Translator

segunda-feira, 28 de outubro de 2013

IR AO BRASIL PARA QUÊ?


Não há dinheiro não há vicios! Pois a selecção portuguesa que perca no "playoff" e não vá ao Brasil! 
Mais vale sustentar burros a pão-de-ló do que pagar salários milionários a manguelas à conta das paixões dos papalvos de bancada.


As capas dos jornais e as principais notícias de Terça-feira, 29 de Outubro de 2013.




Capa do Correio da Manhã Correio da Manhã

Almeida: Morre colhido por boi
Sporting: Desmente FC Porto
Fuga: Intoxicadas com gás
Lisboa: Assaltam duas bombas
Sacavém: Motociclista ferido
Miguel Macedo: Reforma do Estado
Rui Alves: MP pede condenação

Capa do Público Público

Costinha já não é treinador do Paços de Ferreira
Homem morre em Almeida após alegado ataque de um boi
Mãe suspeita de ter mantido bebé em mala de carrinha durante dois anos
Apple com mais receitas, mas menos lucro
Chefe de gabinete de Rui Rio manteve carteira de jornalista e regressa à TSF
Governo quer descontos para quem use os serviços do Estado pela Internet
Paços de Ferreira volta a perder em casa

Capa do Diário de Notícias Diário de Notícias

O casamento do intelectual e da vedeta
Perguntas abertas a Manuel Maria Carrilho
Pena suspensa por desviar 252 mil euros "por amor"
Homem morre após alegado ataque de um boi
Fenprof quer rescisões com direito a subsídio e reforma
Pais de bebé arriscam dez anos de prisão
Motorista de pesados morre esmagado por empilhador

Capa do Jornal de Notícias Jornal de Notícias

Cinco autocarros e dois camiões incendiados em São Paulo
Sporting acusa F.C. Porto de tratamento indigno no estádio do Dragão
AVC mata 35 portugueses todos os dias
Cão que atacou dois idosos não deverá ser abatido
Carreira de Bárbara Guimarães não sai prejudicada
Estudante vai perder virgindade em público
Costinha deixa Paços de Ferreira sob escolta policial

Capa do i i

Governo formaliza acordo com banco de fomento alemão
Rui Moreira assume pelouro do desenvolvimento económico, Pizarro fica com a habitação
OE 2014. BE anuncia que vai avançar com pacote de medidas
Emigrante portuguesa escondeu bebé no porta-bagagens durante dois anos- vídeo
Activista saudita lança tema: "No woman, no drive"- vídeo
Abel Xavier deixa de ser treinador do Olhanense
Professora envia fotos e vídeos nua em vez de trabalho de casa

Capa do Diário Económico Diário Económico

Uma austeridade revista e (ligeiramente) diminuída
O interesse nacional é uma treta
O Estado nas mãos das corporações
Governo fica mais isolado com críticas das elites a medidas de austeridade
Reduzir sobretaxa de IRS para 3% vai custar 120 milhões ao Estado
Banca nacional quer regra igual a Espanha e Itália nos impostos
Clientes de cobrança duvidosa e Angola pressionam lucros da Galp

Capa do Jornal Negócios Jornal Negócios

Portugal, Brasil e Cabo Verde lideram CPLP em estudo sobre regulação de PME
A desconfiança
600 euros?
TC: bom senso para recuperar a soberania
Crime e castigo
O que parece não é o que parece
Portugal desce uma posição em 'ranking' do Banco Mundial sobre regulação de PME

Capa do Oje Oje

EADS planeia cortes na divisão de Defesa
Komatsu revê resultado anual em baixa
Condições na Europa lastram lucros da TNT
China Telecom beneficia com iPhone
O "Trilema Energético Mundial"
Mais extremismos
KPMG reforça estrutura

Capa do Destak Destak

Novos confrontos no Bangladesh no último dia de greve geral
DECO lança petição para reduzir fidelização de 24 meses nas telecomunicações
Registados confrontos junto a depósito de munições na RD Congo
Polícia chinesa suspeita do envolvimento de pessoas do Xinjiang no incidente de Tiananmen
John Kerry defende diplomacia para resolver a questão do Irão
Obama falou ao telefone com PM israelita sobre o Irão
Cristiano Ronaldo e Mourinho são os únicos portugueses nomeados à Bola de Ouro

