Translator

segunda-feira, 13 de maio de 2013

KAOS:O Cisma Grisalho




paulo portas o cisma grisalho
“Num país em que grande parte da pobreza está nos mais velhos e em que há avós a ajudar os filhos e a cuidar dos netos, o primeiro-ministro sabe e creio que é a fronteira que não posso deixar passar”. “Não quero que em Portugal se verifique uma espécie de cisma grisalho, que afectaria mais de três milhões de pensionistas, uns da Segurança Social, outros da Caixa Geral de Aposentações. Quero, queremos todos no Governo, uma sociedade que não descarte os mais velhos; quero, queremos todos no Governo, um ajustamento que não prejudique sobretudo os que não têm voz.”
Paulo Portas no domingo passado
Mesmo  depois de Paulo Portas ter admitido que a insistência nesta medida podia gerar uma crise política, “O Conselho de Ministros reuniu para se inteirar da conclusão dos trabalhos relativos ao 7º exame regular e confirmar as condições necessárias ao seu fecho, de modo a que o senhor ministro de Estado e das Finanças possa delas dar nota nas reuniões que amanhã se iniciam em Bruxelas”. O líder do CDS e ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Paulo Portas, aceitou, a título excepcional, a nova contribuição dos reformados (a taxa de sustentabilidade sobre as pensões).
O CDS já foi o partido do Taxi, só espero que após as próximas eleições seja o do Smart. Esta gente não tem espinha, não tem moral, não tem dignidade, não tem respeito, não tem nada. São moluscos peganhentos, gente mesquinha e miserável.  Que apodreçam e que um dia se façam filas, maiores que as que crescem todos os dias nos centros de desemprego, para lhes mijar nas campas.