Translator

segunda-feira, 3 de junho de 2013

A Frase



Seguro não se quer misturar com os outros partidos à sua esquerda - PS e PCP - e já escolheu o seu caminho: quando vencer as eleições sem maioria absoluta vai aliar-se ao CDS que irá reciclar na próxima ida às urnas a velha posição de "equidistância" entre PS e PSD inventada por Freitas do Amaral. O CDS deverá voltar a ser aquele partido que em 1974 se definia como "rigorosamente ao centro", o parceiro perfeito para um PS rigorosamente afastado da sua esquerda.
Ana Sá Lopes, i