Translator

domingo, 8 de setembro de 2013

As capas dos jornais e as principais notícias de Segunda-feira, 9 de Setembro de 2013.


Capa do Correio da Manhã Correio da Manhã

A soneca mais fria do 'Mundo Louco'
Menino atropelado
Tinha haxixe na prótese
Gatos resgatados
Incêndio destrói anexo em Aveiro
Abandona amigo morto em despiste
Prof. Marcelo: Despedir é inevitável

Capa do Público Público

Jornalista italiano sequestrado desde Abril na Síria foi libertado
Joker: Chave do concurso 36/2013
PCP pede punição do Governo nas autárquicas
Dennis Rodman jurou amizade "para a vida" a Kim Jong Un
COI a salvo da “crise”, com 683 milhões de euros em caixa
Zidane afirma que valor pago por Gareth Bale é “incompreensível”
Grécia assume que pode precisar de novo empréstimo

Capa do Diário de Notícias Diário de Notícias

O que tem o gás de pior que outras armas?
Protesto contra a discriminação frente à embaixada
Emoção no adeus a "um bombeiro sempre disponível"
Porto Wine Fest quer chegar à outra margem do Douro
FENPROF atribui redução da procura a instabilidade
Alegações finais do processo-crime arrancam esta semana
Empresa investiga causas do descarrilamento em Cacilhas

Capa do Jornal de Notícias Jornal de Notícias

Condutor não se lembra de acidente que causou um morto
Hóstias esgotadas na Penha prolongam perdão
Suspensão do metro agrava desemprego
Apple aposta em dois novos iPhones
Ofensiva para convencer o Congresso dos EUA a atacar a Síria
Quinteto de bombeiros voluntários salva rapariga de um poço
Marisa Cruz protege os filhos

Capa do i i

Síria. Kerry congratula-se com condenação "forte" dos ministros dos Negócios Estrangeiros da UE
Funeral do oitavo bombeiro vitimado pelas chamas realiza-se no domingo
Jerónimo avisa para “nova vaga de assaltos”, enquanto PS espera por 2015
Candidato do BE a Elvas avança, apesar de partido ter retirado apoio
Morreu o agente de execução atingido a tiro em Alcobaça
Polícia Judiciária investiga novo caso de "phishing"
Rui Rio diz que decisão do TC cria "situação de faz de conta"

Capa do Diário Económico Diário Económico

Serena Williams ganha US Open
Elevada colocação nas universidades públicas ameaça privadas
“Preço dos combustíveis gerou discussão populista”
Governo quer acertar esta semana cortes nas pensões e mobilidade
Gustavo Guimarães está ao lado da Apollo na corrida aos seguros da CGD
Portal Sapo faz 18 anos e promete manter a aposta na inovação
Empresas voltam a contratar no segundo semestre de 2013

Capa do Jornal Negócios Jornal Negócios

Ministros das Finanças reúnem-se para discutir programas de resgate
TAP faz leasing de aviões antes de receber novos A350
Economistas do FMI recomendam reestruturação "forçada" de dívida empresarial
Banca é o sector que mais pode valorizar com estabilização da economia
Gestores alegam que fizeram omeletas com "swaps" à falta de ovos
Governo espera 600 milhões ainda este ano com privatização dos CTT
Finito

Capa do Oje Oje

Banco Popular sai da Euronext Lisbon em outubro
Resgates dos Factor Banka e Probanka recebem “luz verde”
American Tower compra rival Global Tower por 2,5 mil milhões
PSI20 fecha semana em alta
Ações caem depois de Putin reforçar apoio à Síria em caso de ataque dos EUA
E.ON compra britânica Matrix
Granéis sólidos crescem 36,5% no porto de Lisboa em agosto

Capa do Destak Destak

"Baboom" é o nome escolhido por Dotcom para o seu novo serviço musical
Partido de Taiwan defensor da reunificação com China planeia candidatura presidencial
Portugal ultima preparação para particular com o Brasil
Líder norte-coreano é pai de uma menina, revela ex-estrela da NBA Dennis Rodman
PS indica advogado Domingos Farinho para integrar Comissão Nacional de Eleições
Pelo menos 20 civis feitos reféns por alegados rebeldes filipinos no sul do país
Kerry pediu a Abbas para "intensificar" diálogo israelo-palestiniano

