Translator

quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

As capas dos jornais e as principais notícias de Sexta-feira, 3 de Janeiro de 2014.



Capa do Correio da Manhã Correio da Manhã

Net e cabo são únicos a crescer no mercado publicitário
Criança rasga dinheiro guardado pelos pais
Dados privados de 4,6 milhões de utilizadores revelados na net
Descubra as palavras mais pesquisadas em 2013
Cheira mal em Lisboa
Berlusconi recorre de condenação por sexo com menor
Tinha cobra píton de quatro metros no carro

Capa do Público Público

Ano Novo, vida velha
A vida agendada
As freguesias de Lisboa e as outras: os acordos de execução
A urgência da construção de uma alternativa
Os direitos humanos e a educação inclusiva
A UE e a escalada contra os imigrantes
Não é só mudar de ano

Capa do Diário de Notícias Diário de Notícias

Pareceres com nada
Foram procurar sorrisos em jornais
Que palavra sucede a entroikado?
PSP omite apoio da GNR em detenção de traficante
Ministério retém dinheiro da prova suspensa por tribunais
Criança que conduzia viatura dos pais morre em acidente
Encomendas suspensas devido a excesso de procura

Capa do Jornal de Notícias Jornal de Notícias

Criança de 13 anos morre a conduzir viatura dos pais
Cortes nas pensões a partir de mil euros
Dois mortos em prisão brasileira vigiada pela polícia
Maya Gabeira surfou pela primeira vez desde acidente na Nazaré
Daniela Ruah protege o filho
Portugueses jogaram 203 mil euros por hora no ano passado
Quadro milionário de Josefa d'Óbidos destruído por incúria

Capa do i i

BE: Governo contorna "de forma grotesca" chumbo e cria novo imposto
Papa Francisco atrai quase três vezes mais fiéis ao Vaticano que Bento XVI
Descoberta molécula que protege o cérebro da dependência de canábis
Cristiano Ronaldo: "Só me falta ser campeão pelo Sporting"
Gémeos nascem em anos diferentes
"A gaiola dourada" e "7 pecados rurais" os filmes mais vistos de 2013
Dono das lojas Zara continua a ser o mais rico na Europa

Capa do Diário Económico Diário Económico

O plano B não tem impostos. Ainda bem
O caminho perigoso mas certo de Cavaco Silva
Empresários mais optimistas sobre o futuro
Governo vai alargar CES às pensões a partir de mil euros
Empresários optimistas criam emprego em 2014
Trabalhadores têm até segunda para escolher duodécimos
Constitucional deu razão a 71% das fiscalizações pedidas por Cavaco

Capa do Jornal Negócios Jornal Negócios

Como o eduquês agrava a desigualdade
Lixo
Ainda não estamos safos, sr. Presidente
O processo de Olli Rehn, segundo Kafka
Desempregados sem subsídio vão poder fazer "trabalho social" por 419 euros
Constitucional recebe pedidos da oposição até meados de Janeiro
Apetite pelo risco coloca regresso aos mercados nas mãos de Portugal

Capa do Oje Oje

Empresas de TI estimam "uma ligeira retoma" dos negócios em 2014
7 previsões para 2014 no universo dos dados
RE/MAX põe em saldo 3.200 imóveis
Coviran inaugura três supermercados no Algarve
SNCF compram 30 comboios elétricos à Bombardier por 277 milhões
Brasil aposta na mobilidade inteligente
Acerinox voltará a permitir escolher como receber dividendos de 2014

Capa do Destak Destak

Detido homem suspeito de homicídio de um padre católico na Califórnia
Apenas 17% das empresas japonesas vão aumentar salários como pede o Governo
Incêndio em Tóquio paralisa comboios de alta velocidade durante horas
Passageiros do navio russo rumam à Tasmânia após resgate recente na Antártida
Polícia abre fogo contra manifestantes no Camboja -- AFP
Lista de opositores que viajaram para o estrangeiro abre polémica na Venezuela
Sondagem diz que 77% dos eleitores do Bangladesh se opõem ao escrutínio

Capa do A Bola A Bola

Rio Ave /Paços de Ferreira: Rúben Ribeiro e Del Valle já ‘trocaram’ de clubes
Danilo Dias não vai renovar
Pizzi e Luís Martins podem voltar em janeiro
Deyverson e André Teixeira ‘devolvidos’ ao Restelo
«Fucile está preparado para cumprir contrato», diz empresário do uruguaio
Catania lidera corrida por Fabián Rinaudo
«Agradeço ao Inter por me ter tirado do FC Porto» - Rolando

