Translator

segunda-feira, 15 de abril de 2013

As capas dos jornais e as principais notícias de Terça-feira, 16 de Abril de 2013.


Capa do Correio da Manhã Correio da Manhã

Bucelas: aluno agredido
Gás natural aumenta 3,9% em Julho
P. de Sor: morre atingido por serra
Coligação: Santos Pereira ironiza
Júri de matança de 111 presos recomeça em São Paulo
Angélico: indemnização milionária
Esposende: penas reduzidas

Capa do Público Público

Realizador Basil da Cunha premiado no Festival de Bucareste
“Começámos a fazer torniquetes e a atar pernas"
Cavaco reage com "surpresa e choque" a explosões em Boston
Não há informações de portugueses atingidos em Boston
Obama: "Não sabemos o que aconteceu, mas vamos descobri-lo"
Novo vírus H7N9 resulta da mistura de três outras estirpes da gripe das aves
Ana Dulce Félix: “A organização não nos deixa sair do hotel”

Capa do Diário de Notícias Diário de Notícias

O essencial que nas notícias nos escapa
A pergunta a que um dia vamos ter de responder
Leiria recebe o DN
Há hospitais que têm de cortar 1/4 das horas extras
Fenprof critica reuniões "para despachar"
PJ detém alegado raptor de jovem de 20 anos
Professores denunciam limitações à atividade sindical

Capa do Jornal de Notícias Jornal de Notícias

Cavaco lamenta profundamente mortos e feridos na maratona de Boston
Selena Gomez já não é uma menina bem comportada
Portuguesa a viver em Boston diz que americanos temem mais atentados
Milhares manifestam-se em Caracas contra proclamação da vitória de Maduro
Diogo Morgado chora ao falar com Oprah Winfrey
Moody's desce notas atribuídas ao Banif
Governo francês ordena reforço de patrulhamento em todo país

Capa do i i

Sindicatos enviaram ao governo dos Açores documento da República que não refere acordo na SATA
Explosões em Boston. "Ainda não sabemos quem fez isto e porquê", diz Obama
Não há informações de portugueses atingidos em Boston, refere o governo
Cavaco Silva destaca papel de Barroso na melhoria da imagem de Portugal
Ministro da Economia satisfeito por CDS-PP corroborar as suas ideias sobre simplificação
Indiano usa camisa revestida em ouro que custa cerca de 192 mil euros
Irmã de Cristiano Ronaldo grava disco em Miami e realiza sonho

Capa do Diário Económico Diário Económico

Já basta uma CGD
A carta que a troika ainda não recebeu
‘Troika’ em Lisboa para um raspanete
Bancos intervencionados são os que mais cortam no crédito às empresas
PSD arrisca-se a ficar sem nove candidatos autárquicos
Código de Processo Civil vai dar máximo de 30 dias a juízes para sentenças
Pescanova tem metade dos trabalhadores da unidade de Mira em ‘lay-off’

Capa do Jornal Negócios Jornal Negócios

Maratona de Londres mantém prova para domingo
Moody's corta "ratings" do Banif
Cavaco Silva aguarda resultados definitivos das eleições na Venezuela para comentar
Cavaco Silva na Colômbia: "Estou aqui para trabalhar"
Decisões perigosas
Fúria da razão
Construtoras reforçam negócio internacional

Capa do Oje Oje

Tempo frio prejudica vendas da H&M
Dish oferece 19,5 mil milhões pela Sprint
EADS quer recomprar 1,56% a França
Thermo Fisher compra Life por 10,4 mil milhões
"Temos uma grande proximidade ao cliente"
Cooperação e matérias-primas: China e Irão disputam África
Critical Software procura 50 talentos

Capa do Destak Destak

Presidente francês manifestou "total solidariedade" aos EUA
Helicóptero do Exército dos EUA despenhou-se perto da fronteira norte-coreana
Cavaco Silva na Colômbia para ajudar empresários portugueses
Morreu António Rato, o primeiro diretor do Aeroporto Internacional de Macau
Pelo menos três mortos e mais de 100 feridos durante Maratona
Forças Armadas Chinesas têm cerca de um milhão e meio de efetivos
Japão redobra segurança em vários pontos do país