Capa do A Bola A Bola

Manuel Fernandes recusou receber 1500 euros por mês
Bordéus atento a João Vilela
«Regressar seria insustentável» - Elias
Siqueira rendido a Rui Costa
Um «solo» impressionante de Berbatov (vídeo)
Bale no Real Madrid? «Estamos num mundo de loucos» - Toni Nadal
US Open: Serena Williams derrotou Azarenka e conquistou torneio

Capa do Record Record

Alas totalmente remodeladas
Gerson Magrão ainda procura condição ideal
Quintero acelerado
Félix da Costa: «Um triunfo brilhante»
Honrar a história com a mesma raça
Lampard pronto a entrar na elite
Cláudio Pitbull sem alarme

Capa do O Jogo O Jogo

Bis para Serena Williams
Presidente apresenta demissão
Quando Michael Jackson assistiu e John Lennon marcou
Fátima goleou em Torres Vedras
"Rui Costa vai ajudar-me muito"
Renato Ferreira e Vanessa Fernandes campeões nacionais
Nacional de Seniores: cinco invictos

KAOS:A cornucópia do poder



passos coelho angela merkel mario draghi vitor constancioa cornucopia
O Paulo Portas gosta muito de falar de um país intervencionado e da perda de soberania para justificar as filha-de-putisse, a destruição e a pobreza que espalham pelo país. Tretas, porque nenhum cidadão decente nunca aceitaria conduzir o seu país à miséria.
O que se passa é que o aceitam em nome de manterem e aprofundarem um sistema neo-liberal e capitalista que defendem. Portugal pode ter tido e ter a necessidade de pedir ajuda mas isso nunca pode determinar a sua perda de soberania e devem ser sempre os cidadãos  a primeira prioridade de qualquer governante,
Não podem governar para os mercados à custa da miséria de um povo. Ai, mas precisamos do dinheiro, dizem como se tal coisa fosse inevitável. O dinheiro é uma ferramenta para ser utilizada e não um fim em si.
Não se podem condenar as pessoas a serem escravos em nome de salvaguardar o dinheiro de alguns. Se não há dinheiro utilizam-se outras formas de relação entre as pessoas. E, mesmo sem ser necessário ir tão longe acredito que há no mundo povos dispostos a ajudar e sobretudo a unirem-se em busca de resolver os nossos e os seus problemas em conjunto.
Vivemos tempo de mentira em que tentam mostrar o egoísmo e a lei do mais forte como a regra a seguir, mas há outras formas de fazer e de relacionamento possíveis.
Temos é de ser capaz de retirar das nossas cabeças as mentiras que usam para limitar as alternativas e impedir novas soluções. Limpar as cabeças e pensar em alternativas em que sejam as pessoas o centro e a razão das politicas. Só isso acabaria com as inevitabilidades, mudaria tudo e tudo seria possível.

SÍRIA - SOB A "PATA" AMERICANA



 Presidente Obama (outros da sua igualha) estão muito preocupados com as armas químicas (que não se sabe quem as utilizou na Síria), mas esquece-se o senhor Obama das vítimas que os "américas" provocaram na Guerra do Vietname com o lançamento, na atmosfera, da chuva amarela pelos aviões americanos.  Ainda hoje há vítimas, no Vietname, dessa terrível arma química.

Não conhecia esta Síria..... o que restará dela depois da intervenção dos americanos.......????????????
Gostava de ter informação isenta sobre aquela área..... Parece - me que há muita manipulação de informação.............

Data: 8 de Setembro de 2013 às 21:18
Assunto: Siria
Para:
Mas afinal:
- O que é ditadura?
- Quem é o ditador? A populça armada em libertadores? Ou os talibans? Ou o atual Governante?
- Quem construiu tudo isto? Os talibans? A populça libertadora? Ou a população Siria?
- O primeiro registo histórico em que a populaça foi chamada a decidir: entre Jesus ou Barrabás, a popualça votou democráticamente no bandalho, no bandido.
Clique no visualizar ou na transferência
Siria (que não conhecemos).pps
Siria (que não conhecemos).pps
3625K   Visualizar   Transferência  

O PAÍS DOS "CARAMELOS" PP (PASSOS E PORTAS)

 
O Estado Social

Seja como fôr os politicos são necessários. Não há democracia e mesmo ditadura sem politicos. A atitude persecutória aos politicos não tem razão de ser, até porque, todos nós podemos ser politicos se assim entendermos.
Se um dia fôr implantada a Anarquia, essa bela doutrina, que até ao momento parece utópica, então provavelmente diminuirão os politicos.

