Translator

quinta-feira, 14 de novembro de 2013

"OI PESSOAL VAMOS LÁ BATER PALMAS AO PAPÁ DOS PORTUGUESES"

Ó pazinho! Vai chamar "papá" a outro...



Do inefável e cada vez mais cretino Expresso:
Soares, o "papá dos portugueses", gosta de Sócrates.
Mário Soares adora Paris e não se cansa de o realçar. "Aprendi tudo aqui, durante meu exílio em França com os socialistas franceses, e sou o que sou porque aprendi convosco", disse hoje o ex-Presidente português numa cerimónia na Câmara de Paris, onde foi condecorado com as chaves de ouro da cidade.

Mário Soares dirigia-se a Bertrand Delanoë, maire de Paris, e a Lionel Jospin, antigo primeiro-ministro e ex-líder do PS francês.
Antes dele, no seu discurso, Delanoë foi também muito laudatório para Soares, a quem chamou de "papá dos portugueses" e "farol da social-democracia na Europa". 


 Os serviços diplomáticos da maçonaria lá arranjaram modo deste embusteiro se ir ornamentar com mais uma medalha. O que choca é a pouca-vergonha do tal Delanoë em julgar que todos os portugueses são uma laia de filhos daquela cujo nome não me ocorre agora. Mas já que Soares reconhece que aprendeu tudo em Paris, seria bom saber quem lhe pagou os estudos. Tal como ao tal Sócrates, aliás.

Publicada por josé 
Foto de minha responsabilidade

Sem comentários:

Enviar um comentário