Translator

sexta-feira, 14 de março de 2014

"TÁ QUIETINHO OU LEVAS NO FOCINHO",


A Frase

As reacções do governo e dos seus apoiantes ao manifesto dos 70 pela reestruturação da dívida são interessantes naquilo que revelam de uma coisa viscosa instalada na sociedade portuguesa desde a ditadura - e que a democracia removeu parcial mas nunca completamente. É o "tá quietinho ou levas no focinho", um medo estrutural português que a crise económica veio agravar, como também agravou o despotismo, a arrogância, a prepotência dos pequenos poderes que se inspiram nos grandes: governo, troika, etc.
Ana Sá Lopes, i

Sem comentários:

Enviar um comentário