Translator

segunda-feira, 23 de setembro de 2013

O GUME DO MACHADO DE BRASILINO GODINHO

Prezadas senhoras,
Caros senhores,
Anexo uma crónica sobre um assunto que está despertando o maior interesse da comunidade nacional. Porventura, até com repercussão internacional, com especial incidência nos países da Comunidade Europeia  e Brasil, Angola, Moçambique, Cabo Verde, Guiné-Bissau, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste.

Com os melhores cumprimentos. 
Brasilino Godinho
 

..DEPOIS....O MAIS FACIL.......E DIZER MAL DA ANGELA!...........

 Aqui está uma das diferenças...
 Não confirmei se é mesmo assim como se diz no texto infra. Tal como recebi e li, assim o envio.
   Aqui está uma das diferenças...

Quando "eles" falam de produtividade lembro-me logo disto...
O que explica a diferença entre  Portugal e a Alemanha      
                    
 

 
PORTUGAL
Alemanha
Governo
  1 Primeiro Ministro +
11 Ministros +
38 Secretários de Estado
TOTAL : 
 50
1 Chanceler (e) +
 8 Ministros
TOTAL :   9

 

 
Depois do trabalho
- O 1.º Ministro tem residência oficial.
- Os Ministros têm alojamentos de funções. - Os Secretários de Estado têm alojamentos de funções.
   Os contribuintes pagam-lhes: alojamento, transportes,
  ajudas de custo, água, eletricidade, alimentação,  
    motoristas,... etc.
 
Angela MERCKEL e os seus 8 Ministros pagam alojamento, transportes para o trabalho, as faturas da água, da eletricidade, alimentação e andam nos seus próprios carros.

 
Presidência da República
cerca de 500 pessoas trabalham para a Presidência da República.   
Cerca de 300 pessoas trabalham para a Presidência da República.
                                 PARA MANTER VIDINHA BOA, É BEM MAIS FÁCIL TAXAR OS REFORMADOS, OS FUNCIONÁRIOS E TIRAR SUBSÍDIOS AOS OPERÁRIOS, FAZER PAGAR MEDICAMENTOS E TAXAS MODERADORAS, AUMENTAR OS IMPOSTOS DE TODA A GENTE... 
 
Partilhem esta informação? é uma afronta

A broa dos velhos




 Por Alberto Pinto Nogueira


A República vive da mendicidade. É crónico. Alexandre de Gusmão, filósofo, diplomata e conselheiro de D. João V, acentuava que, depois de D. Manuel, o país era sustentado por estrangeiros. Era o Séc. XVIII. A monarquia reinava com sumptuosidades, luxos e luxúrias.

A rondar o Séc. XX, Antero de Quental, poeta e filósofo, acordava em que Portugal se desmoronava desde o Séc. XVII. Era pedinte do exterior.

A Corte, sempre a sacar os cofres públicos, ia metendo vales para nutrir nobrezas, caçadas, festanças e por aí fora….

Uma vez mais, entrou em bancarrota. Declarou falência em 1892.

A I República herdou uma terra falida. Incumbiu-se de se autodestruir. Com lutas fratricidas e partidárias. Em muito poucos anos, desbaratou os grandes princípios democráticos e republicanos que a inspiraram. 

O período posterior, de autoritarismo, traduziu uma razia deletéria sobre a Nação. Geriu a coisa pública por e a favor de elites com um só pensamento: o Estado sou eu. Retrocedia-se ao poder absoluto. A pobreza e miséria dissimulavam-se no Fado, Futebol e Fátima.

As liberdades públicas foram extintas. O Pensamento foi abolido. Triturado.

O Povo sofria a repressão e a guerra. O governo durou 40 anos! Com votos de vivos e de mortos.

A II República recuperou os princípios fundamentais de 1910, massacrados em 1928.

Superou muitos percalços, abusos e algumas atrocidades.

Acreditou-se em 1974, com o reforço constitucional de 1976, que se faria Justiça ao Povo.