Capa do A Bola A Bola

César Peixoto apto para o campeonato
Figueirenses ficaram sem contas
Presidente critica desempenho da equipa
Ivan Cavaleiro vai ficar no plantel principal
Defour pronto para regressar
Blatter elogia Messi e goza com Ronaldo (com vídeo)
Balotelli diverte-se no treino... (vídeo)

Capa do Record Record

Para Jesus ver
André Vilas Boas segura vaga a pensar no Axa
Ranieri confirma Romero
Dulce Félix está pouco otimista
José Casaleiro une Seleção contra Letónia
Carlos Pereira segura Pedro Martins
Paulo Alves avança para o lugar de Abel Xavier

Capa do O Jogo O Jogo

"Todos atrás e nós sozinhos na frente"
"Ronaldo preocupa-se mais com o penteado"
CBF reduz calendário para jogadores terem um mês de férias
Rui Machado lamenta saída de Pedro Cordeiro
Athletic Bilbau sobe a quinto na Liga espanhola
Castro derrota Bosingwa
Costinha insultado à saída

BRASILINO GODINHO ESCREVEU



PULHICES LUSITANAS VISTAS POR MIM E O SENHOR OBAMA

 É isto Mr. Omama em Portugal... bandidos a pontapé!

Em baixo: a igreja católica e a sua humildade...
Só falta juntar ao caramelo a imagem de sua gajas, de bikini, na piscina

A Frase


A Frase



As más notícias vêm sempre com pezinhos de lã. No Governo uma contradição é uma "inconsistência problemática", dizer um disparate é ser "menos feliz", dispensar professores é um "ganho de eficiência" e cortar salários a funcionários públicos a mais é uma "requalificação" (depois de já ter sido "mobilidade especial", "excedentários" e "supranumerários"). Aliás, o Governo nunca derrapa no défice, ainda agora o que houve foram "razões extraordinárias" como o Banif, embora não haja nada de extraordinário em pelo menos 500 milhões da derrapagem.
Pedro Santos Guerreiro, Jornal de Negócios
- See more at: http://www0.rtp.pt/noticias/index.php#sthash.kelpXw8x.dpuf

A Frase



As más notícias vêm sempre com pezinhos de lã. No Governo uma contradição é uma "inconsistência problemática", dizer um disparate é ser "menos feliz", dispensar professores é um "ganho de eficiência" e cortar salários a funcionários públicos a mais é uma "requalificação" (depois de já ter sido "mobilidade especial", "excedentários" e "supranumerários"). Aliás, o Governo nunca derrapa no défice, ainda agora o que houve foram "razões extraordinárias" como o Banif, embora não haja nada de extraordinário em pelo menos 500 milhões da derrapagem.
Pedro Santos Guerreiro, Jornal de Negócios
- See more at: http://www0.rtp.pt/noticias/index.php#sthash.kelpXw8x.dpuf

A Frase



As más notícias vêm sempre com pezinhos de lã. No Governo uma contradição é uma "inconsistência problemática", dizer um disparate é ser "menos feliz", dispensar professores é um "ganho de eficiência" e cortar salários a funcionários públicos a mais é uma "requalificação" (depois de já ter sido "mobilidade especial", "excedentários" e "supranumerários"). Aliás, o Governo nunca derrapa no défice, ainda agora o que houve foram "razões extraordinárias" como o Banif, embora não haja nada de extraordinário em pelo menos 500 milhões da derrapagem.
Pedro Santos Guerreiro, Jornal de Negócios
- See more at: http://www0.rtp.pt/noticias/index.php#sthash.kelpXw8x.dpuf

A Frase


As más notícias vêm sempre com pezinhos de lã. No Governo uma contradição é uma "inconsistência problemática", dizer um disparate é ser "menos feliz", dispensar professores é um "ganho de eficiência" e cortar salários a funcionários públicos a mais é uma "requalificação" (depois de já ter sido "mobilidade especial", "excedentários" e "supranumerários"). Aliás, o Governo nunca derrapa no défice, ainda agora o que houve foram "razões extraordinárias" como o Banif, embora não haja nada de extraordinário em pelo menos 500 milhões da derrapagem.
Pedro Santos Guerreiro, Jornal de Negócios