Pensa bem nesta «utilização» do dinheiro que te obrigam a pagar para o Estado.
Procura encontrar uma proposta de solução. Conversa com os teus amigos sobre isto.
Como acabar com este enriquecimento abusivo das sanguessugas que enriquecem à custa do povo explorado?
Há que pôr fim a isto, com urgência. Quanto mais adiarmos, mais desgraçados ficamos, nós e os nossos filhos e netos.

Reencaminha, para que todos os portugueses abram os olhos

cid:351F3294096B4C91A981A5FB36276BC9@mesa

 


Já se foi mas.....Só de ver o  Gaspar fico com falta de ar!!!!!!!!

A MULHER DO QUIM BARREIROS....

Uma à altura do QUIM BARREIROS....


A INTERNET NÃO É SÓ PARA PORNOCHACHADAS. TEM MOMENTOS DE ALTO SIGNIFICADO CULTURAL. AÍ VAI UM....  


Assim vai este país.


Que os jovens emigrem, fujam daqui a sete pés....

MÁRIO SOARES DE CU AO LÉU


 
Mário Soares, Angola e o tráfico de diamantes
Mário Soares visto pelo jornalista António Marinho (actual Bastonário da Ordem dos Advogados, António Marinho e Pinto), no «Diário do Centro» de 15 de Março de 2000.

MÁRIO SOARES E ANGOLA polémica em torno das acusações das autoridades angolanas segundo as quais Mário Soares e seu filho João Soares seriam dos principais beneficiários do tráfico de diamantes e de marfim levados a cabo pela UNITA de Jonas Savimbi, tem sido conduzida na base de mistificações grosseiras sobre o comportamento daquelas figuras políticas nos últimos anos.

