado"
Susan Rice retira-se da corrida para chefe da diplomacia americana

Capa do Diário de Notícias Diário de Notícias

É matemático
Cinco barcos de pesca ilegais ao nível das comunicações
Crónica de um semi-mentiroso
Queda de raio paraliza comboios da CP
Tripulantes de navio arrestado dizem-se "prisioneiros"
Homem assalta banco sem arma e pede "muito dinheiro"
França apresenta queixa contra a Fernando Pessoa

Capa do Jornal de Notícias Jornal de Notícias

Conselheiro apresenta moção para CDS-PP reiterar compromisso com a coligação de Governo
Governo vai concessionar Linha de Cascais a privados em 2013
Ciclone Evan mata e destrói em Samoa e ameaça Fiji
Portas convoca comissão política para preparar cortes de 4 mil milhões na despesa
Crise meteu no saco desfile de pais natais no Porto
Google Maps de volta ao iPhone
Rui Pedro Soares faz oferta de 470 euros para comprar SAD do Belenenses

Capa do i i

Secretário de Estado da Cultura quer articular contenção com crescimento sustentável
Portas convoca comissão política para preparar cortes de 4 mil milhões na despesa do Estado
Tripulantes de cruzeiro arrestado na Grécia dizem-se “prisioneiros” e "sem dinheiro"
Keira Knightley diz não a “50 Sombras de Grey”
Depardieu coloca hotel particular à venda
Anacoreta Correia apresenta moção para CDS-PP reiterar compromisso com coligação governamental
Governo vai concessionar Linha de Cascais a privados em 2013

Capa do Diário Económico Diário Económico

Fechem a bolsa e deitem fora as chaves
A lição da AIG
Um relevante pequeno passo na união bancária
Governo extingue imposto pago na compra de casa
Europeus lideram corrida à ANA
PSP já destruiu imagens ilegais das manifestações de Setembro
Aumento de capital do Banif vai ultrapassar os mil milhões

Capa do Jornal Negócios Jornal Negócios

FMI e Alemanha fecham os olhos, gregos recebem antes do Natal
Maioria dos pensionistas deve manter subsídio no Natal
Ter mulher-a-dias pode obrigar a declaração mensal ao Fisco
Revista do ano: Maio
A TAP vale muito, mas não vale nada
Cenas da vida de um país hipotecado
Portas convoca comissão política para preparar cortes de 4 mil milhões na despesa do Estado

Capa do Oje Oje

SocGen vende divisão egípcia ao QNB
Companhias aéreas sobem lucros em 2013
GrainCorp rejeita oferta melhorada da ADM
“A proteção de uma marca só se obtém com o seu registo”
Falta de capital é maior impedimento ao lançamento de um negócio em Portugal
Microcrédito, PME e exportações
Santander Totta tem 1500 milhões para “projetos sólidos”

Capa do Destak Destak

Japonês de 94 anos usa fundo para funeral para concorrer às eleições legislativas
Congresso peruano aprova lei que proíbe condenados por terrorismo, violação e tráfico de droga de ensinar
Confiança empresarial japonesa agrava-se devido à quebra das exportações
Hollande otimista quando à saída da crise, aponta crescimento como prioridade
Coreia do Sul recuperou parte do foguete norte-coreano para análise
Itália recuperou a confiança do mundo e dos mercados graças a Monti -- Merkel
Crise é desafio, mas Austrália é menos vulnerável do que outros países à crise europeia - OCDE

Capa do A Bola A Bola

Chelsea: Abramovich prepara-se para bater cláusula de rescisão de Falcao
«Estive reunido com dirigentes do Sporting» - Luis Aragonés
Wenger na lista para suceder a Mourinho no Real Madrid
Torneio de São Paulo: Empate histórico com a Dinamarca (0-0)
José Mourinho esteve reunido com dono do PSG
Llorente é o culpado por Bielsa não estar no Barcelona
Família benfiquista reunida no circo (com fotos)

Capa do Record Record

Pior registo do milénio à distância de um golo
Hugo Gaidão: «Permanência é a meta»
Reforços de janeiro já estão no plantel
Uma saída na crista da onda
Vieira: «Só interessa o Marítimo»
Vieira: «Já dei para peditório»
Luis Gustavo: «Objetivo é chegar à primeira equipa do Barça»

Capa do O Jogo O Jogo

Eleições no Fla à luz de vela
Saint-Etienne empata e sobe
Sócios aprovam prejuízo de 431 mil euros
Betis empata com Salvador Agra a titular
"Messi é um assassino"
"Messi e Falcao? Seria fantástico"
Milan vive na Taça de Itália

DO COLEGA "CANTIGUEIRO"



RTP – Do “estamos juntos”, ao “isto anda tudo ligado”... quanto caminho andado!


