Translator

quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

As capas dos jornais e as principais notícias de Sexta-feira, 31 de Janeiro de 2014


Capa do Correio da Manhã Correio da Manhã

Jogadores recusam-se a jogar por salários em atraso
Lucro da Google cresce para 9,5 mil milhões
Amanda Knox condenada a 28 anos de prisão
Mulher morre com cabelo preso em escada rolante
Madonna e Miley Cyrus fazem dueto
Pena de morte para bombista de Boston
Juiz francês nega regresso de família cigana

Capa do Público Público

Selma Uamusse traz até nós o espírito de Nina Simone
Despedimentos, critérios e suspeitas
Liderança, supermulheres, mitos e contraditórios
Advogados corajosos e sem fins lucrativos
As freguesias e os desafios do futuro
Cartas à Directora
Soares Carneiro

Capa do Diário de Notícias Diário de Notícias

Pais de vítimas do Meco recebem e-mails sobre praxes
O narcotráfico da direita
Satisfação dos utentes vai premiar centros de saúde
Um falso estúpido e mau
Crato recusa assumir que mortes no Meco sejam consequência de praxe
Jovens detidos pela GNR com mais de 30 peças furtadas
Mergulhadores resgatam condutor que caiu ao Mondego

Capa do Jornal de Notícias Jornal de Notícias

Demissões no governo Dinamarca por entrada da Goldman Sachs em elétrica estatal
Obama nomeia vice-almirante Michael Rogers para dirigir a NSA
Nove em cada dez taxistas enganam o Fisco
Peritos do Governo querem baixar portagens nas ex-scut
Sul-coreana ganha a vida a comer "online"
Um ferido grave e um ligeiro em colisão frontal na Ponte do Infante
Menina de dois anos resgatada dos escombros em Allepo

Capa do i i

CDS um passo à frente do PSD na reposição dos feriados
Instituições que lidam com crianças já são obrigadas a pedir registos criminais
Cruz de Malta. Protecção Civil sem data para decidir futuro de bombeiros ilegais há 11 anos
Passos e Portas. Complementam-se ou evitam o confronto?
Estaleiros. Inquérito deve apurar actuação do governo junto da Comissão Europeia
Freitas do Amaral acha natural e saudável cartão amarelo ao governo nas europeias
BE lembra mortes nas praxes para exigir mais acção às universidades

Capa do Diário Económico Diário Económico

Ulrich quer voltar a ser 100% privado
Contra o apetite pelos despedimentos
O homem que salvou os EUA, para já
Segundo grupo chinês entra na corrida à privatização da EGF
BPI reduz lucro mas prepara reembolso de 500 milhões ao Estado
O adeus ao homem que inundou os mercados de dólares
Yellen tem de retirar estímulos sem comprometer retoma

Capa do Jornal Negócios Jornal Negócios

Investidores têm até hoje para ganhar vantagem no rateio da ES Saúde
Geração praxada nação lixada
Apreciar Brueghel para gerir melhor
O saber não ocupa lugar, mas custa
Construção espera que Governo não se fique pelas 30 prioridades
Lisboa brilha numa Europa abalada pelos emergentes
As contas trocadas de António Costa

Capa do Oje Oje

Lenovo compra Motorola Mobility à Google
H&M fecha ano a ganhar mais 2%
Ericsson duplica ganhos anuais
Toshiba perde 28,9% com impostos e área de energia e infraestruturas
Investidores regressam às ações dos EUA e deixam moedas periféricas em risco
Euronext com crescimento em índices e novas admissões de ETF
Crescimento económico suporta ações americanas e europeias

Capa do Destak Destak

Aumentam para 53 os mortos em combate entre rebeldes e soldados nas Filipinas
Cerca de 1.400 pessoas processam três fabricantes de componentes de Fukushima
José Cesário quer maior aproximação entre Portugal e o Canadá
EUA acusam CELAC de "trair" princípios democráticos com apoio a Cuba
Peru entrega 144.000 dólares em indemnizações a vítimas de terrorismo
Cabo Verde e São Tomé e Príncipe premiados pela luta contra a malária
Representante de Shikabala diz que transferência para o Sporting "está em risco"

Capa do A Bola A Bola

Estudantes vencem concorrência do Sporting por Elton Monteiro
Kritciuk tratado em Braga
Freire entre o Nacional e o Brasil
Shikabala chega esta sexta-feira a Lisboa
Man. City pensa em Cardozo
Nikola Ninkovic (Partizan), pura magia sérvia
Balotelli fiel ao Milan

