Translator

sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

"PORTUGAL ESMAGADO PELA PATA CHINESA"



Contrato de venda da Caixa Seguros à chinesa Fosun assinado esta manhã

O contrato de venda das seguradoras da Caixa Geral de Depósitos foi assinado esta manhã entre os responsáveis do grupo financeiro público português e os líderes da companhia chinesa Fonsun International, numa cerimónia realizada no Ministério das Finanças, em Lisboa.

Do lado do Governo português, destaque para as presenças do vice-primeiro-ministro Paulo Portas, do ministro dos Negócios Estrangeiros, Rui Machete, e da ministra das Finanças, Maria Luís Albuquerque, que realçou que esta operação constitui "mais um sucesso do programa de privatizações" em curso.
.
Pelo Grupo Caixa Geral de Depósitos (CGD), o presidente José de Matos apontou para os benefícios deste negócio para o banco público que, segundo o responsável, fica "mais forte com a venda dos seguros".
.
Já o presidente da Fosun, Guo Guangchang, garantiu o compromisso "estável e de longo prazo" da empresa chinesa com o ativo recém-adquirido.
.
Por seu turno, o embaixador da China em Portugal, Huang Songfu, mostrou-se satisfeito com o apoio político do executivo português à proposta da empresa chinesa, destacando "mais um grande investimento chinês em Portugal" que, no seu entender, vai reforçar ainda mais as relações bilaterais entre ambos os países.
.
Ficou assim formalizado o contrato de compra e venda de 80% do capital da Caixa Seguros, por mil milhões de euros, uma privatização que foi aprovada em janeiro.
.
Na corrida à privatização da Caixa Seguros estavam duas propostas concorrentes: uma apresentada pelos norte-americanos da Apollo Management International e a outra pelos chineses da Fosun International Limited, tendo sido esta última a vencedora.

Sem comentários:

Enviar um comentário