Translator

segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

COM A GLÓRIA NÃO IA EU PARA A "COPOFONIA...."




DR
Glória Araújo já justificou os dias 9, 10 e 11 por razões de doença, mas não o dia 4 

Deputada com taxa de álcool justifica doença
A deputada do PS Glória Araújo justificou três das quatro faltas dadas em Plenário por motivos de doença, depois de ter acusado uma taxa de alcoolémia de 2,4 g/l na madrugada de 4 de Janeiro, numa operação stop, em Lisboa.
 .
Por:Cristina Rita
 .
Segundo o registo oficial do Parlamento, Glória Araújo já justificou os dias 9, 10 e 11 por razões de doença, mas não o dia 4. Nessa data ainda chegou a deslocar-se ao Campus de Justiça, na sequência do processo aberto por ter sido 'apanhada' com uma taxa cinco vezes superior ao limite legal. No entanto, acabou por não ser ouvida por imperativos legais, ou seja, imunidade parlamentar.
.
A parlamentar, se for aprovado o pedido de levantamento da sua imunidade, incorre numa pena até um ano de prisão. Até sexta-feira de manhã, dia 18 de janeiro, não tinha dado entrada qualquer pedido de levantamento da imunidade da deputada. O PS já disse que votará a favor.

As capas dos jornais e as principais notícias de Terça-feira, 22 de Janeiro de 2013.


Capa do Correio da Manhã Correio da Manhã

Fundos para garantia de indemnização
Deputada com taxa de álcool justifica doença
Pontinha: Incêndio intoxica seis
Batalha: Danos no mosteiro
Soares: "Marcelo não mentiu, nem estava lé-lé da cuca"
Sintra: Acidente fecha IC19
Vítor Gaspar: Mais tempo para pagar

Capa do Público Público

Encontrado corpo de trabalhador acidentado na barragem do Sabor
Duas explicações possíveis para o acidente de Alfarelos
Eurogrupo vai "estudar problemas" potenciais de aumento dos prazos dos empréstimos a Portugal
Jesus: "A equipa está confiante e sabe que os jogos não se ganham na primeira parte"
CDS ajusta posição sobre mandatos para apoiar Fernando Seara
Sorteio da Lotaria Clássica (3º/2013)
Estudo conclui que o aumento do horário de trabalho não tem efeitos directos na produtividade

Capa do Diário de Notícias Diário de Notícias

Metropolitano de Lisboa deverá abrir apenas às 10:30
Encontrado corpo de trabalhador na barragem do Sabor
E que tal refundar antes este estado de coisas?
Não há vespas más
Catorze feridos em choque entre dois comboios em Alfarelos
Reposta energia a 97% dos clientes que ficaram sem luz
Scotland Yard investiga caso Maddie no Porto

Capa do Jornal de Notícias Jornal de Notícias

Comboio abalroou carro de homem que fugia à PSP
Feridos "não inspiram cuidados de maior"
Vírus informáticos vão ser capazes de danificar fisicamente equipamentos
Carruagem do Regional "voou" para cima do Intercidades
Raptada, drogada, violada e atirada de carro em movimento
Micro-robô corrige deformidades faciais
Vítimas do mau tempo vão pagar prejuízos

Capa do i i

Acidente em Alfarelos. Carruagem do Regional "voou" para cima do Intercidades
Comboio abalroa viatura ligeira no apeadeiro de Vilela, em Coimbra, sem provocar vítimas
Desemprego no mundo vai atingir um nível inédito de 202 milhões em 2013
Gaspar. Novo presidente do Eurogrupo é "muito capaz" e "muito lúcido"
Trânsito cortado no IC19 junto a Queluz devido a acidente
Mel Gibson pode ser o pai dos filhos de Jodie Foster
Metropolitano de Lisboa deverá abrir apenas às 10h30 após greve parcial dos trabalhadores

Capa do Diário Económico Diário Económico

Passos tem de ajudar Seguro a impor-se no PS
Os banqueiros fazem o trabalho de Deus. E nós estamos a ficar pouco crentes
Parceiros sociais, a economia e o Governo
Eurogrupo vai dar mais anos para Portugal pagar o empréstimo
Venda dos seguros da Caixa concluída só em 2014
Patrões exigem gestão pública do fundo de indemnizações
Fusão entre Zon e Optimus vai passar por aumento de capital

