Translator

quarta-feira, 29 de maio de 2013

As capas dos jornais e as principais notícias de Quinta-feira, 30 de Maio de 2013.


Capa do Correio da Manhã Correio da Manhã

IRS: Falta de anexo SS dá multa
Luís Filipe Menezes: “Mil milhões é curto”
Nelson Mandela: Saúde agrava-se
Olhão: Incêndio em canavial
Passos: Assessor ataca Banca
Médica vai ser julgada por homicídio
Braga: Ferida em capotamento

Capa do Público Público

Álvaro Nascimento vai ser o novo chairman da Caixa Geral de Depósitos
Circulação do Metro de Lisboa parada devido a greve
Facebook promete reforçar moderação após campanha contra "discurso de ódio"
CTT promete reabrir estação de Carnide, protesto terminou
Cuba vai ter novos pontos de acesso à Internet. A 3,50 euros/hora para salários médios de 15 euros
Trabalhadores do Município de Lisboa reelegeram dirigentes e mantêm greve
Chave do Concurso 43/2013 do Totoloto

Capa do Diário de Notícias Diário de Notícias

Carta 'inspirou' Ana e Sérgio a unirem-se por Santo António
Circulação do Metro de Lisboa parada devido a greve
As ossadas da avó? Ao pé das cebolas...
Autarca barricado nos CTT só saiu após cinco horas
Autarca recusa sair de estação dos CTT em protesto
Polícias a caminho de S.Bento para entregar moção
Ministério da Educação e sindicatos sem acordo

Capa do Jornal de Notícias Jornal de Notícias

Polícia britânica acusa de homicídio um dos suspeitos da morte de soldado
Circulação do Metro de Lisboa parada devido a greve
"Recibos verdes" arriscam multa de 250 euros
64% das famílias apoiadas por IPSS passa fome
Faculdade de Economia do Porto emprega 90% dos alunos
Capital do vólei quer pavilhões
Militarese polícias unidos contra Passos Coelho

Capa do i i

Capa do Diário Económico Diário Económico

ÁLVARO NASCIMENTO É NOVO CHAIRMAN DA CGD
Pior é possível... outra vez?
OCDE, previsões, economia e segundo resgate
No Executivo já se admite a possibilidade de um segundo Rectificativo
Horários no Estado podem chegar a 12 horas por dia
Volkswagen Autoeuropa reduz em 20% produção deste ano
Faria de Oliveira renuncia a cargo de ‘chairman’ da Caixa

Capa do Jornal Negócios Jornal Negócios

Portugal cai cinco posições no ranking mundial da competitividade
Governo quer retirar taxa audiovisual da factura da luz
Labrador une-se à Davenport e volta a abrir lojas em Portugal
Maior desafio da nova gestão da CGD será contribuir para reanimar a economia
Governo aprova rectificativo para atingir défice de 5,5%
Portas evita explicações sobre cortes na CGA
Portugal escapa a descida de depósitos no pós-Chipre

Capa do Oje Oje

José Júlio Castro: “Ir ao ginásio deixou de ser um luxo”
Transporte aéreo de carga melhora ligeiramente
Empresas levam colaboradores ao ginásio
Avianca une marcas para liderar América Latina
Rosneft e Inpex desenvolvem campo no mar de Okhotsk
Desporto é primeiro passo para vida saudável
Shuanghui chega a acordo para comprar Smithfield Foods

Capa do Destak Destak

Bolsa de Tóquio com perdas superiores a 5 % perto do fecho da sessão
Neonazis marcharam em Atenas para marcar aniversário da queda de Constantinopla
Soldado norte-americano vai admitir morte de afegãos para escapar à pena capital
"Amigos" são os maiores beneficiários das novas medidas fiscais do Governo - OTOC
Obama escolhe republicano para diretor do FBI -- Imprensa
Nick Cave é rei e pregador do primeiro dia do festival Primavera Sound
Grupos de direitos humanos preocupados com repatriamento de norte-coreanos

Capa do A Bola A Bola

Chaves: Obras no estádio arrancam esta semana
Joãozinho está muito perto de ser jogador do SC Braga
Duas dispensas já oficializadas na equipa B: Palmeira e Carlos Eduardo
«Treinador chama quem quiser, mas tudo isto é muito estranho» - Manucho Gonçalves
Mexer e Mateus regressam mais cedo
Vítor Pereira comanda árbitros no Torneio de Toulon
SAD aprovada por unanimidade

Capa do Record Record

Fonseca bem colocado
Bojinov apontado ao Elazigspor
Ricardo Gomes: «Meio-campo impressionante»
Quaresma deixa Al Ahli
Paralímpico Jiri Jezek abre 11.ª etapa do Tour
«Enfrentava qualquer um sem problema»
Bulgária: Slavia despede jogador que chorou pelo Levski

Capa do O Jogo O Jogo

Portugueses no Mundial de longa distância
"Não venderia Ronaldo nem por mil milhões"
"Antes de Mourinho, o Real não passava dos oitavos"
Um guarda-redes que morde
Mourinho só paga quotas ao V. Setúbal
"A final foi um momento bom para mim"
Neymar apresentado segunda-feira