Capa do A Bola A Bola

Felipe Pardo assina contrato válido por cinco temporadas
Tiago Rodrigues reforça o dragão
Boulahrouz sai no final da época
«Vamos aproveitar-nos dos problemas do Inter» - De Rossi
Sabrina, neta do ex-presidente do Penapolense, senhora desporto, conhece?
Chingale de Tete vence Vilankulo FC e sobe ao 4.º lugar
Corunha: Marchena não joga mais esta época

Capa do Record Record

Artur: «Os inteligentes chegam longe»
Liedson já não resolve...
Pardo dado como certo
Hugo Vieira recuperado
Luís Avelãs
16 de abril de 2013
Conceição precisa de Edinho

Capa do O Jogo O Jogo

Maratona de Londres mantém-se para domingo
Dois mortos no Brasil antes de jogo em Fortaleza
Tiago Silva MVP da quarta jornada
Rui Machado passa ao quadro principal
Juventus mais perto do título
Del Bosque deseja duelo espanhol na final da Champions
Benfica a passo carimba presença no Jamor

PORRA PARA AS URTIGAS!


Puxaram o tapete debaixo dos pés ao Luis...  É a vida Luis... Os presidentes das câmaras embora o não queiram também vão colher urtigas... Tem cuidado Luis para que as urtigas não te arranhem muito e para que não passes o tempo a coçares a comichão...Uma merda Luis quando se perde o PODER!

Paulo Moreira / Miguel Cervan

Luís Filipe Menezes está impedido de se candidatar à Câmara do Porto. A decisão tomada pelo 3º juízo cível surge na sequência de uma providência cautelar apresentada pelo movimento Revolução Branca. A candidatura do autarca de Gaia vai apresentar recurso para a Relação e para o Tribunal Constitucional

O ANÍBAL FORA DOS CARRETOS!!!...




MÁRIO SOARES E A SENILIDADE


FIM

RESULTADOS DAS ELEIÇÕES NA VENEZUELA





O líder da oposição venezuelana Henrique Capriles recusa-se a jogar a toalha, ao chão, após a derrota, no mínimo, eleitoral/ presidencial frente a Nicolas Maduro
.
O líder da oposição pede recontagem "de cada voto" na eleição presidencial da Venezuela
 
.
Alasdair Baverstock, Tim Walker
Caracas
Segunda-feira 15 de abril de 2013
 
.
Maduro lança-se para ser o novo "Cristo dos pobres" com a ajuda da 'Mão de Deus'
.
Editorial: Hugo Chávez - uma era de grande ilusão política chega ao fim
.
O líder da oposição da Venezuela recusou a reconhecer o resultado da eleição presidencial do país, hoje, depois de escolhido o sucessor de Hugo Chávez reivindicou a vitória por uma margem estreita de forma inesperada.
.
Como foi noticiado que o candidato socialista e presidente em exercício, Nicolas Maduro, tinha alcançado  a vitória por menos de 2 por cento na eleição de ontem, contra o seu rival, Henrique Capriles, que exigiu uma recontagem e prometeu não aceitar a derrota "até que cada voto do povo venezuelano fosse contado ".
.
Fogos de artifício iluminou o horizonte de Caracas na noite de domingo, quando o resultado foi anunciado pelo Conselho Nacional Eleitoral do país (CNE). Chavistas de camisa vermelha tomaram as ruas em motocicletas, fazendo flutuar bandeiras vermelhas para celebrar o triunfo do homem que se descreveu durante a campanha como "o filho de Chávez". Sr. Maduro, de 50 anos, garantiu 50,7 por cento dos votos do Sr. Capriles 49,1 por cento.

 .