Eina ca ganda surpresa!!!
A notícia, não trazendo novidade nenhuma, serve, pelo menos, para colocar as “legendas” correctas nas mal contadas viagens de "negócios" de Relvas a Angola,  levando na comitiva o tal senhor da Ponte, que agora até já foi colocado na presidência da administração da RTP... para, no terreno, orientar a transacção.
Como a melhor defesa é o ataque... os capitalistas angolanos vão já avisando que qualquer comentário contrário ao negócio, será qualificado como xenofobia.
Para mim, a técnica de apontar o dedo ao “branco colonialista e racista”... não pega. Não o fui, não o sou, nunca o serei!
Seja como for, sei que não há campos habitados exclusivamente por inocentes. Os filhos da puta atacam em todas as esquinas do mundo, apregoam vários credos e ostentam todas as cores... nas bandeiras e na pele!

JORNAL "O CRÁPULA" DE 14.12.2012


Algumas palavras podem ferir puritanos se é isso não veja as imagens e leia as legendas.

Indignação!


14 de Maio de 2010! Esta data diz algo, a alguém? E 2 de Dezembro de 2010? Sim? Não? Bom, não admira!

Não admira que esta sociedade não saiba, não queira saber e se esteja perfeitamente nas tintas para os dias em que desapareceram duas figuras de prôa, de luxo e de respeito na nossa "sociedade":
Prof. Saldanha Sanches.
Prof. Ernâni Lopes.
E que lhe fez a sociedade?!?!? 
Pouca coisa, uma ou duas notícias nos jornais rádios e televisões. Perderam-se dois faróis da democracia, fiscalidade e economia e nada...
Entretanto, algures num quarto de hotel em Nova Iorque, também em 2010, um jovem de 21 anos enche-se de coragem e num acesso de raiva, mata e mutila um velho maricas de 65 anos. Alguém que era "conhecido" por dizer cobras e lagartos de uns e de outros... e que faz a sociedade?!?!?
Não... não... não irão erguer uma estátua ou dar o nome de uma rua, ou sequer apoiar publicamente um jovem de 21 anos, que arrastado para um meio de proxenetas e prostituição que é o da moda e do mediatismo, não aguentou a pressão de uma bicha que o queria apalpar e sodomizar e o castrou... não... antes pelo contrário!
Esqueçam-se Saldanha Sanches, José Torres, Hernâni Lopes, Carlos Pinto Coelho, Mariana Rey Monteiro, Rosa Lobato Faria, Matilde Rosa Araújo, Mário Bettencourt Resende, António Feio, Virgílio Teixeira.
TODOS desaparecidos em 2010.
Que lhes fizemos? Nada, esquecer...
Agora querem dar o nome de rua a um parasita que "escrevia umas crónicas" e ... levava nas nalgas.
Aí está o lobby da paneleirice em movimento...

DIVULGUEM

KAOS:Porque vem ai o Natal




vitor gaspar passos coelho alavaro santos pereira miguel relvas bad santa
Por mais que eu queira evitar e por menor que seja o espírito natalício com que esteja,  não é possível fugir ao facto de o Natal se estar aproximar. 
Um Natal que vai ser muito mais pobre e muito mais triste para muita gente, alguma já caída na pobreza e na miséria. 
Para a grande maioria, nem as mesas nem as árvores vão estar tão fartas este ano embora para outros, poucos, a árvore e o peru serão bem mais gordos. 
É a época do consumo embora poucos tenham como, é a época da paz embora exista um governo que nos faz guerra e é a época de paz quando é difícil imaginar isso com os bolsos e a barriga vazios. 
O Pai Natal gordo e bonacheirão que vem da Lapónia  não vai ter muita chaminé para descer em Portugal este ano, mas cuidado que um outro mais pequeno e mesquinho lhes pode aparecer a qualquer momento, não para deixar prendas mas para roubar o pouco que ainda alguns possam ter. 
Esta gente rouba-nos tudo, até a alegria de uma época festiva. (até o Papa vem tirar o Burro dos presépio).