Capa do Jornal Negócios Jornal Negócios

Vítor Gaspar: Novo presidente do Eurogrupo é "muito capaz" e "muito lúcido
Van Rompuy felicita novo líder do Eurogrupo e expressa gratidão a Juncker
Bruxelas vai analisar "problemas" de eventual extensão das maturidades a Portugal
Fotografia ao sector que dá gás às exportações
Casinos põem Estado em tribunal por abuso fiscal "inconstitucional"
Obama numa América com menos esperança no futuro
Conheça a proposta do Governo sobre o fundo de indemnizações

Capa do Oje Oje

Banco Santander estuda aquisição dos ativos do NAB no Reino Unido
Huawei ganhou mais 33% em 2012
Refinação impulsiona lucro da Reliance Industries
Banca britânica destrói 43 mil empregos
Odd School forma em profissões do futuro
"Estamos num momento de viragem" ao nível do custo do crédito
Multi-tasking vs Versatilidade

Capa do Destak Destak

5,66 milhões de israelitas a caminho das urnas para as eleições legislativas
Dotcom desculpou-se por falhas no seu novo portal de armazenamento Mega
30 - PSP
Banco do Japão revelou flexibilização monetária "agressiva" e meta de 2 % de inflação
Sismo de magnitude 5,9 abalou ilha indonésia de Samatra
Canadiano mata duas pessoas em sala de tribunal das Filipinas
160 operacionais envolvidos no socorro às vítimas do acidente de comboios na Granja do Ulmeiro

Capa do A Bola A Bola

Coloccini aguarda por uma decisão do Newcastle
Bayern: Robben na expectativa pela chegada de Guardiola
«Llorente será jogador da Juventus a partir de 1 de julho», diz Moratta
Cavendish entra a vencer no Tour San Luís
«Ainda não marquei golos que cheguem» - Van Persie
Siena: Luís Neto entre Zenit e Dínamo Kiev
«Se me procurassem para me naturalizar, recusaria» - Fernando

Capa do Record Record

Golfe: Ricardo Santos à porta do top-10 europeu
Meyong: «Sou admirador de Jackson Martinez»
Pablo Aimar continua à espera
Miguel Lopes exigente
Marselha espiou o encontro
Mourinho 50 anos: Um sonho azul e branco
Luisão destaca dificuldades

Capa do O Jogo O Jogo

Falcao: "Gostaria de aprender francês e italiano"
Joãozinho deixou mensagem no balneário da ex-equipa
Zazá também é reforço
Ricardo Fernandes: "Benfica aproveitou"
Mais meia para Federer
Jorge Casquilha: "Erros pagam-se caro"
Primeiro prémio da Lotaria Clássica

"O CRÁPULA" COM BODA À VISTA....!!!



Miguel Relvas e Marta Sousa

Casamento marcado para março

ACONTECIMENTO, DE RELEVO, NACIONAL

Daqui com todas as vénias se manda à bardamerda o novo patrão da RTP, Alberto da Ponte, não só pelos fraquíssimos  programas Praça da Alegria e Portugal no Coração, como assim a integração dos comunicadores, paneleirões famosos, José Carlos Malato e João Baião.



MIL - MOVIMENTO INTERNACIONAL LUSÓFONO na SIC


Notícias no 21 de Janeiro - 2ª feira, pelas 10,30 h
Portal:  www.movimentolusofono.org
Blogue:  www.mil-hafre.blogspot.com
.
Estando Malaca representada no Conselho Consultivo do MIL, orgão eleito em Assembleia Geral, constituido por 90 pessoas,  defendendo o reforço dos laços entre os países e regiões do espaço lusófono, numa base de liberdade e fraternidade, damos a conhecer a todos os associados e amigos que a Korsang di Melaka se congratula com a nova sede do MIL que em 2013 passou para a funcionar no Palácio da Indepêndencia - Largo de São Domingos, 11 - 1150-320 Lisboa. 
.
No evento da inauguração estiveram presentes as mais diversas personalidades que invocaram a história como construção do mundo lusófono.
Ver videos ...   A Q U I
Parabéns ao MIL 
.
Por mais um acontecimento que nos orgulha e enche de alegria e motivação.
.
A nova SEDE é acolhida num fraterno abraço pelo Palácio da Independência cruzando toda a SUA secular história de Portugal com a recente designação do mundo LUSOFONO.
.
Bem hajam todos que acreditam e se empenham na construção de um mundo menos desigual e mais fraterno, olhando o futuro sem perder da memória o passado.
.
Um afetuoso abraço da Korsang di Melaka
.
Luisa Timóteo

Ana Drago passou-se.......e bem (diga-se de passagem)!