Ingenuidade, logro e engano.

Os partidos políticos logo capturaram o Estado, as autarquias, as empresas públicas.

Nada aprenderam com a História. Ignoram-na. Desprezam-na.

Penhoraram a Nação. Com desvarios e desmandos. Obras faraónicas, estádios de futebol, auto-estradas pleonásticas, institutos públicos sobrepostos e inúteis, fundações público-privadas para gáudio de senadores, cartões de crédito de plafond ilimitado, etc. Delírio, esquizofrenia esbanjadora.

O país faliu de novo em 1983. Reincidiu em 2011.         

O governo arrasa tudo. Governa para a troika e obscuros mercados. Sustenta bancos. Outros negócios escuros. São o seu catecismo ideológico e político.

Ao seu Povo reservou a austeridade. Só impostos e rombos nas reformas.

As palavras "Povo” e “Cidadão” foram exterminadas do seu léxico.

Há direitos e contratos com bancos, swaps, parcerias. Sacrossantos.

Outros, (com trabalhadores e velhos) mais que estabelecidos há dezenas de anos, cobertos pela Constituição e pela Lei, se lhe não servem propósitos, o governo inconstitucionaliza aquela e ilegaliza esta. Leis vigentes são as que, a cada momento, acaricia. Hoje umas, amanhã outras sobre a mesma matéria. Revoga as primeiras, cozinha as segundas a seu agrado e bel- prazer.

É um fora de lei.

Renegava a Constituição da República que jurou cumprir. Em 2011, encomendou a um ex-banqueiro a sua revisão. Hoje, absolve-a mas condena os juízes que, sem senso, a não interpretam a seu jeito!!!

Os empregados da troika mandam serrar as reformas e pensões. O servo cumpre.

Mete a faca na broa dos velhos.

Hoje 10, amanhã 15, depois 20%.

Até à côdea. Velhos são velhos. Desossem-se. Já estão descarnados. Em 2014, de corte em corte (ou de facada em facada?), organizará e subsidiará, com o Orçamento do Estado, o seu funeral colectivo.

De que serviu aos velhos o governo? E seu memorando?



Alberto Pinto Nogueira é Procurador-Geral – Adjunto  

MANDEI ÀS URTIGAS A INTERNET!


KAOS:Parceiros de coligação



paulo portas passos coelho cabeca fora
Sem tempo para escrever o texto. Imaginem-no

As capas dos jornais e as principais notícias de Segunda-feira, 23 de Setembro de 2013.



Capa do Correio da Manhã Correio da Manhã

Benfica: Incidentes em tribunal
Avaliação de Renato Seabra sob suspeita
Sintra: Confrontos em festa
Alenquer: Atropelamento mortal
Santo Tirso: Colisão faz quatro feridos
Porto: Homem resgatado do mar
Hóquei: Portugal vence Chile

Capa do Público Público

O primeiro-ministro que não se faça de vítima, diz Seguro
Portugal entra a ganhar no Mundial de hóquei em patins
A França e Tony Parker já têm o seu primeiro título
Paulo Fonseca: "Quem ganhou foi a estratégia de Jorge Jesus"
Marco António Costa pede “registo de tranquilidade”
PTP acusa Câmara de Lisboa de ser “injusta” com os seus inquilinos
O Estoril nunca deixou o FC Porto estar confortável na Amoreira

Capa do Diário de Notícias Diário de Notícias

O mordomo Passos e a festa do andar de cima
Fogo corta circulação na Linha do Norte, A1 e IC2
Fila para visitar Galerias Romanas encerrada às 11:00
Afinal carro de bombeiros podia estar mal estacionado
Impressora 3D produz ouro colorido
Cruz Vermelha de Tavira cria equipa para apoiar idosos
INEM inicia renovação de frota com aquisição de 75 viaturas