TEXTO de RUY DE CARVALHO



Aos 86 anos, para o fisco, deixei de ser Actor…

25 de maio de 2013 
Ruy de CarvalhoSenhores Ministros:
Tenho 86 anos, e modéstia à parte, sempre honrei o meu país pela forma como o representei em todos os palcos, portugueses e estrangeiros, sem pedir nada em troca senão respeito, consideração, abertura – sobretudo aos novos talentos -, e seriedade na forma como o Estado encara o meu papel como cidadão e como artista.
Vivi a guerra de 36/40 com o mesmo cinto com que todos os portugueses apertaram as ilhargas. Sofri a mordaça de um regime que durante 48 anos reprimiu tudo o que era cultura e liberdade de um povo para o qual sempre tive o maior orgulho em trabalhar. Sofri como todos, os condicionamentos da descolonização. Vivi o 25 de Abril com uma esperança renovada, e alegrei-me pela conquista do voto, como se isso fosse um epítome libertador.
Subi aos palcos centenas, senão milhares de vezes, da forma que melhor sei, porque para tal muito trabalhei. Continuei a votar, a despeito das mentiras que os políticos utilizaram para me afastar do Teatro Nacional. Contudo, voltei a esse teatro pelo respeito que o meu público me merece, muito embora já coxo pelo desencanto das políticas culturais de todos os partidos, sem excepção, porque todos vós sois cúmplices da acrescida miséria com que se tem pintado o panorama cultural português. Hoje, para o Fisco, deixei de ser Actor…e comigo, todos os meus colegas Actores e restantes Artistas destes país – colegas que muito prezo e gostava de poder defender.
Tudo isto ao fim de setenta anos de carreira! É fascinante.
Francamente, não sei para que servem as comendas, as medalhas e as Ordens, que de vez em quando me penduram ao peito? Tenho 86 anos, volto a dizer, para que ninguém esqueça o meu direito a não ser incomodado pela raiva miudinha de um Ministério das Finanças, que insiste em afirmar, perante o silêncio do Primeiro-Ministro e os olhos baixos do Presidente da República, de que eu não sou actor, que não tenho direito aos benefícios fiscais, que estão consagrados na lei, e que o meu trabalho não pode ser considerado como propriedade intelectual.
Tenho pena de ter chegado a esta idade para assistir angustiado à rapina com que o fisco está a executar o músculo da cultura portuguesa. Estamos a reduzir tudo a zero… a zeros, dando cobertura a uma gigantesca transferência dos rendimentos de quem nada tem para os que têm cada vez mais.
É lamentável e vergonhoso que não haja um único político com honestidade suficiente para se demarcar desta estúpida cumplicidade entre a incompetência e a maldade de quem foi eleito com toda a boa vontade, para conscientemente delapidar a esperança e o arbítrio de quem, afinal de contas, já nem nas anedotas é o verdadeiro dono de Portugal: nós todos!
É infame que o Direito e a Jurisprudência Comunitárias sirvam só para sustentar pontualmente as mentiras e os joguinhos de poder dos responsáveis governamentais, cujo curriculum, até hoje, tem manifestamente dado pouca relevância ao contexto da evolução sociocultural do nosso povo. A cegueira dos senhores do poder afasta-me do voto, da confiança política, e mais grave ainda, da vontade de conviver com quem não me respeita e tem de mim a imagem de mais um velho, de alguém que se pode abusiva e irresponsavelmente tirar direitos e aumentar deveres.
É lamentável que o senhor Ministro das Finanças, não saiba o que são Direitos Conexos, e não queiram entender que um actor é sempre autor das suas interpretações – com diretos conexos, e que um intérprete e/ou executante não rege a vida dos outros por normas de Exel ou por ordens “superiores”, nem se esconde atrás de discursos catitas ou tiradas eleitoralistas para justificar o injustificável, institucionalizando o roubo, a falta de respeito como prática dos governos, de todos os governos, que, ao invés de procurarem a cumplicidade dos cidadãos, se servem da frieza tributária para fragilizar as esperanças e a honestidade de quem trabalha, de quem verdadeiramente trabalha.
Acima de tudo, Senhores Ministros, o que mais me agride, nem é o facto dos senhores prometerem resolver a coisa, e nada fazer, porque isso já é característica dos governos: o anunciar medidas e depois voltar atrás. Também não é o facto de pôr em dúvida a minha honestidade intelectual, embora isso me magoe de sobremaneira. É sobretudo o nojo pela forma como os seus serviços se dirigem aos contribuintes, tratando-nos como criminosos, ou potenciais delinquentes, sem olharem para trás, com uma arrogância autista que os leva a não verem que há um tempo para tudo, particularmente para serem educados com quem gera riqueza neste país, e naquilo que mais me toca em especial, que já é tempo de serem respeitadores da importância dos artistas, e que devem sê-lo sem medos e invejas desta nossa capacidade de combinar verdade cénica com artifício, que é no fundo esse nosso dom de criar, de ser co-autores, na forma, dos textos que representamos.
Permitam-me do alto dos meus 86 anos deixar-lhes um conselho: aproveitem e aprendam rapidamente, porque não têm muito tempo já. Aprendam que quando um povo se sacrifica pelo seu país, essa gente, é digna do maior respeito… porque quem não consegue respeitar, jamais será merecedor de respeito!