Capa do Record Record

Moreno pronto-socorro
Portugal favorito no cimento esloveno
Rudy quase certo
Saída de Ghilas recusada
Tudo ou nada para André Gomes
Luiz Carlos só sai pela cláusula
Fernando tem acordo com o City

Capa do O Jogo O Jogo

O negócio que agita Inglaterra
Luiz Phellype regressa ao Estoril
União contrata alemão e espanhol
"Não há problema nenhum"
Newcastle tenta Djuricic
A fantástica defesa de Lloris
Pimenta no ataque aveirense

"VOLTAR ATRÁS, VER E OUVIR AQUILO QUE NESTE POBRE PAÍS SE PASSA"


  Site - RTP1...Viram ? EU VI, NÃO VISTE? VÊ AGORA......................
 
  Quanta coragem a deste homem....
E.... o que mudou???!!!...

Por favor, passem, repassem......
Vamos todos ter CORAGEM e tentar inverter as coisas!!!

Extracto do Prós e Contras de 2ª feira.
A Fátima nem se atreve a interrompe-lo…

Filme sobre o Parque Nacional da Gorongosa estreia na TVM (Televisão de Moçambique)


Se está em Moçambique no Domingo, 2 de Fevereiro, às 19 horas, não perca a oportunidade de ver na TVM a estreia mundial em televisão do filme O Guia, uma comovente e inspiradora história verídica, filmada no Parque Nacional da Gorongosa.

"POR BANGUECOQUE A VIDA DA CIDADE SEGUE IGUAL"


Vários países emitiram avisos de viagem para a Tailândia após os recentes incidentes em meio de protestos, políticos, prolongados. No entanto, a maioria dos turistas, diz que se sente perfeitamente seguros durante suas estadia na Tailândia. 

Uma das ruas principais de Banguecoque pela noite.
Não somos nós que os dizemos, mas os turistas!


Clique a seguir para o video
http://www.bangkokpost.com/multimedia/vdo/thailand/392375/tourists-bangkok-is-safe

RELATÓRIO de Nopnan Ariyawongmanee. Vídeo por: Pattanapong Hirunard - Bangkok Post
     Publicado em: 30 janeiro, 2014
     Total de visualizações: 2567

Carta



A renegociação da dívida pública é inadiável. Como se reclama na petição Pobreza Não Paga a Dívida, Renegociação Já, de que somos signatários com mais de seis mil outros cidadãos e cidadãs, é urgente desencadear um processo de renegociação da dívida pública que defenda o interesse nacional e trave o processo de regressão económica e social atualmente em curso. 

O resto da carta que Eugénia Pires, Isabel Castro, José Castro Caldas, Luísa Teotónio Pereira e Manuel Martins Guerreiro da IAC escreveram aos deputados pode e deve ser lido no Público. A petição chegou ao Parlamento. Agora é a vez dos deputados. Estejam atentos.
No comments :

"SEM PONTA DE DÚVIDA ROUBADOS..."

.
Os dois "bardamerdas" Passos/Paulinho (aliás para nós o Paulinho Bardamerda) para impressionar o pagode (o deles), após tomar as rédeas do poder,  roubaram feriados aos portugueses e aqueles já listados, em Portugal e respeitados por consecutivos Governos. Dois "bardamerdas" que na vida deles, porque nunca vergaram a mola, todos os dias foram feriados.


Pedro Benevides/Pedro Ribeiro/Vanessa Brízido

O PCP apresentou um projecto de lei que foi muito contestado por causa do nome. O projecto incluía a expressão "feriados roubados", e os comunistas concordaram em mudar o título.

COPA DO MUNDO NO BRASIL E OS DA PESADA!




"E NINGUÉM LHE DÁ UMAS BORDOADAS NO COSTELADO!!!..."

E aturamos um pulha/crápula/execrável na televisão pública!
Cada um faz o que sabe fazer......e ele sabe fazer isto bem.
Assunto: SÓCRATES NA "OCTAPHARMA"! - Ninguém pára o vigarista!