MUITO ESCLARECEDOR E ABRASADOR!

.
Eu não sou racista, porque na minha cama se deitaram mulheres pretas, quer em Angola, Moçambique ou na ex-Rodésia, mas chamo "filho da puta" a Rui Ramos (autor da peça abaixo transcrita) que deve ser um preto ou cabrito, nascido em Angola, a quem lhe cortaram o rabo para ser gente e escrever bacoradas no "Jornal de Angola" que conserva ódio, figadal, a Portugal. Este "filho da puta" deve ser mais um daqueles que se acomoda junto à corja que se alimenta das migalhas de um ditador/dinossauro que governa Angola, há mais de 30 anos, de uns poucos ricos e a maioria miserável. - José Martins

O TRIUNFO DOS MEDIOCRES - LÁ COMO CÁ...!!!


Aqueles que me conhecem sabem das minhas crenças e agendas. Acima destes, eu acho que é hora de ser honesto. É, em todos os aspectos, necessário fazer uma profunda e sincera auto-crítica, tendo, sem precedentes, de bandeira seriedade. .
Talvez seja a hora de aceitar que a nossa crise econômica é que, além de este ou aquele político, a ganância dos banqueiros ou o prémio de risco..
Suponha que os nossos problemas não acabam de mudar para um partido por outro, com outra bateria de medidas de emergência, com uma greve geral, ou echándonos às ruas para protestar contra o outro..
Reconhecer que o principal problema da Espanha não é a Grécia, o euro ou a Sra. Merkel..
Admitindo a tentar corrigir isso, nós nos tornamos um país medíocre. Nenhum país alcança condição semelhante durante a noite. Nem em três ou quatro anos. É o resultado de uma cadeia que começa na escola e termina no estabelecimento..
Nós criamos uma cultura em que os pobres são os alunos mais populares da escola, o primeiro a ser promovido no escritório são os mais ouvidos nos meios de comunicação e os únicos que votam em eleições, não importa o quão eles fazem, alguém cuja carreira política ou profissional completamente desconhecido, se houver. Só porque eles são nossos..
Estamos tão acostumados a nossa mediocridade que temos vindo a aceitá-lo como o estado natural das coisas. Exceções, quase sempre reduzido para o desporto, usado para negar a evidência.
.
- Medíocre é um país onde as pessoas gastam uma média de 134 minutos por dia na frente de uma TV mostrando principalmente lixo..
- Medíocre é um país que em todas as democracias não tomou um único presidente que falava Inglês ou teve conhecimento mínimo sobre política internacional..
- Medíocre é o único país do mundo, em seu sectarismo rançoso, conseguiu empatar associações de vítimas do terrorismo..
- Medíocre é um país que reformou o seu sistema de ensino três vezes em três décadas para colocar os seus alunos para a cauda do mundo desenvolvido..
- Medíocre é um país que tem duas universidades entre as mais antigas 10 na Europa, mas, no entanto, não uma única universidade entre as 150 melhores do mundo, e forçar seus melhores investigadores para o exílio para sobreviver..
- Medíocre é um país com um quarto de sua população desempregada, o que, no entanto, é mais uma razão para estar indignados quando os bonecos de uma brincadeira país vizinho sobre seus atletas..
- Medíocre é um país onde o brilho de suspeita de outras causas, a criatividade é marginalizado, se não for roubado impunemente - e singularidade sancionado..
- Medíocre é um país em que as instituições públicas são líderes políticos que, em 48% dos casos, nunca exerceram suas profissões, mas que encontraram na vida política mais relevante..
- Medíocre é um país que fez grande aspiração mediocridade nacional, nenhum complexo perseguido por aqueles milhares de jovens que procuram ocupar o próximo lugar no concurso Big Brother, por políticos que insultam sem dar uma ideia para os chefes que circundam de medíocre para esconder sua própria mediocridade e estudantes ridículo que se esforça para parceiro..
- Medíocre é um país que tem permitido, incentivou e comemorou o triunfo da mediocridade excelência, curvas de deixar duas opções: sair ou ser engolido pela maré imparável de cinza mediocridade..
- Um país é pobre, por que negar que, olhar sem seu complexo de bandeira nacional, exige a motivação de algum sucesso desportivo.
  
