Translator

quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

"ORA TOMEM LÁ AUSTERIDADE!"



A Frase



Mais uma vez foi anunciado um prazo para a "austeridade". Quinze anos, pelo menos. Se tomarmos à letra o "programa" vindo das várias troikas, FMI-UE-BCE, ou Passos-Maria Luís-Moedas, ou Neves-Lourenço-Bento, ou qualquer das suas variantes, serão precisas décadas. Se tomarmos à letra as promessas de manter a "austeridade" pelos anos necessários para "resolver" o problema do défice e da dívida, como política "inevitável", é de décadas que falamos.
José Pacheco Pereira, Sábado

Sem comentários:

Enviar um comentário