Espanta desde logo a intervenção pública da generalidade das figuras políticas do país, que vão desde o Presidente da República até ao deputado do Bloco de Esquerda, Francisco Louçã, passando pelo PP de Paulo Portas e Basílio Horta, pelo PSD de Durão Barroso e por toda a sorte de fazedores de opinião, jornalistas (ligados ou não à Fundação Mário Soares), pensadores profissionais, autarcas, «comendadores» e comentadores de serviço, etc. 
.
Tudo como se Mário Soares fosse uma virgem perdida no meio de um imenso bordel.Sei que Mário Soares não é nenhuma virgem e que o país (apesar de tudo) não é nenhum bordel. 
.
Sei também que não gosto mesmo nada de Mário Soares e do filho João Soares, os quais se têm vindo a comportar politicamente como uma espécie de versão portuguesa da antiga dupla haitiana «Papa Doc» e «Baby Doc».Vejamos então por que é que eu não gosto dele(s).
.
A primeira ideia que se agiganta sobre Mário Soares é que é um homem que não tem princípios mas sim fins. É-lhe atribuída a célebre frase:
.
«Em política, feio, feio, é perder».São conhecidos também os seus zigue-zagues políticos desde antes do 25 de Abril. Tentou negociar com Marcelo Caetano uma legalização do seu (e de seus amigos) agrupamento político, num gesto que mais não significava do que uma imensa traição a toda a oposição, mormente àquela que mais se empenhava na luta contra o
fascismo. 
.
JÁ DEPOIS DO 25 DE ABRIL, ASSUMIU-SE COMO O HOMEM DOS AMERICANOS E DA CIA EM PORTUGAL 
.
E NA PRÓPRIA INTERNACIONAL SOCIALISTA. Dos mesmos americanos que acabavam de conceber, financiar e executar o golpe contra Salvador Allende no Chile e que colocara no poder Augusto Pinochet. 
.
Mário Soares combateu o comunismo e os comunistas portugueses como nenhuma outra pessoa o fizera durante a revolução e FOI AMIGO DENICOLAU CEAUCESCU, FIGURA QUE CHEGOU A APRESENTAR COMO MODELO A SER SEGUIDO PELOS COMUNISTAS PORTUGUESES. 
.
Durante a revolução portuguesa andou a gritar nas ruas do país a palavra de ordem «Partido Socialista, Partido Marxista», mas mal se apanhou no poder meteu o socialismo na gaveta e nunca mais o tirou de lá.
.
Os seus governos notabilizaram-se por três coisas: políticas abertamente de direita, a facilidade com que certos empresários ganhavam dinheiro e essa inovação da austeridade soarista (versão bloco central) que foram os salários em atraso. 
.
INSULTO A UM JUIZ  Em Coimbra, onde veio uma vez como primeiro-ministro, foi confrontado com uma manifestação de trabalhadores com salários em atraso. Soares não gostou do que ouviu (chamaram-lhe o que Soares tem chamado aos governantes angolanos) e alguns trabalhadores foram presos por polícias zelosos. 
.
Mas, como não apresentou queixa (o tipo de crime em causa exigia a apresentação de queixa), o juiz não teve outro remédio senão libertar os detidos no próprio dia. Soares não gostou e insultou publicamente esse magistrado, o qual ainda apresentou queixa ao Conselho Superior da Magistratura contra Mário Soares, mas sua excelência não foi incomodado.Na sequência, foi modificado o Código Penal, o que constituiu a primeira alteração de que foi alvo por exigência dos interesses pessoais de figuras políticas. Soares é arrogante, pesporrento e
malcriado. 
.
É conhecidíssima a frase que dirigiu, perante as câmaras de TV, a um agente da GNR em serviço que cumpria a missão de lhe fazer escolta enquanto presidente da República durante a Presidência aberta em Lisboa: «Ó Sr. Guarda! Desapareça!». 
.
Nunca, em Portugal, um agente da autoridade terá sido tão humilhado publicamente por um responsável político, como aquele pobre soldado da GNR. Em minha opinião, Mário Soares nunca foi um verdadeiro democrata. Ou melhor é muito democrata se for ele a mandar.
.
Quando não, acaba-se imediatamente a democracia. À sua volta não tem amigos, e ele sabe-o; tem pessoas que não pensam pela própria cabeça e que apenas fazem o que ele manda e quando ele manda. Só é amigo de quem lhe obedece. Quem ousar ter ideias próprias é triturado sem quaisquer contemplações.
.
Algumas das suas mais sólidas e antigas amizades ficaram pelo caminho quando ousaram pôr em causa os seus interesses ou ambições pessoais.Soares é um homem de ódios pessoais sem limites, os quais sempre colocou acima dos interesses políticos do partido e do próprio país.
.
Em 1980, não hesitou em APOIAR OBJECTIVAMENTE O GENERAL SOARES CARNEIRO CONTRA EANES, NÃO POR RAZÕES POLÍTICAS MAS DEVIDO AO ÓDIO PESSOAL QUE NUTRIA PELO
GENERAL RAMALHO EANES. 
.
E como o PS não alinhou nessa aventura que iria entregar a presidência da República a um general do antigo regime, Soares, em vez de acatar a decisão maioritária do seu partido, optou por demitir-se e passou a intrigar, a conspirar e a manipular as consciências dos militantes socialistas e de toda a sorte de oportunistas, não hesitando mesmo em espezinhar amigos de sempre como Francisco Salgado Zenha. 
.
Confesso que não sei por que é que o séquito de prosélitos do soarismo (onde, lamentavelmente, parece ter-se incluído agora o actual presidente da República – Cavaco Silva), apareceram agora tão indignados com as declarações de governantes angolanos e estiveram tão calados quando da publicação do livro de Rui Mateus sobre Mário Soares. 
.
NA ALTURA TODOS METERAM A CABEÇA NA AREIA, INCLUINDO O PRÓPRIO CLÃ DOS SOARES, E NEM TUGIRAM NEM MUGIRAM, APESAR DE AS ACUSAÇÕES SEREM ENTÃO BEM MAIS GRAVES DO QUE AS DE AGORA. POR QUE É QUE JORGE SAMPAIO SE CALOU CONTRA AS «CALÚNIAS» DE RUI MATEUS?».«DINHEIRO DE MACAU» Anos mais tarde, um senhor que fora ministro de um governo chefiado por MÁRIO SOARES, ROSADO CORREIA, vinha de Macau para Portugal com uma mala com dezenas de milhares de contos. A proveniência do dinheiro era tão pouco limpa que um membro do governo de Macau, ANTÓNIO **VITORINO, *foi a correr ao aeroporto tirar-lhe a mala à
