Translator

sexta-feira, 16 de agosto de 2013

KAOS:Uma candidatura de outro mundo



Esta gente representa aquilo que mais me enoja na política. 
.
E já nem falo dos mercenários municipais que concorrem a Municípios onde não vivem nem daqueles que à força se querem recandidatar a outras câmaras por já terem feito três mandatos na que são presidentes agora. Oeiras consegue ser ainda mais especial. 
.
Tem um Presidente preso por falcatruas na própria Câmara que vai ser candidato a Presidente da Assembleia Municipal, (é dos tais que já fez 3 mandatos), e para o seu lugar escolhe o seu número dois que o tem acompanhado em tudo o que foi feito e que aceita ser o seu testa de ferro, (como o Putin fez com o Medvedev na Presidência da Rússia). 
.
Na prática mantêm-se o poder, os negócios e os amigos para que tudo fique na mesma. 
.
Não se levantam pedras nem se desenterram esqueletos. O poder fica nas mesmas mãos e o negócio continua. Gente como esta conspurca aquilo que deveria ser uma tarefa nobre. Não prestam para nada.
.
Mas Oeiras tem de tudo, Um Moita Flores que nem devia saber onde fica Oeiras, um Candidato do PS que ninguém conhece e até um ex-presidente de junta, eleito pelo PS, que criou um movimento de cidadãos e que depois atraiçoou concorrendo pelo CDS. 
.
Isto para não falar das juntas, que com a sua diminuição estão a criar lutas intestinas dentro dos presidentes eleitos (pelo mesmo movimento) para ver quem fica com o bolo. Aqui vale tudo.

Sem comentários:

Enviar um comentário