Translator

sexta-feira, 26 de julho de 2013

KAOS:Alvaro o adeus do super emigrante


Não podia deixar o Álvaro ir-se embora sem me despedir aqui dele. O homem veio do frio do Canadá porque tinha um blog sobre neo-liberalismo que o Passos Coelho gostava de ler. 
 
Claro que uma coisa é escrever umas parvoices num blog outra é realmente saber o que fazer quando se é ministro e sobretudo quando se lhe oferece um super-ministério. 
 
Deu merda e a única coisa que o tornou famoso foram os pasteis de nata, as bandeirinhas de portugal, o andar pelo ministério a apagar as luzes para poupar, os diversos anuncios do fim da crise e claro o sorriso de parvo. 
 
Na verdade também teve o azar de ser um ministro da economia sem dinheiro para a economia e num governo fortemente empenhado em a destruir com um Gaspar que lhe perguntava quais das três palavras "não há dinheiro" não entendia. 
 
Foi um mau ministro mas sem dúvida uma mais valia para os meus bonecos e alguém a quem era sempre possivel recorrer quando não tinha nenhuma ideia. Agora que se foi já aparecem alguns a dizer que foi por fazer frente aos lobis mas sejamos honestos. 
 
O homem era uma nulidade e na realidade nunca fez nada de nada. Mais um que se vai e não deixa saudades mas nenhum deixa.

Sem comentários:

Enviar um comentário