O anterior líder do Partido Socialista arranjou novo tacho numa empresa francesa, com sede na Suíça, envolvida nos negócios escuros do “Mensalão”, tendo lesado o Estado brasileiro em 800 milhões de euros. 
.
Em Portugal, durante o consulado de Sócrates, ganhou milhões em ajustes directos, ou seja, sem concursos públicos, à margem da lei detectados pelo Tribunal de Contas, um órgão que se tem mostrado impotente para processar as tropelias cometidas pelos titulares dos órgãos de soberania e empresas públicas…

José Sócrates, parece continuar em “boas companhias”. Depois de desmontada a sua vida de luxo em Paris (França), incompatível com os rendimentos que declarou ao Fisco, foi apanhado outra vez numa situação nebulosa.

Regressado ao trabalho em Janeiro último, depois de ter frequentado uma universidade da capital francesa, José Sócrates é agora presidente do Conselho Consultivo para a América Latina da Octapharma, uma multinacional francesa, sedeada na Suíça, com filiais em 37 países, incluindo Portugal. A empresa farmacêutica esteve envolvida num caso de corrupção, no Brasil, que ficou conhecido como a “Máfia dos Vampiros”.

NEGÓCIOS COM SANGUE HUMANO

Esta “máfia” esteve envolvida num esquema em que várias empresas de produtos derivados de sangue humano foram consideradas suspeitas de actuar em cartel, cobrando preços muito acima dos valores reais de mercado, o que originou o desvio de 800 milhões de euros dos cofres públicos.

A “Máfia dos Vampiros”, que envolvia altos funcionários do Ministério da Saúde brasileiro, deputados e o tesoureiro dos Partido dos Trabalhadores (PT) – Delúbio Soares, já condenado -, era uma das componentes do escândalo do “Mensalão”, um mediático caso de financiamento do partido de Lula da Silva, o ex-Presidente do Brasil que, no entanto, sempre negou ter conhecimento das tramóias dos seus camaradas.

Descoberto em 2004, o esquema escandalizou a sociedade brasileira, e o Ministério Público proibiu mesmo qualquer negócio entre as empresas envolvidas e os poderes públicos, no âmbito da investigação de um processo complexo que, ainda hoje, decorre nos tribunais, mas ainda sem fim à vista.

AJUSTES DIRECTOS LEONINOS

Curiosamente, por cá, a Octopharma facturou, por ajuste directo, cerca de seis milhões de euros a hospitais públicos portugueses na altura em que Sócrates foi primeiro-ministro. Entre 2005 e 2011,o Hospital Curry Cabral e os centros hospitalares de Setúbal e Coimbra foram os principais clientes da multinacional Suíça, com aquisições de plasma do sangue e derivados. 
.
O Portal da Despesa Pública que contem registos de todas as aquisições efectuadas pelas entidades afectas ao Estado, revela que a Octapharma realizou os maiores volumes de negócios com o Estado em 2010 e 2011: 1,01 milhões de euros e 1,9 milhões, respectivamente. 
.
Antes desses anos que culminaram a governação socialista, a facturação era bastante mais diminuta: mais de 595 mil euros em 2009, pouco mais de 35 mil euros em 2008 e um total de 2,4 milhões de euros registados como «sem data de contrato «e que dirá respeito ao período entre 2005 e 2007.O Tribunal de Contas investigou o fornecimento de plasma da Octapharma ao centro hospitalar de Setúbal. 
.
Em causa está um conjunto de ajustes directos, só no ano de 2009, no valor de mais de um milhão e meio de euros, tendo «furado» os procedimentos legais previstos na lei portuguesa que prevêem que apenas os contractos superiores a 350 mil euros devam ser remetidos para fiscalização prévia do Tribunal de Contas, o que em nenhum dos casos aconteceu. 
.
O curioso, é que apesar de recriminar e apurar os excessos cometidos pelos titulares de cargos públicos, desconhecem-se as posteriores tramitações desencadeadas pelo tribunal de Contas no sentido de penalizar os excessos cometidos pelos titulares de cargos públicos. 
.
Ou seja, é uma espécie de máscara judicial criada como pilar da democracia…para enganar o povão, pois as suas denúncias não têm quaisquer efeitos práticos em termos judiciais…ou pelo menos, os processos arrastam-se durante anos e os prevaricadores ficam impunes.

A viver um período sabático no meio do maior dos luxos em Paris, Sócrates parece ter sido agora premiado pelos seus bons ofícios na intermediação nos fabulosos lucros obtidos em Portugal pela multinacional suíça farmacêutica, um caso que deveria ser alvo de uma investigação por parte da procuradoria Geral da República, agora em tempo de mudança desde que começou a «limpeza» geral de gente até então afecta ao PS e que muito silenciava e protegia as golpadas que caracterizaram o «consulado» de Sócrates, como foi o caso do processo do sucateiro de Aveiro, «amigo de peito» de Armando Vara ou mesmo de gente quer ficou intocável no escândalo Caso Pia, que «inocentou» figuras e figurões do partido da rosa.

