Translator

sábado, 16 de fevereiro de 2013

As capas dos jornais e as principais notícias de Domingo, 17 de Fevereiro de 2013.



Capa do Correio da Manhã Correio da Manhã

Mulher morre depois de cair em lareira
Loulé: Rastreio a cancro da mama
Christine Lagarde: Guerra das divisas
Rui Barreto: Isolado no Parlamento
Silvio Berlusconi: Ataque a Monti
Peso da Régua: Idosa cai e morre
Brasil: Franceses eletrocutados

Capa do Público Público

FDA aprova entrada no mercado do primeiro olho biónico
Berlusconi diz que Mario Monti "não entende nada de economia"
Deputado do CDS-Madeira diz que tem vivido "momentos difíceis" na AR
Seguro quer “responsáveis políticos” e não “técnicos” na próxima avaliação da troika
Jesualdo diz que jovens do Sporting fizeram "um jogo de adultos"
Sorteio do Totoloto (14/2013)
GNR detém jovem de 16 anos em Odemira por alegado sequestro e ofensas corporais a uma mulher

Capa do Diário de Notícias Diário de Notícias

Na graça de Maria
Sinais sobre o próximo Papa
"Quero um papa que não seja expressão de um lobby"
Milhares de pessoas participaram nas manifestações da CGTP por todo o país
Idosa morre após cair na lareira
Arménio Carlos pede que Passos Coelho se vá embora
Irmãos encontrados em carro vítimas de ansiolíticos

Capa do Jornal de Notícias Jornal de Notícias

Crise muda perfil de quem pede casa
Ataque do Governo às universidades "é muito grave"
Devedor faz greve de fome à porta do banco que lhe penhorou casa
Adeptos do Leixões envolveram-se em confrontos com a polícia em Braga
Paredes de Coura começa mais cedo e... no Porto
Chave do Totoloto
Siglas: FMI, TSU, IRS, IRC

Capa do i i

Berlusconi diz que Mario Monti "não entende nada de economia"
Ministério da Defesa condenado a indemnizar pescadores dos Açores por não fiscalizar pesca estrangeira
Ferreira do Amaral. Portugal precisa de estrutura produtiva mais competitiva para evitar "bloqueio total
Realizador João Viana recebe menção de honra no festival de cinema de Berlim
Primeiro-ministro está a enganar portugueses, porque "a corda já partiu para muitos", diz Jerónimo de Sousa
CGTP acredita ter conseguido no Porto "uma das maiores manifestações dos últimos anos"
Catarina Martins."Qual é a resposta do governo para mais de um milhão de desempregados?"

Capa do Jornal Negócios Jornal Negócios

Seguro considera "inaceitável" que Governo continue a querer cortar 4 mil milhões de euros
Passos Coelho garante que Governo "não exigirá mais que o necessário" aos portugueses
Passos Coelho anuncia guião para reforma do Estado a cargo de Paulo Portas
G20 "determinado" a adoptar medidas contra multinacionais que escapam aos impostos
Cimpor vai eliminar 150 empregos em Portugal
Eleições em Itália: Regresso ao passado ou a escolha dos mercados?
Tribunal condena Impala a pagar 730 mil euros a Pedro Santana Lopes

Capa do A Bola A Bola

«Jogo de terça-feira com o FC Porto será difícil» - Pellegrini
«Será muito difícil o Benfica ganhar o campeonato» - Valdo
Brasil Open: Nadal disputa segunda final no espaço de uma semana
Defour ganha balanço para o jogo de Espanha
«Montolivo é o nosso novo Pirlo», diz vice-presidente do Milan
Confrontos violentos no SC Braga B-Leixões
Míssil de Totti bate Buffon (vídeo)

Capa do Record Record

NHL: John Tavares arrasa Devils
Entregar a lanterna-vermelha
Sadinos buscam feito histórico no José Arcanjo
Nuno refaz o onze
Bomba de Quintero dá empate a Caixinha
A estranha luva de Neuer
Roberto Sousa admite regressar

Capa do O Jogo O Jogo

Saragoça de Hélder Postiga em situação complicada
Chave do Totoloto Nº 014/2013
Jovem leão conquista Barcelos
Marselha sobe ao segundo lugar
Bruma: "Entrámos forte"
"Minutos iniciais deitaram tudo a perder"
"Não podemos sofrer três golos em casa"

CARTA REGISTADA COM AVISO DE RECEPCAO



OPINIÃO DE CAMPOS BARROS


A COISA POR LÁ NÃO ESTÁ MELHOR DO QUE CÁ



RUI RIO NA ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA EM 1998...!


POIS É!!! O HOMEM BEM AVISOU, MAS FALTOU-LHE  CAPACIDADE  PARA DESMONTAR  A  MÁQUINA  DE  PROPAGANDA  DO GUTERRES  E  DO  SÓCRATES
!!!!
Vale a pena ouvir.


KAOS:Só porque sim


passos coelho dama antiga
Cheguei a casa e não tenho nenhum boneco feito para hoje. Podia não publicar nada ou então publicar este que tinha feito há uns tempos e que por qualquer motivo ficou para esquecido. Não me lembro porque o fiz nem tenho nenhuma razão válida para o estar a publicar agora. Mas, que se lixe, vai na mesma.