CNE, Tibisay Lucena, como "irreversível".
.
Em um discurso de vitória diante do palácio presidencial, o Sr. Maduro disse aos apoiantes que ele tinha falado com o seu adversário por telefone e de bom grado submeter a uma auditoria do resultado. "Deixe-os abrir 100 por cento das urnas", disse ele. "Nós não estamos com medo."
.
Apesar da retórica da oposição, observadores eleitorais disseram que a votação decorreu sem problemas e de forma justa. "O sistema é muito seguro e que vai ser fácil fazer uma auditoria", disse Marc Weisbrot, co-diretor do Centro para Pesquisa Econômica e Política de Washington DC. "Desde 2004, uma parte significativa da oposição recusou-se a aceitar os resultados das eleições. Capriles a jogar esse elemento da oposição, mas ele sabe que estes são os resultados. "
.
É a segunda eleição Sr. Capriles perdida em menos de um ano. Em outubro passado,  o antigo governador do estado de Miranda de 40 anos foi derrotado por mais de 11 por cento em uma corrida presidencial contra o doente Hugo Chávez, que governou a Venezuela por 14 anos antes e faleceu por morte de  cancro em 5 de março. Entretanto, o Sr. Capriles conseguiu derrubar, Chaves, por 679.099 dos votos que foram contra ele em 2012, incluindo o de Marcos Garcia, um professor de 29 anos de idade, do bairro de Sabana Grande Caracas.
.
"É um resultado decepcionante", disse Garcia. "Eu não tenho fé em Maduro. Ele falou muito sobre a Chávez que ele me fez perceber que ele nunca pode substituí-lo. Queremos ver a revolução de Chávez continuar, mas para ter um presidente que não tem nada a dizer para si mesmo não é bom para a Venezuela. "
.
Outros chavistas foram mais satisfeito ao ver o Sr. Maduro tomar a liderança. "A Venezuela ficou emocionado", disse Vladimir Hernandez, professor em Caracas. "É uma vitória para os socialistas, não importa qual a margem. Não há como negar os fatos. " Sr. Hernandez planeado para atender uma vigília pública no túmulo de Chávez em Caracas na tarde de ontem. "O trabalho de Maduro é simples: continuar o trabalho de 'El Comandante' [Chávez]", acrescentou. "Se ele fizer isso, não vai ser um problema."
,
Apoiantes da oposição, acordando para a possibilidade de mais de seis anos de socialismo bolivariano, eram menos confiante sobre as chances de sucesso do Sr. Maduro. De acordo com um recente relatório da Organização das Nações Unidas, a Venezuela se tornou a sociedade mais igual na América Latina sob Chávez.  
.
Graças à renda gerada por suas vastas reservas de petróleo, o seu governo socialista foi capaz de oferecer cuidados de saúde gratuitos e programas de educação para os pobres. No entanto, o novo presidente também enfrenta um eleitorado cada vez mais dividido, de balão de inflação e subindo os índices de criminalidade, especialmente em Caracas.
.
"Eu não acredito que ele vai completar seis anos", disse Juan Carlos Palacio, um advogado. "Maduro simplesmente não tem a força de caráter para liderar este país e esta ainda não terminou".
 
.
Q & A: O que acontece agora?
.
Q: Será que vai haver uma batalha legal?
.
A: Nicolas Maduro, ungido  pelo nome de Hugo Chávez, que se esperava para vencer por um deslizamento de terra. Mas menos de dois pontos percentuais o separava Henrique Capriles, que custou mais de 3.000 "incidentes" de fraude eleitoral ocorreu. Se uma recontagem desafia a vitória, ou evidência de monta fraude, uma batalha legal é uma possibilidade.
.
Q: Porque foi o resultado tão perto?
.
R: O resultado veio como um choque para o acampamento Maduro. Os analistas apontam para a ladainha de problemas - como a criminalidade desenfreada - deixada por Chávez. Mas muitos estão ofendidos pela forma, fortemente agressiva, do Sr. Maduro durante a campanha sob o manto do falecido líder. Alguns alegaram  menor afluência às urnas também afetou sua liderança.
.
Q: Qual o próximo passo para a Venezuela?
.
A: Sr. Maduro prometeu continuar a "Revolução Bolivariana" de Chávez, mas ele também foi a intenção de sinalização para trazer mudanças. Ele teria dito Bill Richardson, ex-governador do Novo México, que a Venezuela quer "melhorar a relação com os EUA". Como vice de Chávez, ele era uma quantidade conhecida. Agora, a Venezuela está esperando por ele para livrar-se da sombra de seu antigo mestre e mostrar-se.

