Translator

terça-feira, 14 de maio de 2013

KAOS:O Guarda Fronteiras dos pensionistas



pedro mota soares guarda fronteira pensionistas
 O líder do CDS discorda frontalmente da proposta de impor uma contribuição aos pensionistas e reformados como uma das medidas de redução de despesa pública. “Num país em que grande parte da pobreza está nos mais velhos e em que há avós a ajudar os filhos e a cuidar dos netos, o primeiro-ministro sabe e creio que é a fronteira que não posso deixar passar”.
Pelos vistos Paulo Portas como guarda fronteiriço seria o sonho de qualquer contrabandista.  Logo para azar do CDS, o partido que se dizia dos pensionistas, a Pasta da Segurança Social está nas mãos do Pedro Mota Soares, o tal que chegou de Lambreta e agora anda de Audi de Luxo. Por este andar e pela indignação que a derrapagem do Portas mostrou, ainda vamos ver toda a bancada do CDS chegar ao parlamento numa única lambreta.