"revelador da fraqueza da nossa sociedade civil...."

Mais de 99% dos portugueses nunca votaram nas eleições para escolha dos candidatos a primeiro-ministro (diretas do PS ou PSD)

.
Com quase 39 anos de vida em democracia, este facto é muito revelador da fraqueza da nossa sociedade civil, informada e opinativa, mas demasiado passiva e "ausente" das escolhas decisivas para o nosso futuro.
.
As escolhas que os nossos principais partidos fazem para a sua liderança (e consequentemente, candidato a primeiro-ministro), candidatos a deputado e candidatos a presidentes de câmara, não são um assunto interno de cada um dos partidos, mas sim, uma questão do maior interesse público, pois delas resultam os governantes e representantes de todos nós.
.
Infelizmente duas tendências condicionaram negativamente o desenvolvimento de uma democracia partidária escrutinadora, rica em alternativas e meritocrática.
.
Por um lado, a sociedade civil mais esclarecida e informada tem optado por se pôr de fora das grandes escolhas para o país que ocorrem dentro dos principais partidos nas suas eleições internas, preferindo um papel inconsequente (independente), sem qualquer poder de voto ou de formar e apoiar candidaturas alternativas nestes partidos.
.
Por outro lado, a muito reduzida base de militantes destes partidos, maioritariamente constituída por apoiantes de líderes concelhios (as eleições concelhias são disputadíssimas, com práticas abusivas de inscrição maciça de pseudomilitantes), faz com que nas eleições de carácter naciona,l como por exemplo a eleição do líder do partido, a maioria dos militantes que votam sejam os apoiantes dos líderes concelhios que com a sua influência os instruem de votar no seu candidato preferido.
.
Consequentemente, para se conquistar o poder no PS ou PSD é preciso “conquistar” os líderes concelhios e distritais com maior base de militantes. Por essa razão, têm tanto valor os “homens fortes do partido” muito bem relacionados com estes líderes como as campanhas de charme permanentes nas concelhias. A escolha do próximo líder do partido, logo, possível primeiro-ministro, está nas suas mãos.
.
Esta realidade tem de mudar, pois é evidente que tem consequências nefastas para a democracia e para o país, hoje à vista de todos. Há dois caminhos para esta mudança: 1) A entrada da sociedade civil nos nossos principais partidos, como militantes de pleno direito para votarem e se candidatarem nas suas eleições internas; 2) Abrir as eleições diretas partidárias para escolha da liderança a todos os simpatizantes e eleitores do partido, tal como o fez recentemente o PS francês ou o Partido Democrático italiano.
.
Este é provavelmente um dos debates mais importantes sobre o que tem de mudar na nossa democracia, e todos temos o dever de tomar posição.
.
João Nogueira dos Santos e Carlos Macedo e Cunha Fundadores do movimento “Cidadãos aos partidos. Adere, vota e intervém dentro de um partido” e militantes do PS e PSD, respetivamente

Um Presidente sensato e corajoso


Por que razão a Islândia experimentou uma forte recuperação económica após o colapso financeiro de 2008?
Por que razão a Islândia conseguiu uma forte recuperação económica após o colapso financeiro de 2008 ?
por Martin Zeis

O Presidente da Islândia, Olafur Ragnar Grimmson, foi entrevistado neste fim de semana (26-27/01/2013) no World Economic Forum, em Davos.
.
Perguntaram-lhe por que razão a Islândia alcançou uma recuperação tão forte após o seu completo colapso financeiro em 2008, ao passo que o resto do mundo ocidental luta com uma recuperação que não tem pernas para andar.
Grimsson deu uma resposta lapidar ao repórter financeiro da MSM, declarando que a recuperação da Islândia se devia tão somente à seguinte razão primária:
«…Fomos suficientemente sábios para não seguirmos as tradicionais ortodoxias prevalecentes no mundo financeiro ocidental, nos últimos 30 anos. Introduzimos controlos de divisas, deixámos os bancos falirem, proporcionámos apoio aos pobres, e não introduzimos medidas de austeridade como  aquelas que se estão a ver aqui na Europa..."
.
Ao ser perguntado se a política da Islândia, de deixar os bancos falir, teria funcionado no resto da Europa, Grimsson respondeu:
«...Por que razão é que os bancos hão-de ser considerados as igrejas sagradas da economia moderna?
.
Por que razão é que bancos privados não são como companhias aéreas e de telecomunicação, que acabam por ir à falência se se verificar que foram dirigidas de  modo irresponsável?
.
A teoria segundo a qual os cidadãos têm de salvar bancos, é uma teoria em que se permite que os banqueiros ganhem em seu próprio proveito se os bancos tiverem êxito, e que deixa os cidadãos comuns arcarem com os fracassos deles, suportando impostos e austeridade.
.
A longo prazo, os povos em democracias esclarecidas não vão poder aceitar isso...».

28/Janeiro/2013

KAOS:Alternativa para Belém


cavaco silva frankstein