Forja Pablos ANTONIO (FORGES)

A GRANDE PEDALADA LUSITANA!


.

Clique a seguir para o resto

Estónia

Eslováquia

DO COLEGA: "PÁGINA GLOBAL"


 .
Clique para ler a interessante peça do Tiago Mesquita

ESTE DURÃO DO NOBEL DA PAZ É O MESMO DA CIMEIRA (DE GUERRA) DOS AÇORES?




Tiago Mesquita – Expresso, opinião, em Blogues

Um futuro condutor africano, já a treinar… ;)


Com o que vem ai em 2013

SÓ ASSIM…

KAOS:Eles comem tudo, eles comem tudo





passos coelho vitor gaspar pedro mota soares paulo portas alvaro santos pereira assunção cristas miguel relvas dracula
Não passa um dia em que a canalha que assaltou o poder em Portugal não aumente um imposto, não roube um direito ou venda aos amigos a preço de saldos aquilo que é de todos nós. 
Agora lá vai a TAP, a ANA e as indemnizações por despedimento são reduzidas para 12 dias por cada ano de trabalho. 
Enquanto houver pedra sobre pedra, alguém com trabalho que não seja precário ou um cêntimo de riqueza neste país esta gente não vai parar de tentar tudo destruir e tudo roubar. 
Se alguém te metesse uma mão no bolso e nos roubasse a carteira certamente que a maioria de nós reagiria e isso ainda me faz mais confusão pois não entendo que, quando todos os dias somos roubados nos salários, nos direito e nos bens que são de todos nós, a maioria de nós se mantêm calada e quieta sem nada fazer para o evitar. 
Que se passa com este povo?

CONTINUAÇÃO DOS COICES DO PAULINHO PORTAS




  Número de Documento: 15455729

  Lisboa, Portugal 12/12/2012 14:12 (LUSA)
  Temas: Trabalho, Sindicatos, Feriados, Política, Parlamento

Lisboa, 12 dez (Lusa) – O Partido Socialista anunciou hoje a intenção de pedir a reapreciação parlamentar do diploma sobre o regime jurídico dos trabalhadores dos consulados e embaixadas caso o governo não recue na ideia de consagrar apenas dois feriados nacionais fixos.

"Se o Governo não recuar na questão dos feriados vamos pedir a reapreciação" do decreto-lei, disse à agência Lusa o deputado socialista Paulo Pisco.
.
O regime jurídico-laboral funcionários consulares, que define os direitos e deveres dos trabalhadores dos consulados, embaixadas e residências no exterior, está a ser negociado pelo Governo com o Sindicato dos Trabalhadores Consulares e das Missões Diplomáticas.
.
O parlamento deverá aprovar hoje a autorização para o executivo legislar sobre a matéria.
.
A proposta do Governo prevê que apenas os feriados de 25 de dezembro e 10 de junho se mantenham fixos, ficando os chefes de posto com autoridade para decidir, relativamente aos outros sete dias feriados, se os funcionários gozam os portugueses ou os do país onde estão a trabalhar.
.
A proposta é contestada por Paulo Pisco, que considera que "um feriado com o simbolismo histórico do 25 de Abril não poder ser facultativo, nem descartável".
.
Também o secretário-geral do sindicato dos Trabalhadores Consulares, Jorge Veludo, se mostrou contra esta mudança nos feriados, considerando a "solução encontrada uma salada russa" e lembrando as implicações da medida no respeito pelas diferenças religiosas.
.
"E depois há sempre o risco de desrespeito pelo feriado local que crie conflitos com as autoridades locais", disse Jorge Veludo.
.
Paulo Pisco reconhece que o Governo poderá ainda introduzir alterações no diploma, mas adianta que o executivo não tem "mostrado abertura" para alterar a questão dos feriados.
.
O deputado, eleito pelo círculo da Europa, questiona ainda a proposta contemplada no diploma de os trabalhadores das residências [dos embaixadores] passarem a trabalhar 44 horas semanais, o que, no ser entender, representa uma discriminação relativamente aos funcionários dos palácios de Belém e São Bento, que trabalham apenas 35.
.
A reapreciação parlamentar do diploma só poderá ser pedida após a sua publicação oficial.
Lusa/Fim