(O texto a seguir não é deste blogue, mas sem ponta de dúvida ou receio publica-se!)
.
Interessante - e só tenho a louvar a sua  imparcialidade - este "forward" foi-me enviado por um dos muitos portugueses, um amigo meu, que acreditou e votou nesta canalha que nos governa hoje, que enganou quem neles votou.
.
É-me totalmente indiferente se quem diz o que diz é do BE, ou outro qualquer Partido (naturalmente, há sempre uns paneleiros que, logo à partida, só por ser do BE já não ouvem. 
.
(Para esses, puta que os pariu!) - desde que diga aquilo que é verdade, que tenha coragem e frontalidade para o dizer e que saiba apontar injustiças onde elas existem.
.
O cabrão do deputado do PSD é um pedaço de asco que ali está.
.
Pena, pois ainda  há ali (PSD) gente com quem se pode conversar sobre as tais desigualdades. Eu conheço alguns.
.
A Ana Drago é, quer se queira ou não, uma excelente deputada e tribuna.

Sem preconceitos partidários, repassem...
O País (todos nós) agradecederemos essa atitude.
Ana Drago passou-se.......e bem (diga-se de passagem)!
                                          

video

*Suicídio de politico corrupto em directo!!!


O filme mostra um politico norte-americano que, após ter sido descoberta uma corrupção em seu nome de (somente) US$ 15.000,00, chama a imprensa, lê sua carta de renúncia, pede desculpas á família, e suicida-se em frente ás câmaras e aos estupefactos jornalistas...
Se esta moda pegasse em Portugal , ficávamos em auto-gestão... sem governos... sem políticos.
Viveríamos em luto permanente com a bandeira ? a meia haste"!
O tesouro público e povo a quem roubam diariamente de forma descarada teria finalmente orgulho de te-los visto fazendo algo de útil.*****

Atenção: Imagens, violentas, que podem ferir sensibilidades. Ver ou não ver o video a opção é vossa.
video

KAOS:Pobre Portugal



vitor gaspar mendigo europeu
Hoje há reunião do Eurogrupo e Portugal deve ir pedir uma flexibilização das medidas orçamentais. Isto é ou mais tempo, ou juros mais baixos, não para aliviar os portugueses mas para permitir um regresso aos Mercados, ou seja a possibilidade de nos endividarmos ainda mais.
Não faz mal que depois os portugueses pagam. É que o Exel do Ministro, por mais que ele mude as formulas e vicie os números já deve estar com mais células vermelhas que a cara do Ministro Álvaro depois do almoço.
Portugal não tem dinheiro, ou tem aquele que a Troika diz que cá vai metendo. É um facto, mas também tudo o que se produz agora é utilizado para pagar os juros desse dinheiro, à custa da miséria dos portugueses,  da destruição da economia e da delapidação do património do estado.
Já de seguida é o Estado social, e as poucas empresas públicas que restam para não sobrar nada.
Uma divida que dizem ser nossa, dos portugueses, mas cuja culpa é muito da própria politica da União Europeia quando decidiu destruir todo o tecido produtivo dos países do sul para beneficio dos países do norte, quando decidiu que mais importante que o endividamento era criar estradas para poder vender cá os seus produtos e apostar na especulação financeira para criar riqueza.
Até por cá muitos enriqueceram com o betão e com a banca, muito foi roubado e muita corrupção grassou por este país.
Gente responsabilizada não há, presa muito menos e Portugal continua a ser o país das maravilhas. Ainda agora não há dinheiro para a saúde, educação mas não faltou para enterrar mais uns milhares de milhões no BANIF, como nunca faltou nem falta para o BPN.
Mas os culpados somos nós, aqueles que ganham os ordenados mais baixos da Europa e que, mesmo quando fizeram empréstimos para comprar uma casa ou um carro os pagavam com o suor do seu trabalho.
Esses são os que vivem acima das suas possibilidades e não os que lhes emprestaram e depois não tinham como pagar a quem lhes tinha emprestado a eles, a banca, essa instituição onde os administradores vivem no luxo e na sumptuosidade.
A culpa é de quem ganha ordenado mínimo porque ainda teima em comer ou em ficar doente.
Portugal vai voltar aos mercados, os grandes grupos económicos, a banca e o governo vão poder pedir mais dinheiro emprestado lá fora. Claro que a juros altíssimos, numa economia em recessão só podem gerar mais divida, mas não faz mal que depois nós pagamos em impostos e perda de direito.
Se viermos a morrer não faz mal porque é menos uma boca para alimentar, menos um sem-abrigo nas ruas e menos uma voz para protestar.