PERCEBERAM?????: ARTIGO 1º DA LEI Nº 23/2013, DE 5 DE MARÇO



ESTES " LEGISLADORES" SÃO O PRODUTO ACABADO DE UMA CONSTITUIÇÃO E DE UMA LEI ELEITORAL COM QUE SE BLINDARAM NO PODER OS APARATTIKS  PARTIDÁRIOS,  CIPAIOS OBEDIENTES, AO SERVIÇO DOS GRANDES INTERESSES ECONÓMICO FINANCEIROS E DOS PRINCIPAIS ESCRITÓRIOS DE ADVOGADOS
Abraço 
Aurélio

A insanidade e ignorância que pagamos!

Espero que fiquem a perceber o conteúdo desta lei! De uma vez para sempre, ficamos sem dúvidas!
 
Artigo 1º da Lei nº 23/2013, de 5 de Março: Aprova o regime jurídico do processo de inventário, altera o Código Civil, o Código do Registo Predial, o Código do Registo Civil e o Código de Processo Civil.

Para conhecimento de todos os meus amigos, dou-vos cópia apenas do Artigo 1º da Lei nº 23/2013, de 5 de Março, pois, sem esse conhecimento, poderemos todos vir a sofrer num futuro próximo. É preciso muita atenção na leitura deste Artigo, para não sermos enganados.
Estou pronto a colaborar convosco se  alguma dúvida surgir na interpretação desta Lei.
.
Artigo 1º da Lei nº 23/2013, de 5 de Março:
.
«A presente lei aprova o regime jurídico do processo de inventário, altera o Código Civil, aprovado pelo Decreto-Lei n.º 47 344, de 25 de novembro de 1966, e alterado pelos Decretos -Leis n.os 67/75, de 19 de fevereiro, 201/75, de 15 de abril, 261/75, de 27 de maio, 561/76, de 17 de julho, 605/76, de 24 de julho, 293/77, de 20 de julho, 496/77, de 25 de novembro, 200 -C/80, de 24 de junho, 236/80, de 18 de julho, 328/81, de 4 de dezembro, 262/83, de 16 de junho, 225/84, de 6 de julho, e 190/85, de 24 de junho, pela Lei n.º 46/85, de 20 de setembro, pelos Decretos -Leis n.os 381 B/85, de 28 de setembro, e 379/86, de 11 de novembro, pela Lei n.º 24/89, de 1 deagosto, pelos Decretos -Leis n.os 321 -B/90, de 15 de outubro, 257/91, de 18de julho, 423/91, de 30 de outubro, 185/93, de 22 de maio, 227/94, de 8 desetembro, 267/94, de 25 de outubro, e 163/95, de 13 de julho, pela Lei n.º84/95, de 31 de agosto, pelos Decretos -Leis n.os 329 -A/95, de 12 dedezembro, 14/96, de 6 de março, 68/96, de 31 de maio, 35/97, de 31 dejaneiro, e 120/98, de 8 de maio, pelas Leis n.os 21/98, de 12 de maio, e47/98, de 10 de agosto, pelo Decreto -Lei n.º 343/98, de 6 de novembro,pelas Leis n.os 59/99, de 30 de junho, e 16/2001, de 22 de junho, pelos Decretos--Leis n.os 272/2001, de 13 de outubro, 273/2001, de13 de outubro,323/2001, de 17 de dezembro, e 38/2003, de 8 de março, pela Lei n.º 31/2003,de 22 de agosto, pelos Decretos -Leis n.os 199/2003, de 10 de setembro, e 59/2004, de 19 de março, pela Lei n.º 6/2006, de 27 de fevereiro, pelo Decreto -Lei n.º 263 -A/2007, de 23 de julho, pela Lei n.º 40/2007, de 24 de agosto, pelos Decretos -Leis n.os 324/2007, de 28 de setembro, e 116/2008, de 4 de julho, pelas Leis n.os 61/2008, de 31 de outubro, e 14/2009, de 1 de abril, pelo Decreto -Lei n.º 100/2009, de 11 de maio, e pelas Leis n.os 29/2009, de 29 de junho, 103/2009, de 11 de setembro, 9/2010, de 31 de maio, 23/2010, de 30 de agosto, 24/2012, de 9 de julho, 31/2012 e 32/2012, de 14 de agosto, o Código do Registo Predial, aprovado pelo Decreto -Lei n.º 224/84, de 6 de julho, e alterado pelos Decretos -Leis n.os 355/85, de 2 de setembro, 60/90, de 14 de fevereiro, 80/92, de 7 de maio, 30/93, de 12 de fevereiro, 255/93, de 15 de julho, 227/94, de 8 de setembro, 267/94, de 25 de outubro, 67/96, de 31 de maio, 375 -A/99, de 20 de setembro, 533/99, de 11 de dezembro, 273/2001, de 13 de outubro, 323/2001, de 17 de dezembro, 38/2003, de 8 de março, e 194/2003, de 23 de agosto, pela Lei n.