A Frase

As más notícias vêm sempre com pezinhos de lã. No Governo uma contradição é uma "inconsistência problemática", dizer um disparate é ser "menos feliz", dispensar professores é um "ganho de eficiência" e cortar salários a funcionários públicos a mais é uma "requalificação" (depois de já ter sido "mobilidade especial", "excedentários" e "supranumerários"). Aliás, o Governo nunca derrapa no défice, ainda agora o que houve foram "razões extraordinárias" como o Banif, embora não haja nada de extraordinário em pelo menos 500 milhões da derrapagem.
Pedro Santos Guerreiro, Jornal de Negócios

A Frase

As más notícias vêm sempre com pezinhos de lã. No Governo uma contradição é uma "inconsistência problemática", dizer um disparate é ser "menos feliz", dispensar professores é um "ganho de eficiência" e cortar salários a funcionários públicos a mais é uma "requalificação" (depois de já ter sido "mobilidade especial", "excedentários" e "supranumerários"). Aliás, o Governo nunca derrapa no défice, ainda agora o que houve foram "razões extraordinárias" como o Banif, embora não haja nada de extraordinário em pelo menos 500 milhões da derrapagem.
Pedro Santos Guerreiro, Jornal de Negócios

A Frase

As más notícias vêm sempre com pezinhos de lã. No Governo uma contradição é uma "inconsistência problemática", dizer um disparate é ser "menos feliz", dispensar professores é um "ganho de eficiência" e cortar salários a funcionários públicos a mais é uma "requalificação" (depois de já ter sido "mobilidade especial", "excedentários" e "supranumerários"). Aliás, o Governo nunca derrapa no défice, ainda agora o que houve foram "razões extraordinárias" como o Banif, embora não haja nada de extraordinário em pelo menos 500 milhões da derrapagem.
Pedro Santos Guerreiro, Jornal de Negócios

A Frase

As más notícias vêm sempre com pezinhos de lã. No Governo uma contradição é uma "inconsistência problemática", dizer um disparate é ser "menos feliz", dispensar professores é um "ganho de eficiência" e cortar salários a funcionários públicos a mais é uma "requalificação" (depois de já ter sido "mobilidade especial", "excedentários" e "supranumerários"). Aliás, o Governo nunca derrapa no défice, ainda agora o que houve foram "razões extraordinárias" como o Banif, embora não haja nada de extraordinário em pelo menos 500 milhões da derrapagem.
Pedro Santos Guerreiro, Jornal de Negócios

A Frase

As más notícias vêm sempre com pezinhos de lã. No Governo uma contradição é uma "inconsistência problemática", dizer um disparate é ser "menos feliz", dispensar professores é um "ganho de eficiência" e cortar salários a funcionários públicos a mais é uma "requalificação" (depois de já ter sido "mobilidade especial", "excedentários" e "supranumerários"). Aliás, o Governo nunca derrapa no défice, ainda agora o que houve foram "razões extraordinárias" como o Banif, embora não haja nada de extraordinário em pelo menos 500 milhões da derrapagem.
Pedro Santos Guerreiro, Jornal de Negócios


As más notícias vêm sempre com pezinhos de lã. No Governo uma contradição é uma "inconsistência problemática", dizer um disparate é ser "menos feliz", dispensar professores é um "ganho de eficiência" e cortar salários a funcionários públicos a mais é uma "requalificação" (depois de já ter sido "mobilidade especial", "excedentários" e "supranumerários"). Aliás, o Governo nunca derrapa no défice, ainda agora o que houve foram "razões extraordinárias" como o Banif, embora não haja nada de extraordinário em pelo menos 500 milhões da derrapagem.
Pedro Santos Guerreiro, Jornal de Negócios

A ORDINEIRICE DO PALAVREADO DO PAULINHO



Clique a seguir   AQUI    e ouça as palavras do bardamerda, piolhoso, mentiroso que não sabe onde a moral e a honestidade vive. Estamos nós, os portugueses, sujeitos à governação por garotos oportunistas.