Translator

quarta-feira, 5 de junho de 2013

PARA QUEM AINDA SE LEMBRA DESTES TEMPOS!



GP de Portugal de F1 1959 no Circuito de Monsanto

Foi a 23 de agosto de 1959 que o Circuito do Monsanto recebeu pela única vez a Fórmula 1. O percursocom 5.44 kmtinha a zona da meta na Estrada de Queluzperto do alto da Ajuda numa reta (ligava aos Cabos de Ávila)que terminava numa zona a descer à esquerdalogo seguida duma direita que hoje é a auto estrada A5.

Os pilotos andavam cerca de um quilómetro nesta estradaa subir (exatamente o percurso de hoje da A5 em direção às Amoreiras) e saíam para a direita no mesmo exato local onde hoje em dia se acede à rotunda do lado sul que liga o viaduto sobre a A5. 

Aqui desciam para o Alvito e 200 metros antes do parque infantil viravam à direita para uma zona que hoje em dia é somente para pedestres está encerrada ao trânsito desde 2003. Aqui situava-se a zona mais sinuosa do traçado os concorrentes passavam no que hoje é a Alameda Keil do AmaralRotunda de Montes Claros onde existe hoje o Anfiteatro com o mesmo nome numa zona onde pode desfrutar de uma magnífica vista sobre o Tejo e a Margem Sul.


Após esta zona uma rápida descida para o alto da Ajuda que se vê no vídeo a partir do minuto 3m08sque antecede a zona de meta onde estavam montadas as enormes e repletas bancadas. Vale a pena recordar a única vez que a F1 passou pelo coração de Lisboa.

Sir Stirling Moss venceu liderando do princípio ao fim fez a pole-position a melhor volta e deu uma volta de avanço a Masten Gregory e Dan Gurneye mais que uma a todos os outros. Phil e Graham Hill envolveram-se num acidente que colocou ambos fora da corrida e Nicha Cabral terminou em décimo a seis voltas do vencedor. Veja o interessante e histórico vídeo.

Classificação

1º Stirling Moss Cooper-Climax T51 62 voltas em 2h11m55.410s
2º Masten Gregory Cooper-Climax T51 61 voltas
3º Dan Gurney Ferrari D246 61 voltas
4º Maurice Trintignant Cooper-Climax T51 60 voltas
5º Harry Schell BRM P25 59 voltas
6º Roy Salvadori Aston Martin DBR4 59 voltas
7º Ron Flockhart BRM P25 59 voltas
8º Carroll Shelby Aston Martin DBR4 58 voltas
9º Tony Brooks Ferrari D246 57 voltas
10º Mário Araújo de Cabral Cooper-Maserati T51 56 voltas
NT Bruce McLaren Cooper-Climax T51 38 voltas/Transmissão
NT Jack Brabham Cooper-Climax T51 23 voltas/Acidente
NT Jo Bonnier BRM P25 10 voltas/Motor
NT Phil Hill Ferrari D246 5 voltas/Acidente
NT Graham Hill Lotus-Climax 16 5 voltas/Acidente
NT Innes Ireland Lotus-Climax 16 3 voltas/Cx.Velocidades


video