DUCHE PARA OS REFORMADOS


E VIVA O CARALHO DO VELHO !!!...

Um acaciano em Belem



cavaco silva revista palhaco
Há pouco ouvi o horrendo personagem do Augusto Santos Silva surpreender-me e dizer algo inteligente quando comentava a afirmação do Miguel Sousa Tavares em que chamava palhaço ao Cavaco Silva. Sugeriu que lhe chamássemos antes acaciano. Parece-me bem, não porque o termo palhaço não pareça mais adequado, mas porque, contrariamente ao Sr. Silva,  os palhaços me merecem respeito.

EMENTA: "SUBMARINADA COM TODOS"


As capas dos jornais e as principais notícias de Quarta-feira, 29 de Maio de 2013.



Capa do Correio da Manhã Correio da Manhã

Multas: Menos prescrições
ASAE encerra pingo doce
Almeirim: Golpeado com navalha
Sintra: Atropela chefe da PSP
António Costa: EPUL é extinta
Fogos: Helicópteros autorizados
Lance Armstrong: Perde patrocínio

Capa do Público Público

Euromilhões: totalista fora de Portugal recebe jackpot de 95 milhões
O Médio Oriente está a construir uma grande máquina de raios X
Movimento cívico lança petição pela “renegociação profunda” da dívida
Finanças inviabilizam compra de novo software para os juízes
Funcionários públicos arriscam indemnizações inferiores ao privado
UEFA aceita V. Guimarães nas competições europeias
Governo prepara fecho de quase 200 cursos do superior

Capa do Diário de Notícias Diário de Notícias

Capa do Jornal de Notícias Jornal de Notícias

'Rainha Letizia' já é uma marca registada
Bündchen pede a fotógrafos para não usarem Photoshop
Americanos não resistem a Ruah
Trocou remédio por supercola e quase ficou cego
Serviços públicos vão passar a fechar às 18 horas
Metro perde 2 milhões de passageiros por mês no Porto e Lisboa
Acidente com quatro carros encerra ponte de Fão

Capa do i i

Capa do Diário Económico Diário Económico

Rebelo de Sousa demite-se da Caixa e pressiona mudanças na gestão
Governo obriga serviços públicos a estarem abertos até mais tarde
Rectificativo dá mais 300 milhões à Segurança Social devido ao desemprego
Banca já não é o que era
Inspecção da Saúde apanha pagamentos indevidos a médicos
Fim-de-semana com o morto
A classe média, os impostos e a pobreza

Capa do Jornal Negócios Jornal Negócios

Leilões de energia poupam 17 milhões ao consumidor e serão intensificados
BdP avalia qualidade da concessão de crédito
Chantagem e capital de esperança
Economia versus bolsas
Mentiras perigosas
"Brand Sense"
Dióxido de carbono

Capa do Oje Oje

Millennium bcp integra índices de sustentabilidade
Selecta recebe o prémio de melhor "Specialist Fund Ibéria Award"
GDF Suez entra no gasoduto Nabucco
Woodside tem 3,9 mil milhões para investir
DHL investe no Sudeste Asiático para crescer
Bancos britânicos com menos 189 mil trabalhadores
Solvência das famílias está em causa

Capa do Destak Destak

Colorado é o primeiro Estado norte-americano a legalizar a marijuana
Chuvas no Chile afetam mais de 5.000 pessoas e danificam centenas de casas
Japão e Rússia vão desenvolver campo petrolífero no mar de Okhotsk
China e EUA prometem maior cooperação naval apesar da tensão regional
Ataque contra exército líbio em Bengasi causou um morto
Nave russa Soyuz acoplou com sucesso à Estação Espacial Internacional
Mais de 100 pessoas resgatadas de 'ferry' que começou a afundar-se na Tailândia

Capa do A Bola A Bola

Wagner é alvo de interesse
Salin continua num impasse
Pedro Manuel é o escolhido
Simy desejado para o ataque
«Quero continuar no Sporting» – Bojinov
Dia de decisões no Benfica
Empresário de Laudrup não fecha a porta ao Benfica

Capa do Record Record

Nolito: «Quero ficar no Granada»
Leonardo Jardim: «Podemos reerguer o clube»
Inter hoje e sempre
Derlis joga hoje
Maioria da SAD defende mudança
Villas-Boas ataca Jackson Martínez
À espera de Nani

Capa do O Jogo O Jogo

Neymarzetes invadem hotel da seleção brasileira
Um acidente assustador no motociclismo
Guardiola pediu Neymar, o Bayern disse não
Em agosto começa a corrida aos bilhetes do Mundial
Mangala prefere Lucho a Moutinho
Falcao é do Mónaco por 45 milhões
Pedro Solha MVP do campeonato