última hora.
.
Parece que se tratava de dinheiro que tinha sido obtido de empresários chineses com a promessa de benefícios indevidos por parte do governo de Macau. Para quem era esse dinheiro foi coisa que nunca ficou devidamente esclarecida. O caso EMAUDIO (e o célebre fax de Macau) é um episódio que envolve destacadíssimos soaristas, amigos íntimos de Mário Soares e altos dirigentes do PS da época soarista. 
.
MENANO DO AMARAL chegou a ser responsável pelas finanças do PS e Rui Mateus foi durante anos responsável pelas relações internacionais do partido, ouseja, pela angariação de fundos no estrangeiro. Não haveria seguramente no PS ninguém em quem Soares depositasse mais confiança. Ainda hoje subsistem muitas dúvidas (e não só as lançadas pelo livro de Rui Mateus) sobre o verdadeiro destino dos financiamentos vindos de Macau. No entanto, em tribunal, os pretensos corruptores foram processualmente separados dos alegados corrompidos, com esta peculiaridade (que não é inédita) judicial: os pretensoscorruptores foram condenados, enquanto os alegados corrompidos foram absolvidos. 
.
Aliás, no que respeita a Macau só um país sem dignidade e um povo sem brio nem vergonha é que toleravam o que se passou nos últimos anos (enos últimos dias) de administração portuguesa daquele território, comos chineses pura e simplesmente a chamar ladrões aos portugueses. 
.
E isso não foi só dirigido a alguns colaboradores de cartazes do MASP que a dada altura enxamearam aquele território.Esse epíteto chegou a ser dirigido aos mais altos representantes do Estado Português. Tudo por causa das fundações criadas para tirar dinheiro de Macau. Mas isso é outra história cujos verdadeiros contornos hão-de ser um dia conhecidos. Não foi só em Portugal que Mário Soares conviveu com pessoas pouco recomendáveis. 
.
Veja-se o caso de BETINO CRAXI, o líder do PS italiano, condenado a vários anos de prisão pelas autoridades judiciais do seu país, devido a graves crimes como corrupção. Soares fez questão de lhe manifestar publicamente solidariedade uando ele se refugiou na Tunísia. 
.
Veja-se também a amizade com Filipe González, líder do Partido Socialista de Espanha que não encontrou melhor maneira para resolver oproblema político do país Basco senão recorrer ao terrorismo, contratando os piores mercenários do lumpen e da extrema direita da Europa para assassinar militantes e simpatizantes da ETA.Mário Soares utilizou o cargo de presidente da República para passear pelo estrangeiro como nunca ninguém fizera em Portugal. 
.
Ele, que tanta austeridade impôs aos trabalhadores portugueses enquanto primeiro-ministro, gastou, como Presidente da República, milhões de contos dos contribuintes portugueses em passeatas pelo mundo, com verdadeiros exércitos de amigos e prosélitos do soarismo, com destaque para jornalistas. São muitos desses «viajantes» que hoje se põem em bicos de pés a indignar-se pelas declarações dos governantes angolanos.
.
Enquanto Presidente da República, Soares abusou como ninguém das distinções honoríficas do Estado Português. Não há praticamente nenhum amigo que não tenha recebido uma condecoração, enquanto outros cidadãos, que tanto mereceram, não obtiveram qualquer distinção durante o seu «reinado». 
.
Um dos maiores vultos da resistência antifascista no meio universitário, e um dos mais notáveis académicos portugueses, perseguido pelo antigo regime, o Prof. Doutor Orlando de Carvalho, não foi merecedor, segundo Mário Soares, da Ordem da Liberdade. Mas alguns que até colaboraram com o antigo regime receberam as mais altas distinções. Orlando de Carvalho só veio a receber a Ordem da Liberdade depois de Soares deixar a Presidência da República, ou seja logo que Sampaio tomou posse. A razão foi só uma: Orlando de Carvalho nunca prestou vassalagem a Soares e Jorge Sampaio não fazia depender disso a atribuição de condecorações. 
.
FUNDAÇÃO COM DINHEIROS PÚBLICOSA pretexto de uns papéis pessoais cujo valor histórico ou cultural nunca ninguém sindicou, Soares decidiu fazer uma Fundação com o seu nome. Nada de mal se o fizesse com dinheiro seu, como seria normal.Mas não; acabou por fazê-la com dinheiros públicos. 
.
SÓ O GOVERNO, DE UMA SÓ VEZ DEU-LHE 500 MIL CONTOS E A CÂMARA DE LISBOA, PRESIDIDA PELO SEU FILHO, DEU-LHE UM PRÉDIO NO VALOR DE CENTENAS DE MILHARES DE CONTOS. Nos Estados Unidos, na Inglaterra, na
.
Alemanha ou em qualquer país em que as regras democráticas fossem minimamente respeitadas muita gente estaria, por isso, a contas com a justiça, incluindo os próprios Mário e João Soares e as respectivas carreiras políticas teriam aí terminado. 
.
Tais práticas são absolutamente inadmissíveis num país que respeitasse o dinheiro extorquido aos contribuintes pelo fisco.Se os seus documentos pessoais tinham valor histórico Mário Soares deveria entregá-los a uma instituição pública, como a Torre do Tombo ou o Centro de Documentação 25 de Abril, por exemplo. 
.
Mas para isso era preciso que Soares fosse uma pessoa com humildade democráticae verdadeiro amor pela cultura. Mas não. Não eram preocupações culturais que motivaram Soares. O que ele pretendia era outra coisa.
.
Porque as suas ambições não têm limites ele precisava de um instrumento de pressão sobre as instituições democráticas e dos órgãos de poder e de intromissão directa na vida política do país. A Fundação Mário Soares está a transformar-se num verdadeiro cancro da democraciaportuguesa.»

