Translator

sexta-feira, 1 de novembro de 2013

"O SENHOR Tá-qui Tá-colá!… ”

 

Um dia como outro qualquer…


Nas últimas 24h, pudemos assistir:
… à forma como o (mesmo) jornalismo que instiga uma sociedade à indignação pelos maus exemplos de conduta dos seus governantes, dá o exemplo de quão elevados são os seus próprios padrões éticos, ao bombardear uma mãe - enquanto transporta os filhos ao colo - com perguntas sobre declarações do marido a propósito de (supostas) agressões, violência doméstica, entre outros…

… ainda no mesmo dia - e também na categoria daqueles que instigam os cidadãos à revolta pela conduta inadequada dos seus governantes - pudemos assistir ao mesmo político que suscitou piadas como: “Sabes como se diz Mário Soares em chinês? Tá-qui Tá-colá!… ”, este texto:

“O atual Governo nunca diz o que faz nem explica as condições e sarilhos em que está metido. Depois de destruir o Estado, anda desde janeiro a dizer que vai apresentar um guião sobre a reforma do Estado, que Paulo Portas nunca fez nem fará.
Também não explica o que se passa com o erário público e os dinheiros que o Governo gasta com os membros deste Governo que são 54 (ministros e secretários de Estado), chefes de gabinete e inúmeros assessores. Para quê? Os automóveis que todos têm e as viagens que fazem permanentemente com os seus amigos e assessores. Nada do que gastam é conhecido. Mas um dia será.
Quando se souber - e entre o povo empobrecido, muitas pessoas passam fome -, a revolta que existe hoje já praticamente todos os dias pode levar a uma revolução.”
E pronto… quando é que os crápulas deste governo pds-cds, estes políticos da direita, vão embora para que os socialistas regressem?!
 
Só aí voltaremos a ter uma agenda mediática mais “despoluída”, mais livre destes casos de conduta duvidosa e os cargos políticos voltarão a ser ocupados por figuras de elevados padrões éticos!
Bem-haja Dr. Soares por ser a "voz do povo" e denunciar estas situações (aposto que sensibilizou esses dois outros grandes vultos do Humanismo, Sócrates e Lula, num recente encontro...) e um agradecimento especial aos srs. jornalistas, por serem o bastião da ética e da decência, alertando-nos e elucidando-nos, sobre aqueles políticos que não poderão mais contar com a nossa confiança e os que estão ao lado do povo. Muito Obrigado!
Para onde resvalaria este país sem o V. contributo!

Sem comentários:

Enviar um comentário