Capa do Record Record

Contingente lusitano no pódio
Ações leoninas em alta
Mão-cheia de Magique
Marselha quer Alvaro Pereira
Nuno Farinha
Lewandowski perto do Bayern
3 de janeiro

Capa do O Jogo O Jogo

Maya Gabeira voltou ao mar
Campeonato terá play off em 2014/15
Nelson Évora de novo operado
David Luiz nos planos de Guardiola
Portugal só com uma equipa na Taça EHF
Messi regressa aos treinos no Barcelona
Nadal nas meias-finais do Catar

"ANTÓNIO VERÍSSIMO TECLOU"

O PAPEL HIGIÉNICO DE CAVACO SILVA E DO SEU GOVERNO

 

António Veríssimo
 
“O Presidente da República não enviou o Orçamento do Estado para 2014 (OE2014) para o Tribunal Constitucional, porque os pareceres que solicitou "não apontam para a inconstitucionalidade das normas orçamentais", disse à Lusa fonte oficial de Belém.”
 
Só é cego quem não quer ver apesar de ter os dois olhos funcionais ou, simplesmente, só não vê quem não quer. É o caso de Cavaco Silva enquanto PR relativamente ao Orçamento de Estado para este ano que, indubitávelmente, está repleto de inconstitucionalidades. Mas não. Cavaco e os seus "pareceres" nada vêem de inconstitucional. Talvez porque a Constituição para Cavaco e para o seu governo com Passos e Portas, a Troika e o poder financeiro não passa de papel higiénico. E isto apesar de quer Cavaco quer os do governo terem jurado cumprir e fazer cumprir a Constituição da República Portuguesa.
 
Não podemos estar surpreendidos com esta repetida atitude de Cavaco Silva. Afinal é aquilo que vem fazendo ao longo desta sua notória proteção e cumplicidade com o seu governo. Nem se devia ter feito o alarde que se fez por Cavaco, enquanto PR, ter praticamente ignorado o fundamental da questão OE2014 quando ontem entrou pela casa dentro dos portugueses, via TVs, naquilo que já enfastia mas a que dão o título de mensagem de ano novo. Qual ano novo? Ano novo para quem, se Cavaco não desiste de ser uma múmia retrógada e estática que atualmente já ocupa Belém contra a vontade da maioria dos portugueses?
 
Cavaco, PR de alguns - de muito poucos -, exala pelos poros o revanchismo que tão bem lhe conhecemos. O cinismo que é revelado e que sistematicamente por ele escorre como leite fervente das natas de um reacionarismo tão ao jeito da direita adotante de um moderno e “democrático” salazarismo a que agora deram em chamar neoliberalismo. Quase podemos dizer que aquilo que Cavaco e o seu governo estão a levar a cabo é um golpe de estado que pretende repor uma ditadura mascarada de democracia. Só assim se entende que Cavaco considere não existirem inconstitucionalidades. Sabemos que Cavaco é uma figura saudosa do 24 de Abril e que entre a Constituição e o papel higiénico – para ele e para os do seu governo – não existe diferença, para além da aspereza da qualidade do papel.
 

"OS MAUS MALANDROS"



"AS MARTELADAS DE PASSOS COELHO"

A Frase

Nos países em que a comunicação social cumpre o seu papel de escrutínio já haveria um escândalo público se um primeiro-ministro apresentasse números martelados para justificar a sua interpretação ficcional da realidade. Passos Coelho revela-se, aliás, um fiel seguidor de Sócrates, que fazia a mesma coisa.
José Pacheco Pereira, Sábado

"PARA ANIMAR O PAGODE"



 NUM CAFÉ CATÓLICO EM ROMA

Quatro homens e uma mulher, católicos, estavam tomando café na Praça de São Pedro...

O primeiro homem falou...
- Meu filho é Padre e, quando entra num recinto,  tratam-no de "Padre".
O segundo homem afirmou...
- Meu filho é Bispo e, quando entra num recinto,  tratam-no de "Sua Graça".
O terceiro homem disse...
- Meu filho é Cardeal e, quando entra num recinto, todos inclinam a cabeça e o tratam-no de "Sua Eminência".
O quarto homem disse orgulhosamente...
- Meu filho é o Papa e, quando entra num recinto,  tratam-no de "Sua Santidade".
Como a única mulher estava saboreando o café em silêncio, os quatro homens dirigiram-lhe um subtil...
- Então...?
Ela orgulhosamente respondeu...
- Eu tenho uma filha alta e elegante, busto 40, 24 polegadas de cintura, 34 polegadas de quadris...
http://i298.photobucket.com/albums/mm258/Claudiu_2008/12%20Claudiu/image017-4.jpg
- "Quando ela entra num recinto todos exclamam:
" Oh! Meu Deus !!! "