O livro de Rui Mateus, que foi rapidamente retirado de mercado após a celeuma que causou em 1996 (há quem diga que “alguém” comprou toda a edição), está disponível em:

http://ferrao.org/documentos/Livro_Contos_Proibidos.pdf

http://aventar.eu/2009/07/23/mario-s...-de-diamantes/

HOLLANDE VAI PRÁ SIRIA



DISCURSO DO GENERAL ( premonitório?)




Date: Sat, 7 Sep 2013 18:28:42 +0100

É ISSO QUE O PT VAI ACABAR PROVOCANDO. 
DEPOIS NÃO VENHAM ME DIZER QUE "LUTARAM CONTRA A DITADURA"!!!

DISCURSO DO GENERAL
R E P A S S A N D O
Discurso do General

A NOSSA LIBERDADE

(GEN PAULO CHAGAS)

Liberdade para quê? Liberdade para quem?

Liberdade para roubar, matar, corromper, mentir, enganar, traficar e viciar?

Liberdade para ladrões, assassinos, corruptos e corruptores, para mentirosos, traficantes, viciados e hipócritas?

Falam de uma “noite” que durou 21 anos, enquanto fecham os olhos para a baderna, a roubalheira e o desmando que, à luz do dia, já dura 26!

Fala-se muito em liberdade!
Liberdade que se vê de dentro de casa, por detrás das grades de segurança, de dentro de carros blindados e dos vidros fumê!

Mas, afinal, o que se vê?

Vê-se tiroteios, incompetência, corrupção, quadrilhas e quadrilheiros, guerra de gangues e traficantes, Polícia Pacificadora, Exército nos morros, negociação com bandidos, violência e muita hipocrisia.

Olhando mais adiante, enxergamos assaltos, estupros, pedófilos, professores desmoralizados, ameaçados e mortos, vemos “bullying”, conivência e mentiras, vemos crianças que matam, crianças drogadas, crianças famintas, crianças armadas, crianças arrastadas, crianças assassinadas.

Da janela dos apartamentos e nas telas das televisões vemos arrastões, bloqueios de ruas e estradas, terras invadidas, favelas atacadas, policiais bandidos e assaltos a mão armada.

Vivemos em uma terra sem lei, assistimos a massacres, chacinas e seqüestros. Uma terra em que a família não é valor, onde menores são explorados e violados por pais, parentes, amigos, patrícios e estrangeiros.

Mas, afinal, onde é que nós vivemos?

Vivemos no país da impunidade onde o crime compensa e o criminoso é conhecido, reconhecido, recompensado, indenizado e transformado em herói! Onde bandidos de todos os colarinhos fazem leis para si, organizam “mensalões” e vendem sentenças!