Capa do Jornal de Notícias Jornal de Notícias

Forças de segurança libertaram maior parte dos reféns em centro comercial
Dirigente do futebol lisboeta acusa Adelino Caldeira de agressão e Pinto da Costa de injúrias
Hollande felicita Merkel e promete continuar "estreita colaboração"
Seguro recomenda ao primeiro-ministro que não se faça de vítima
Confusão de Jorge Jesus com a polícia vai ser remetida a tribunal
Resultados oficiais não confirmaram maioria absoluta de Angela Merkel
Cancro da cabeça e pescoço mata três portugueses por dia

Capa do i i

Vettel vence GP de Singapura e amplia liderança no Mundial de F1
Síria. Mais de 500 europeus juntaram-se aos combates desde o início de 2011
João Semedo. "Rui Machete confirmou que mentiu"
Participação política aumenta quando situação socioeconómica é boa
Jerónimo de Sousa afirma que governo vai pôr Portugal “a pão e água” sem resolver problemas
Papa Francisco pede esforço de todos para garantir direito ao trabalho
Super tufão Usagi "fechou" Hong Kong

Capa do Diário Económico Diário Económico

Merkel faz história e consegue maior vitória eleitoral desde 1990
A RTP está entre o acessório e o essencial
Fecho de repartições e tribunais ameaça dezenas de municípios
“O programa Revitalizar não tem sido um sucesso”
Roubini reuniu com ministra das Finanças em Lisboa
Fino espera "nova vida" na Soares da Costa com accionista angolano
Gaia: Uma cidade de costas viradas para o interior

Capa do Jornal Negócios Jornal Negócios

Uma outra política de investimento no Afeganistão
Os impostos provocaram a crise financeira?
Merkel vitoriosa mas sem maioria absoluta
Seguro: O primeiro-ministro que não se faça de vítima
Festa da vitória de Merkel na sede de campanha da CDU
Salgado na PT/Oi em caso de fusão
Carlos Horta e Costa: "Sempre tive a concordância de Maude Lagos"

Capa do Oje Oje

Preço do gasóleo e da gasolina deverá voltar a descer
S&P coloca banca portuguesa em vigilância negativa
Eletrobras quer 50% da Rouar
Goodyear volta a distribuir dividendos
Proveitos do turismo no Algarve crescem quase 7% em 2013
Produção global de aço bruto sobe 5,2% em agosto
Turismo mundial deve crescer 4% em 2013, diz OMT

Capa do Destak Destak

Maior centro mundial de produção cinematográfica vai ser construído na China
Sobe para 81 número de mortos em duplo atentado em igreja no Paquistão
Iron Maiden encerra maratona do Rock in Rio 2013 com apresentação de fôlego
Empresa JP Sá Couto, vice-presidente e outros 39 arguidos começam hoje a ser julgados
"Modern Family" e "Breaking Bad" triunfam nuns Emmy muito repartidos
Ouvidos tiros e explosões no interior do centro comercial de Nairobi
Mais de 580 homens combatiam quatro fogos, Leiria dominado

Capa do A Bola A Bola

SC Braga-Sporting: Bilhetes dos três aos 75 euros
Azuis celebram hoje 94 anos
Paulo Freitas e Sérgio Oliveira controlados
Vítor à espreita do onze
Elias falha golo de baliza aberta (com vídeo)
«Vi uma seleção muito motivada», diz secretário de Estado do Desporto
«Balotelli tem de fechar a boca» – Allegri

Capa do Record Record

André Gomes fica no Minho
Os casos do V. Guimarães-Benfica
Peck's blindado
Paulo Oliveira: «Mostrámos forte caráter»
Fatídica jornada a custar pontos
Pior registo de remates da temporada
Luís Viana: «Uma vitória importante»

Capa do O Jogo O Jogo

CR7: o quinto melhor marcador da história do Real Madrid
"Estivemos muito bem"
Sérgio Conceição fala de tambores
"Passámos por alguns calafrios"
Di Canio já não é treinador do Sunderland
Nápoles vence Milan e reassume liderança
Joker: Chave do concurso 38/2013