Translator

quarta-feira, 5 de junho de 2013

REUNIÃO DO CLUB BILDERBERG 2013

As notícias do dia que não pode perder
Política
2013-06-04 15:15h

Seguro confirma presença com Portas no clube Bilderberg


O secretário-geral do PS confirmou que participará na próxima reunião anual do Clube de Bilderberg, onde adiantou que defenderá o fim dos paraísos fiscais, a taxação sobre transações financeiras e os direitos sociais.

António José Seguro falava aos jornalistas no final de uma reunião com a direção do PCP, depois de interrogado sobre a sua participação no Clube de Bilderberg, entre entre quinta-feira e domingo em Hertfordshire, Reino Unido, conjuntamente com o ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros, Paulo Portas.

A lista oficial de convidados da reunião deste ano confirma que Paulo Portas e António José Seguro vão estar juntos nos encontros promovidos pelo Clube Bilderberg, do qual faz parte o líder da Impresa e antigo primeiro-ministro, Francisco Pinto Balsemão, para além, de Durão Barroso.
Reunião «secreta» realiza-se esta semana em Inglaterra O Clube de Bilderberg junta governantes e destacadas figuras de 21 países da União Europeia e dos Estados Unidos, decorrendo sempre à porta fechada, e caracteriza-se por ser muito restrito em termos de seleção de participantes.
Seguro confirmou a sua presença na próxima reunião anual do Clube de Bilderberg e justificou o motivo que o levará a participar no encontro.

«Trata-se de um convite para eu participar numa reunião e nela vou reafirmar as minhas posições, quer em matéria de globalização, quer em matéria europeia. Defendo o fim dos paraísos fiscais, a taxação sobre as transações financeiras, a dimensão económica e política da União Europeia», disse.
O secretário-geral do PS referiu depois que na reunião anual do grupo de Bilderberg vão estar presentes 150 participantes.

«É verdade que [a presença na reunião do Clube de Bilderberg] pode ter várias leituras, mas a minha leitura é a seguinte: Fizeram-me um convite e eu vou participar nessa reunião, como participo em dezenas ou centenas de reuniões e onde vou dizer aquilo que penso sobre a situação grave da Europa e sobre a necessidade de a globalização respeitar direitos humanos e direitos sociais», insistiu.

Na lista de convidados ainda é possível encontrar a diretora geral do FMI, Christine Lagarde, o antigo primeiro-ministro francês, François Fillon, o ex-chefe de governo italiano, Mario Monti, o ex-secretário de Estado do Tesouro norte-americano, Timothy Geithner, o ministro da Economia espanhol Luis de Guindos, Jeff Bezos, fundador da Amazon, o antigo CEO do Google, Eric Schmidt e o colonista do Financial Times, Martin Wolf.

Em anos anteriores foram convidados nomes como José Sócrates, Jorge Sampaio, Mira Amaral, António Guterres, Vítor Constâncio, Ferreira Oliveira e Ricardo Salgado. No ano passado estiveram presentes Luís Amado e Jorge Moreia da Silva, para além de Pinto Balsemão.

Lurdes Baeta leu esta notícia
  • Veja o VÍDEO desta notícia em tvi24.iol.pt
  • Leia os COMENTÁRIOS dos leitores em tvi24.iol.pt
  •  
  • P.S.
  • Em anos anteriores foram convidados nomes como José Sócrates, Jorge Sampaio, Mira Amaral, António Guterres, Vítor Constâncio, Ferreira Oliveira e Ricardo Salgado. No ano passado estiveram presentes Luís Amado e Jorge Moreia da Silva, para além de Pinto Balsemão.