Translator

domingo, 13 de abril de 2014

"OS MIMOS DO SILVA À DECISÃO DO CHERNE"


Quem seria outra pessoa a não gabarolar o Durão Barroso sem ser o Silva de Boliqueime? O Durão é uma criação do Silva e de quando ele era um "bardamerda" de um comunista"

Cavaco: Durão Barroso "foi decisivo" para se ultrapassar crise do euro

Ana Petronilho
O Presidente da República disse hoje que é preciso "evitar" que a "disciplina orçamental" se "transforme, aos olhos dos cidadãos, em restrição que tudo absorve e condiciona". Isto porque essa disciplina orçamental é, afirmou Cavaco, "um meio, não um fim".
E Portugal, tal como outros países da zona euro, pode crescer e melhorar as condições de vida dos seus cidadãos apesar dessa disciplina, defendeu.
O Presidente da República diz que é preciso "escolher caminhos" para que se possa "maximizar - em termos de crescimento económico, de criação de emprego e de coesão social - o impacto do novo quadro de financiamento comunitário para o período 2014-2020".
Na abertura da conferência organizada pela Comissão Europeia na Gulbenkian, Cavaco pediu uma "análise rigorosa" dessas escolhas, mas também uma "renovada ambição ".
O Presidente aproveitou ainda a presença de Durão Barroso para agradecer ao presidente da Comissão pela "atenção que sempre prestou as problemas do país e a valiosa contribuição que deu para encontrar soluções, minorar custos, facilitar apoios e abrir oportunidades de desenvolvimento". E sublinhou que "foi decisivo" o contributo de Barroso para que "a Europa ultrapassasse a crise do euro".

Sem comentários:

Enviar um comentário