Parque Nacional da Gorongosa na TV Francesa



Sexta-feira, 31 de Janeiro, às 20h 45m, na France 3: Faut pas rêver au Mozambique!
No Parque Nacional da Gorongosa, no centro de Moçambique, a fauna bravia tem vindo a renascer graças à determinação de uma grande equipa! 

Gorongosa - Faut pas rêver au Mozambique (Trailer)

" GORGULHOS DA NAÇÃO!


O CDS, O BES E O ESCÂNDALO PORTUCALE... ELES ABSOLVIDOS, NÓS ROUBADOS

Se este caso é público...
Se todos sabemos que a ausência de culpados na prisão, se deve quase sempre à falta de justiça, e não à falta de crimes e provas.
Se todos sabemos que nem é a primeira vez nem terá sido a segunda...
Posto isto... Devemos deduzir que os jovens, os jotinhas, aderem a determinados partidos, para fazerem carreira, são portanto aspirantes a criminosos? Ansiosos por pertencer ao gang e começar a sua longa carreira de rapinagem? E não há mínimos de vergonha ou censura que envergonhe esta gente de aspirar a ser ladrão de Portugal?? 

2012.04.12 - Fim do julgamento com a leitura do acórdão. Todos os 11 arguidos pronunciados foram absolvidos.

Pouco depois do abate de milhares de sobreiros protegidos, começaram a entrar notas de 10 mil dólares nas contas de um partido, vindos de beneméritos anónimos, fictícios? Afirma Marinho Pinto no video em baixo!!

