Translator

quinta-feira, 6 de março de 2014

O REGABOFE DA RAPAZIADA

COVILHÃ- DESVIO DE MAIS DE 714 MIL EUROS DA UE, AGORA O POVO PAGA?
proder desvio dinheiro ue
Sessão de esclarecimento PRODER.
 para distrair a audiência?
E que tal mais este esquema brilhante de ir ao pote dos contribuintes?
Pedem-se subsídios à UE ou ao estado, (isto é a gente a imaginar, que ninguém se ofenda, qualquer semelhança com a realidade, é pura coincidência)... depois utilizam-se, para comprar carros  e outros luxos pessoais, ou rechear contas offshore. Entretanto vem a fiscalização, descobre que nada do que estava planeado para aqueles subsídios está feito, portanto, exigem a devolução do subsidio... a quem? À câmara, claro, ao zé povinho...
.
- A Câmara da Covilhã foi notificada, em Fevereiro, para pagar 714 mil 801 euros ao Programa de Desenvolvimento Rural – PRODER por valores disponibilizados, e nunca aplicados, para a electrificação e beneficiação de caminhos agrícolas.
Vítor Pereira diz “que isto é um caso de polícia” dado que os valores, pedidos pelo anterior executivo, e antecipados pelo PRODER, foram “indevidamente recebidos”.
.
O Presidente da Câmara da Covilhã referiu que a autarquia recebeu dez ofícios a solicitar a devolução desse dinheiro ameaçando com execução fiscal caso a autarquia não devolva o montante em causa.(...)
.
Verbas que foram pagas em diferentes datas desde Março de 2012 até 28 de Agosto de 2013 “vejam bem, já em cima da campanha eleitoral” referiu o autarca, acrescentando que no documento consta que “o município da Covilhã formalizou a desistência da operação em assunto, que foi aceite pela autoridade da gestão do PRODER”.
.
Vítor Pereira denunciou que o anterior executivo não aplicou o dinheiro (714 mil 801 euros) na eletrificação e beneficiação de caminhos agrícolas, finalidade para o qual foi atribuído, “sabe-se lá para onde é que foi gasto, não sei onde foi gasto temos que descobrir onde foi gasto”. O presidente da Câmara da Covilhã sublinhou que a autarquia tem agora 30 dias para pagar os valores em causa, “sob pena de execução coerciva”. fonte
.
- MAS HÁ MAIS... Este caso difere um pouco. Neste a obra avançou mas o dinheiro não chegou a quem fez a obra, ficou no bolso de alguém?
.
A União de Freguesias de S. Pedro do Sul, Várzea e Baiões corre o risco de ter que devolver milhares de euros que a antiga junta de Várzea recebeu do PRODER (Programa de Desenvolvimento Regional) para fazer um caminho agrícola. O projeto foi executado mas a antiga autarquia não pagou a parte que lhe competia. Se não liquidar a verba em falta, a União das Freguesias pode agora ser obrigada a devolver em dobro o dinheiro que a ex-autarquia recebeu dos fundos comunitários para executar o projeto. A autarquia de S. Pedro do Sul reconhece o problema e garante que está a procurar uma solução (VFM). fonte
.
A nossa agricultura deveria estar no auge??

- Em 2013, PRODER pagou mais de 60 Milhões de euros, em média, por mês. O conjunto das medidas florestais disponíveis no PRODER já permitiu aprovar mais de 4.140 projetos e atribuir um apoio PRODER global de mais de 355 Milhões de euros, alavancando um investimento total de 595 Milhões de euros.
.
Globalmente, o PRODER já aprovou mais de 5.150 projetos de investimento na Agricultura e na Agroindústria, com um apoio global associado de cerca de 850 Milhões de euros, o qual viabiliza um investimento total superior a 2,7 mil Milhões de euros, que abrange, maioritariamente, os sectores da pecuária, hortofrutícolas, vinho e azeite. Veja mais dados, sobre esta fonte, que não pára de jorrar dinheiro, e que certamente não deve estar a ser investido onde deveria... fonte
.
- Somos grandes produtores agrícolas, ou pelo menos grandes consumidores de subsídios? 
Onde estão as hortas, os latifúndios? Os empreendedores?
Veja as listas dos subsídios aprovados, até cansa, neste link e neste, aceda ás listas.Mas não se assuste, porque a estas listas listas de subsídios da UE ainda temos que somar as 125 páginas, com mais de 10 mil subsidiados, pelo Instituto de Financiamento da Agricultura e Pescas, I. P. A nossa agricultura anda bem apoiada, e ninguém nota nada? Consulte aqui as listas...
 .
E não se enerve, pense apenas que está a contribuir, com os seus impostos, para subsidiar sabe Deus, quem.
Paulo Morais explica neste video como se distribui o dinheiro público pelos amigos, com amigos no parlamento. Ao minuto 4 refere mesmo o caso dos subsídios agrícolas.
.
- O regabofe é grande, o dinheiro anda perdido nas mãos dos maiores sacanas de Portugal. Ex-presidente da Associação das Pequenas e Médias Empresas (PME Portugal), Joaquim da Rocha Cunha, mais a esposa Lurdes Mota Campos e Paulo Lima Peixoto, acusados de desviar 8,7 milhões.  Desviaram 8,7 milhões de euros em fundos comunitários, sendo que deste valor, mais de um milhão foi enviado para 60 offshore, um deles localizado nas Caraíbas, conta o Jornal de Notícias.
.
De 11 milhões de euros dados por Bruxelas, no âmbito do Fundo Social Europeu, não foi justificado o gasto destes 8,7 milhões. (2008) fonte
.
Convido ainda, a conhecer a gestora do PRODER, e a sua forma economizadora e minimalista de se vestir... Para haver subsídios há que poupar na roupa.

ARTIGO COMPLETO: http://apodrecetuga.blogspot.com/2014/03/covilha-pede-subsidio-agricola-e-nao-o.html#ixzz2vFPDoVYn

Sem comentários:

Enviar um comentário