Translator

terça-feira, 12 de novembro de 2013

"A BENÇÃO DO DIABO"

 

Machetadas na credibilidade

por João Pinto Bastos, em 13.11.13

O que seria do Governo se não tivesse Paulo Portas a corrigir os disparates dos seus elementos mais vetustos? Uma asneirola pespegada, claro está. Para quem passa a vida a alvitrar a nojice, mediatica e malevolamente tergiversada, do "irrevogável", dêem graças a Deus de terem o vice-primeiro-ministro que têm.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:01

Sem comentários:

Enviar um comentário