.
Portucale a urbanizar em Reserva Ecológica Nacional, permitindo assim o abate de 2600 sobreiros. A construção seria feita na Herdade da Vargem Fresca, zona de Benavente, em antiga propriedade da Companhia das Lezírias que aquela empresa adquiriu em 1993.
.
Este caso prende-se com um despacho assinado por Luís Nobre Guedes, Carlos Costa Neves e Telmo Correia dias antes das eleições legislativas de 2005 e que permitiu à Portucale, empresa do GrupoEspíritoSanto, abater mais de dois mil sobreiros na Herdade da Vargem Fresca, em Benavente, com vista ao arranque de um projecto turístico-imobiliário. .
Fevereiro de 2005. Poucos dias depois das eleições legislativas que deram a vitória a José Sócrates sobre Pedro Santana Lopes, o governo de gestão PSD-CDS, já em fase de passar o testemunho, profere um polémico despacho autorizando o abate de 2600 sobreiros protegidos por lei. 
.
O documento foi assinado por três ministros: Luís Nobre Guedes e Telmo Correia, do CDS-PP, e Costa Neves, do PSD, que tutelavam respectivamente as pastas do Ambiente, do Turismo e da Agricultura. Publicado a 8 de Março em Diário da República, o despacho viabilizou um empreendimento em Benavente chamado Herdade da Vargem Fresca, propriedade da Portucale, uma empresa do Grupo Espírito Santo (GES).
O caso viria a público em Maio de 2005. Nobre Guedes e Abel Pinheiro, empresário e dirigente do CDS-PP, são constituídos arguidos por tráfico de influências. Telmo Correia e Costa Neves beneficiam então da imunidade parlamentar. .
A investigação é liderada pela mesma dupla do caso Moderna - o procurador Rosário Teixeira e o investigador da Polícia Judiciária Gonçalves Pica. Envolvendo muitas escutas telefónicas, à medida que o processo avança são revelados financiamentos menos claros no interior do CDS, levantando suspeitas acerca de promiscuidade entre poder político e económico. 
Numa das escutas a Abel Pinheiro pouco depois da aprovação do diploma, o ex-responsável pelas Finanças do CDS terá sido apanhado a dizer a Vítor Neves, administrador do GES: "Fazendo as contas, nós metemos na mão da sua gente mais de 400 milhões de euros nas últimas três semanas." .
Inicialmente datado de 16 de Fevereiro (antes das eleições), o "Expresso" viria a noticiar que o despacho já tinha sido assinado na semana a seguir à derrota do PSD e que a data original teria sido falseada. Esta autorização, dada nos últimos dias de governação, foi decisiva para que avançasse um projecto imobiliário que já se arrastava desde 1996, devido à recusa do ministro da Agricultura à data, Gomes da Silva, de autorizar o abate dos sobreiros.
. A lei é clara quanto ao corte de árvores como sobreiros ou azinheiras. O abate só pode ser autorizado para dar lugar a projectos de imprescindível utilidade pública, como hospitais, auto-estradas e barragens, ou projectos agrícolas de grande interesse para a economia nacional. 
.
No despacho assinado pelos três ministros pode ler-se que o empreendimento turístico da Portucale era de "imprescindível interesse público", invocando um parecer do Instituto da Conservação da Natureza (ICN) que, veio a saber-se, não existia. "O ICN não fez nenhum parecer sobre este assunto", disse ainda em Maio ao "Público" o presidente do instituto, João Menezes. 
.
Depois de 900 sobreiros abatidos, o corte das árvores acabaria por ser suspenso devido a uma providência cautelar da Quercus e por ordem de Jaime Silva, ministro da Agricultura do governo de José Sócrates, sendo revogado o despacho acerca da utilidade pública do empreendimento. . A Portucale é hoje uma empresa do Grupo Espírito Santo (GES), integrada na Holding Espírito Santo Resources, da área não financeira. A sua constituição, em 1990, resultou da junção de capital (maioritário) da Companhia das Lezírias (CL) com o GES. A entrada de capital da CL foi feita através da cedência de terrenos, a preço de terrenos agrícolas , com o espaço da Vargem Fresca. Em 1993, a Portucale fez um aumento de capital, movimento que a CL não acompanhou, por entender que a empresa se desviara do propósito inicial agrícola. O GES ficou maioritário e a CL acabou por lhe vender o resto. O negócio suscitou dúvidas à Inspecção-Geral de Finanças e, com base no seu relatório, o ministro da Agricultura Gomes da Silva demitiu a administração da CL.
.
Já em 1995, o ministro da Agricultura de Cavaco, Duarte Silva, tinha dado luz verde ao projecto na véspera de sair do Governo. Gomes da Silva, seu sucessor, conseguiu travar o abate dos sobreiros. FONTE  . Arguidos
Abel Pinheiro - ex-dirigente do CDS-PP e administrador do Grupo Grão-Pará
António Ferreira Gonçalves - chefe do núcleo florestal do Ribatejo
António Sousa de Macedo - responsável máximo da Direcção-Geral dos Recursos Florestais
Carlos Calvário - administrador de empresa Multiger
José Manuel Santos - administrador da empresa Espart
Luís Horta e Costa - administrador da empresa Escom
Manuel Rebelo - director da Circunscrição Florestal do Sul
Luís Nobre Guedes - ministro do Ambiente e do Ordenamento do Território do XVI Governo Constitucional
João Carvalho - funcionário do CDS
Teresa Godinho - funcionária do CDS
Eunice Tinta - funcionária do CDS
José António Valadas - funcionário do CDS

O texto em cima, é apenas parte de um imenso artigo do site Tretas.org, as fontes e o desenvolvimento deste artigo estão nos links que se seguem:
  1. Caso Portucale (Um diário completo)
  2. Pessoas Envolvidas
  3. Organizações Envolvidas
  4. Pronunciados
  5. Cronologia
  6. Artigos

MARINHO PINTO CRITICA O POVO QUE ELEGE CONDENADOS E EXPLICA A VERGONHOSA IMPUNIDADE DO CASO PORTUCALE

.Para o video clique em baixo
ARTIGO COMPLETO: http://apodrecetuga.blogspot.com/#ixzz2rsoqg8F0

O GOVERNO EXPLICADO

Vídeo em desenho animado, a não perder. Atenção aos últimos dois minutos...
Tempo de visualização: 9:28 minutos.


A BARRACA DO VITOR PEREIRA NA ARÁBIA SAUDITA


A GARRAFEIRA DE ANTONIO LOBO ANTUNES



"Perguntam-me muitas vezes por que motivo nunca falo do governo nestas crónicas e a pergunta surpreende-me sempre. Qual Governo? É que não existe governo nenhum. Existe um bando de meninos, a quem os pais vestiram casaco como para um baptizado ou um casamento.
Existe um Aguiar Branco e um Poiares Maduro. Porque não juntar-lhes um Colares Tinto ou um Mateus Rosé? É que tenho a impressão de estar num jogo de índios e menos vinho não lhes fazia mal".
António Lobo Antunes
 Este nem lateiro foi!!!