º 6/2006, de 27 de fevereiro, pelos Decretos -Leis n.os 263 -A/2007, de 23 de julho, 34/2008, de 26 de fevereiro, 116/2008, de 4 de julho, e 122/2009, de 21 de maio, pela Lei n.º 29/2009, de 29 de junho, e pelos Decretos -Leis n.os 185/2009, de 12 de agosto, e 209/2012, de 19 de setembro, o Código do Registo Civil, aprovado pelo Decreto -Lei n.º 131/95, de 6 de junho, com as alterações introduzidas pelos Decretos--Leis n.os 36/97, de 31 de janeiro, 120/98, de 8 de maio, 375 -A/99, de 20 de setembro, 228/2001, de 20 de agosto, 273/2001, de 13 de outubro, 323/2001, de 17 de dezembro, 113/2002, de 20 de abril, 194/2003, de 23 de agosto, e 53/2004, de 18 de março, pela Lei n.º 29/2007, de 2 de agosto, pelo Decreto -Lei n.º 324/2007, de 28 desetembro, pela Lei n.º 61/2008, de 31 de outubro, pelos Decretos -Leis n.os´247 -B/2008, de 30 de dezembro, e 100/2009, de 11 de maio, pelas Leis n.os 29/2009, de 29 de junho, 103/2009, de 11 de setembro, e 7/2011, de 15 de março, e pelo Decreto -Lei n.º 209/2012, de 19 de setembro, e o Código deProcesso Civil, aprovado pelo Decreto -Lei n.º 44 129, de 28 de dezembro de 1961, e alterado pelo Decreto -Lei n.º 47 690, de 11 de maio de 1967, pela Lei n.º 2140, de 14 de março de 1969, pelo Decreto -Lei n.º 323/70, de 11 de julho, pelas Portarias n.os 642/73, de 27 de setembro, e 439/74, de 10 dejulho, pelos Decretos -Leis n.os 261/75, de 27 de maio, 165/76, de 1 de março, 201/76, de 19 de março, 366/76, de 15 de maio, 605/76, de 24 de julho, 738/76, de 16 de outubro, 368/77, de 3 de setembro, e 533/77, de 30 de dezembro, pela Lei n.º 21/78, de 3 de maio, pelos Decretos -Leis n.os 513 -X/79, de 27 de dezembro, 207/80, de 1 de julho, 457/80, de 10 de outubro, 224/82, de 8 de junho, e 400/82, de 23 de setembro, pela Lei n.º 3/83, de 26 de fevereiro, pelos Decretos -Leis n.os 128/83, de 12 de março, 242/85, de 9 de julho, 381 -A/85, de 28 de setembro, e 177/86, de 2 de julho, pela Lein.º 31/86, de 29 de agosto, pelos Decretos -Leis n.os 92/88, de 17 de março, 321 -B/90, de 15 de outubro, 211/91, de 14 de junho, 132/93, de 23 de abril, 227/94, de 8 de setembro, 39/95, de 15 de fevereiro, e 329 -A/95, de 12 de dezembro, pela Lei n.º 6/96, de 29 de fevereiro, pelos Decretos -Leis n.os180/96, de 25 de setembro, 125/98, de 12 de maio, 269/98, de 1 de setembro, e 315/98, de 20 de outubro, pela Lei n.º 3/99, de 13 de janeiro, pelos Decretos -Leis n.os 375 -A/99, de 20 de setembro, e 183/2000, de 10 deagosto, pela Lei n.º 30 -D/2000, de 20 de dezembro, pelos Decretos -Leis n.os 272/2001, de 13 de outubro, e 323/2001, de 17 de dezembro, pela Lei n.º 13/2002, de 19 de fevereiro, pelos Decretos -Leis n.os 38/2003, de 8 de março, 199/2003, de 10 de setembro, 324/2003, de 27 de dezembro, e 53/2004, de 18 de março, pela Lei n.º 6/2006, de 27 de fevereiro, pelo Decreto -Lein.º 76 -A/2006, de 29 de março, pelas Leis n.os 14/2006, de 26 de abril, e53 -A/2006, de 29 de dezembro, pelos Decretos -Leis n.os 8/2007, de 17 dejaneiro, 303/2007, de 24 de agosto, 34/2008, de 26 de fevereiro, e 116/2008, de 4 de julho, pelas Leis n.os 52/2008, de 28 de agosto, e 61/2008, de 31 deoutubro, pelo Decreto -Lei n.º 226/2008, de 20 de novembro, pela Lei n.º29/2009, de 29 de junho, pelos Decretos -Leis n.os 35/2010, de 15 de abril,e 52/2011, de 13 de abril, e pelas Leis n.os 63/2011, de 14 de dezembro, 31/2012, de 14 de agosto, e 60/2012, de 9 de Novembro».
Original clique:


Perceberam?!

Polícia de Boston confirma terceira explosão na Biblioteca John F. Kennedy


The Washington Post Monday, April 15, 2013 5:07:56 PM

National News Alert

AQUI


 Notícias Nacional de Alerta
Boston Polícia Edward Davis nesta segunda-feira confirmou uma terceira explosão na F. Biblioteca Presidencial John Kennedy, após duas explosões anteriores na Maratona de Boston linha de chegada, que matou pelo menos duas pessoas.

Ler mais em língua inglesa
Video
Two explosions rocked the Boston Marathon near the finish line. The cause of the explosions and number of injured or dead are still unknown.


 

EXPLOSÃO NA MARATONA DE BOSTON


16.04.2013
The Washington Post Monday, April 15, 2013 4:22:44 PM

National News Alert

Policia informou: duas pessoas  mortas e 22 numa explosão na maratona de Boston

Duas explosões interromperam a Maratona de Boston na segunda-feira, causando pelo menos dois mortos e quase duas dezenas de feridos e dispersando as multidões, perto da linha de chegada, disseram as autoridades. As explosões ocorreram depois dos principais atletas concluído o curso, mas milhares de outras pessoas ainda corriam. CNN informou que as autoridades interrompeu a corrida.

Ler mais, em língua inglesa clique a seguir:
http://www.washingtonpost.com/world/national-security/orriaexplosions-disrupt-boston-marathon/2013/04/15/2664e802-a600-11e2-8302-3c7e0ea97057_story.html
 
Video
After two explosions at the finish line of the Boston Marathon, police and ambulance clear the area.
After two explosions at the finish line of the Boston Marathon, police and ambulance clear the area.