Nesta terra, a propriedade alheia, a qualquer hora e em qualquer lugar, é tomada de seus donos, os bancos são assaltados e os caixas explodidos. É aqui, na terra da “liberdade”, que encontramos a “cracolândia” e a “robauto”, “dominadas” e vigiadas pela polícia!

Vivemos no país da censura velada, do “micoondas”, dos toques de recolher, da lei do silêncio e da convivência pacífica do contraventor e com o homem da lei. País onde bandidos comandam o crime e a vida de dentro das prisões, onde fazendas são invadidas, lavouras destruídas e o gado dizimado, sem contar quando destroem pesquisas cientificas de anos, irrecuperáveis!

Mas, afinal, de quem é a liberdade que se vê?

Nossa, que somos prisioneiros do medo e reféns da impunidade ou da bandidagem organizada e institucionalizada que a controla?

Afinal, aqueles da escuridão eram “anos de chumbo” ou anos de paz?

E estes em que vivemos, são anos de liberdade ou de compensação do crime, do desmando e da desordem?

Quanta falsidade, quanta mentira quanta canalhice ainda teremos que suportar, sentir e sofrer, até que a indignação nos traga de volta a vergonha, a auto estima e a própria dignidade?

Quando será que nós, homens e mulheres de bem, traremos de volta a nossa liberdade?


* Paulo Chagas é General da Reserva do Exército do Brasil.

 Após a leitura não deixe de repassar. É o retrato do nosso Brasil
Pense, sinta e aja: “A mente que se abre para uma nova ideia, jamais retornará ao seu tamanho original" - Albert Einstein

 -- 
Não pergunte o que seu País pode fazer por você,
Pergunte o que você pode fazer pelo seu País.
(John F. Kennedy)

KAOS:Cavalo do Poder

Ouvi Passos Coelho partes do discurso que fez algures por ai e, não sendo possível destacar uma frase que tenha dito pois era um enxurrada de hipocrisia, cretinisse, demagogia e filha da putisse, para além daquela cara com sorrisinho de idiota, tudo me meteu um nojo tremendo. 
 
Onde nós nos deixámos chegar. Não acham que já basta? Porra, será que vivendo naquilo que dizem ser uma democracia não há soluções democráticas para correr com anormais como estes antes de passarem 4 anos? 
 
É que se assim é, se alguém pode dizer e fazer o que este parvalhão faz e diz então algo está muito errado com esta democracia e é necessário mudá-la rapidamente. Isso faz-se com protesto, não pelo protesto, mas baseado em ideias, isso faz-se com o debate e com a busca de alternativas a este sistema podre e isto faz-se com a cidadania activa, com a participação de todos e com novas formas de relacionamento e de solidariedade entre todos. Isto faz-se com a vontade e a participação de todos. 
 
Isto faz-se levantando o rabo do sofá e começando a fazer. Isto faz-se começando a pensar em vez de repetir o que se ouviu alguém dizer na televisão. Isto faz-se respeitando tanto o nosso vizinho como a nós próprios, isto faz-se sendo cidadão.

ELEIÇÕES: "MONTUREIRA DE ESTRUME"



A solução para o SPORTING


Vejam o video, em baixo e a espectacular irmã do Bruno

O "BERTO" E O CACAU QUE LHE FALTA PARA A RTP




O Alberto é daquelas preciosidades conseguidas pelo Miguel Relvas que de cervejeiro salta para presidente da RTP. O Alberto necessita, da bagatela de 200 milhões de euros para a RTP, funcionar, que a gente cá tem. Bem o Alberto não necessita nada de 200 milhões, mas é necessário que os ordenados que aquele "maralhal" ganha desça para ordenados normais e não pornográficos que lhe são atribuídos. A RTP nos primórdios funcionava com meia dúzia de comunicadores e hoje atropelam-se. O Alberto que retire os correspondentes, no estrangeiros, a ganharem balúrdios e que nós, contribuintes, suportamos eles/elas as depesas de acomodação. O Alberto deve perceber que estamos na era da internet e do noticiário, em poucos segundos, temos o mundo aos nossos pés. O Alberto deve entender que os ordenados pornográficos que aquelas lindas meninas/meninos que por lá deambulam é para gastar em "merdas" que até não são de marca nacional.  O Alberto deve perceber de uma vez por todas que as vacas magras secaram os amojos e não há mais leite para ordenhar!
Clique na imagen para o resto da peça e video


O presidente do Conselho de Administração da Rádio e Televisão de Portugal, em entrevista conjunta Antena 1 / Diário Económico.