AS PREVISÕES DE MARCELO

Marcelo prevê crise entre PSD e CDS por causa da eleição no Porto

Social-democra diz que CDS e PSD não podem ser amigos no Governo e "andar à batada" no Porto.

Mercelo não acredita numa crise política por iniciativa de Cavaco Silva Nuno Ferreira Santos
Marcelo Rebelo de Sousa não acredita na possibilidade de o Governo cair por iniciativa do Presidente da República, como afirmou recentemente Freitas do Amaral, mas acredita que ele possa cair devido a uma crise na coligação PSD-CDS, após a eleição autárquica para a Câmara do Porto.

.
No seu habitual comentário na TVI, Marcelo lembrou que é a primeira vez que CDS e PSD não concorrem coligados no Porto, porque “tudo indica” que o partido de Paulo Portas vá apoiar uma provável candidatura independente de Rui Moreira, empresário e presidente da Associação Comercial do Porto.

Para o antigo presidente do PSD, os dois partidos “não podem ser amigos no Governo e andarem à batatada no Porto”, acrescentando que o apoio do CDS a Moreira “pode dar a vitória ao candidato do PS”, Manuel Pizarro.
.
Se esta situação se verificar, Marcelo diz que a coligação governamental fica comprometida e Pedro Passos Coelho enfraquecido, até porque se adivinha que muitos autarcas do PSD “vão levar uma sova” nas autárquicas do final do ano.
.
O também Conselheiro de Estado de Cavaco Silva considerou “uma pena” que o Governo não faça a reforma do Estado conversando com o PS, porque se os socialistas ficarem de fora, quando chegarem ao Governo abdicam de parte da reforma. Rebelo de Sousa afirmou ser mau para o país que não exista uma reforma do Estado duradoura.
.
Marcelo considera que, mais importante que o apoio do PS, é a reforma ser feita com coesão social, porque os portugueses fazem “uma resistência passiva”, dando como exemplo o facto de começarem a não pedir facturas. “O Governo não pode esticar a corda até ao limite.”
.
Sobre António José Seguro, o comentador diz que o líder socialista já se sente primeiro-ministro, mas lembrou que “são os Governos que perdem eleições” e não as oposições que as ganham. 


“Seguro não tem acertado uma”, acrescentou o social-democrata, dando com exemplos o facto de ter sido o único que não desmontou o relatório do FMI e a confusão no PS emm torno da ADSE.
.
No que respeita à conferência organizada pelo PSD sobre a reforma do Estado, em que os jornalistas não podiam citar a intervenções, Marcelo criticou o local – o Palácio Foz, em Lisboa, “onde o salazarismo fazia as suas conferências” –  e o facto de os oradores não puderem ser citados, uma vez que o encontro era aberto à sociedade civil. Assim, não se soube o que lá foi discutido.
.
Marcelo afirmou, no entanto, que se da conferência sair um papel ou uma ideia válida sobre a reforma do Estado, esta já valeu a pena, porque “o Governo não tem uma ideia” sobre a matéria.

A FRASE DE ANA SÁ LOPES





A falta de legitimidade política do governo de Santana Lopes não era institucional: caiu na rua. Do mesmo modo, Passos Coelho está a cair na rua – abjurado pelos espoliados do aquém-mar e pelos sociais-democratas que não se conformam que o seu partido tenha sido capturado por um núcleo ultraliberal que põe em causa a própria história de um partido que em 1974 queria aderir à Internacional Socialista – mas o PS de Soares tinha chegado primeiro.
Ana Sá Lopes, i

RICARDO SALGADO, UM BANQUEIRO À MEDIDA DO SISTEMA



.
Ricardo Salgado tem sido não o banqueiro de Deus mas sim o banqueiro do regime rosa laranja que tem enriquecido duma forma obscena com os ?negócios? com o Estado, que têm empurrado o país para a indigência.

