Translator

sexta-feira, 23 de agosto de 2013

O candidato à câmara do Porto sente-se envergonhado se este caso vier a confirmar-se.






Rui Moreira vê caso Menezes como o grau zero da política




Sucedem-se as reações ao caso que envolve o nome de Luis Filipe Menzes. O porta-voz da candidatura do autarca de Gaia e candidato do PSD à câmara do Porto garante que Menezes não pagou rendas a moradores de bairros sociais, embora diga que Menezes é uma pessoa com coração, que não vira costas a quem precisa.

Perante os dados da notícia, o presidente da Comissão Nacional de Eleições, Fernando da Costa Soares,  entende que, a confirmarem-se os factos, Menezes pode ter cometido um crime que em última análise pode dar pena de prisão.

Sobre o alegado pagamento de rendas, por parte de Menezes, as candidaturas concorrentes já se pronunciaram.

Rui Moreira (audio) diz que este tipo de ações, denunciadas pelo jornal, são o grau zero da política.

Apesar das críticas, Rui Moreira não tenciona apresentar qualquer queixa, ao contrário do Bloco de Esquerda que garantiu que o vai fazer.

A candidatura do PS, liderada por Manuel Pizarro, também não se quer pronunciar por entender que se trata de um crime público.

Luís Filipe Menezes marcou uma conferência de imprensa para as seis menos um quarto da tarde para reagir às acusações.

Sem comentários:

Enviar um comentário