As capas dos jornais e as principais notícias de Domingo, 8 de Setembro de 2013.




Capa do Correio da Manhã Correio da Manhã

'Mundo Louco': Exercício para não ficar uma lontra
Macário faz despedida
Pai e filho feridos em explosão
Dois feridos na A1
Três medalhas nas Olimpíadas
Lusodescendente morto na Venezuela
Operação militar mata 30

Capa do Público Público

Mais candidatos conseguem colocação à primeira
Wawrinka ameaçou mas não conseguiu travar Djokovic
Chave do Concurso 72/2013 do Totoloto
Cabo Verde faz história ao atingir o play-off do Mundial 2014
Homem que assassinou agente de execução ficou em prisão preventiva
Brasil goleia Austrália antes do jogo com Portugal
BE acusa Governo de substituir a política pela ameaça e pela chantagem

Capa do Diário de Notícias Diário de Notícias

Funeral de bombeiro Daniel Falcão é hoje às 09.00
Blá, blá, blá...
Rajoy pode ser vesgo mas não tem palas
Mais de 400 cursos com menos de 20 colocados
Preventiva para suspeito de ter matado agente de execução
Resultados da 1.ª fase divulgados a partir da meia noite
GNR deteve 128 condutores por excesso de álcool

Capa do Jornal de Notícias Jornal de Notícias

Ensino Superior vai receber menos de 40 mil estudantes
Verão está a ser bom para o setor imobiliário
Moda dos bolos finta crise
Emigração para Inglaterra duplicou no primeiro trimestre
Rapaz lusodescendente encontrado morto na Venezuela
Obama lembra torres gémeas para justificar ataque à Síria
Tóquio recebe Jogos Olímpicos de 2020

Capa do i i

Síria. Kerry congratula-se com condenação "forte" dos ministros dos Negócios Estrangeiros da UE
Funeral do oitavo bombeiro vitimado pelas chamas realiza-se no domingo
Jerónimo avisa para “nova vaga de assaltos”, enquanto PS espera por 2015
Candidato do BE a Elvas avança, apesar de partido ter retirado apoio
Morreu o agente de execução atingido a tiro em Alcobaça
Polícia Judiciária investiga novo caso de "phishing"
Rui Rio diz que decisão do TC cria "situação de faz de conta"

Capa do Jornal Negócios Jornal Negócios

Jerónimo de Sousa pede a Passos para deixar "lamúrias" e "falar verdade"
Eslovénia fecha dois bancos para tentar evitar mesmo destino de Chipre
Recessão na Grécia será menor que o previsto e país vai crescer em 2014
Passos quer mostrar ao mundo que Portugal não precisa de resgates de 15 em 15 anos
Milhares manifestam-se contra austeridade na segunda cidade da Grécia
Passos critica os que "parecem zangados e contrariados" com as boas notícias
Seguro diz que "esperteza saloia" foi mentir aos portugueses para ganhar eleições

Capa do A Bola A Bola

Incidente com o árbitro parou jogo entre Sporting e Fundão
Izmailov tenta convencer Paulo Fonseca
Rúben Semedo é o quarto central
Sulejmani em risco para o Paços
SC Braga e Estoril discutem a final
Novo duelo entre Nadal e Djokovic na final do US Open
Bis de Kardec devolve liderança ao Palmeiras

Capa do Record Record

Trio internacional a treinar-se na equipa B
Dívida de 205 mil a Duque
Caballero sonhador
Bebé de rotação elevada
Áustria Viena: Transições rápidas são trunfo principal
Pé quente de Miguel Rosa
Trampolins: Ana Rente bronze em Loulé

Capa do O Jogo O Jogo

"Mereço jogar no Real Madrid"
Jeffren e Evaldo vão ficar na equipa B
Michael Laudrup associado ao Benfica
Cabo Verde delira com qualificação
Marcelo deve falhar jogo com Portugal
Postiga elogiado pelo presidente do Valência
Zona Africana: Cabo Verde sensacional na Tunísia