Acontece que teve um pequeno lapso de memória e ?esqueceu-se? de declarar ao fisco rendimentos no valor de 8,5 milhões de euros.
 .
Como tem amigos e colaboradores no governo (os ?frasquilhos?) não há nada que não se resolva a este nível.
 .
No entanto e à cautela antes de depor como ?testemunha? no processo Monte Branco onde o ?Zé das medalhas? a plataforma a partir do qual foi criado uma espécie de TGV que fazia desaparecer o dinheiro do país a grande velocidade e aparecer, longe das vistas, por obra e graça num recatado offshore, surge agora, para safar a pele, a entalar outras personalidades depois de ter sido também entalado por Duarte Lima (cá se fazem cá se pagam).
.
Claro que, como habitualmente, tudo vai acabar numa animada jantarada no ?Gambrinus?.
 .
Entretanto, o acima citado banqueiro fez apressadamente 3 rectificações fiscais que o obrigaram a pagar ?voluntariamente? mais de 4,3 milhões de euros por rendimentos de capitais e de trabalho no estrangeiro, não declarados.
.
Entretanto e ainda para percebermos melhor a integridade desta malandragem vale a pena recordar uma entrevista que Ricardo salgado, deu em dezembro de 2006 ao EXPRESSO, onde do alto das suas tamancas fez saber o que pensava sobre fugas aos impostos que: ?(?)  
.
As pessoas têm de aprender que têm de pagar impostos, porque se fogem aos impostos estão a prejudicar a sociedade como um todo.?
Quem fala assim, não é gago.

KAOS:Contra o Gang dos Gangsters




passos coelho paulo portas miguel relvas vitor gaspar gangster gang
Já não sei que bonecos fazer, já não sei o que escrever, quase já não sei o que pensar. Já retratei esta canalha que nos governa de todas as maneiras que me lembrei, de palhaços a gatunos, de vampiros a animais, já lhes chamei tudo, de gananciosos a vendidos,de traidores a bandalhos, já pensei o pior deles e isso continuo a pensar.
Já falta imaginação, já faltam palavras, já faltam ideias. Já só me falta tornar crente em Deuses e rogar que nos livre desta maldição.
Os que governam, roubam e espoliam direitos todos os dias, os que fazem oposição acabam a participar na palhaçada garantindo que a democracia de alterne mantêm a sua fachada. Uns querem manter o poder, os outros não perder o que têm.
Um pouco como as pessoas, os que se estão a encher à nossa custa querem garantir que se vão encher ainda mais e os que já perderam quase tudo têm medo de perder o pouco que ainda lhes resta.
Para ajudar à festa o sistema rodeou-se de uma comunicação social que garante que tudo ficará como está na democracia de alterne, da força para garantir a sua segurança e a imposição das suas injustiças e de uma justiça que é tudo menos cega e que funciona a três velocidades, parada e a passo de caracol para os ricos e a passo para os outros.
Não sei até onde isto pode continuar, se estes ladrões da nossa esperança vão poder continuar a reinar impunemente durante muito tempo, se os que se dizem oposição um dia tomarão alguma posição ou se um dia tudo isto implode ou explode.
Será que podemos ficar parados à espera? Não será depois muito tarde para salvar dos restos ainda alguma coisa?
Acredito que sim e por isso só posso ter a esperança que a indignação supere o medo e a voz dos tais 99% seja finalmente respeitada. Se dependesse só de mim há muito que tinha acontecido, assim só tenho que tentar continuar a acreditar e esperar que todos os que estão a ser espoliados nos seus direitos e nas suas vidas se juntem.

PORRA! TANTO CHEFE PARA TÃO-POUCO ÍNDIO!


O chefe dos índios
.
Câmara Municipal de Lisboa, assim vai este país
Câmara Municipal de Lisboa

Desconhecia estes dados mas fico realmente inchado e orgulhoso da nossa Capital.
___________________________________________________________________________
Câmara de Lisboa
Quadro de Pessoal
Percebo agora a grandeza desta metrópole, bem demonstrada pelos 2521 Técnicos Superiores, licenciados ou doutorados que trabalham arduamente para o meu município, e entre eles: 
- 330 arquitectos
- 101 assistentes sociais
- 73 psicólogos
- 104 sociólogos
- 146 licenciados em... marketing!!!
- 260 engenheiros civis
- 156 historiadores !!!, que se devem desunhar a trabalhar...
- 303 juristas, cujo serviço se supõe que deve ser dar parecer sobre os pareceres que a CML encomenda aos gabinetes de advocacia privados.
Ah! Grande cidade esta!
Grande País que alberga tal Camara no seu Património.

Calculem a inveja dos Holandeses, Alemães, Dinamarqueses, Suiços, Suecos, etc. por não terem esta "vantagem competitiva".

Vais ver, que é por inveja disto e de coisas similares que estes e os outros europeus não gostam de  "alimentar" os nossos vícios.