Translator

segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

A LAURINDINHA SEMPRE FOI ISTO!!!...


As capas dos jornais e as principais notícias de Terça-feira, 11 de Fevereiro de 2014.



Capa do Correio da Manhã Correio da Manhã

Surf com novas regas
Pedro Nunes: “Não tenho motivo para deixar o cargo”
Chineses com vistos Gold investem milhões em Portugal
Exposição de animais exóticos no Visiunarium
Detido segundo recluso evadido da prisão
Ninfomaníaca: sim, o sexo é explícito!
Bill Gates terá investido na Prosegur

Capa do Público Público

Um bom copo de água
A agonia do Libération
O erro de proibir
"Caso Miró": pior do que o pintam
O aprendiz de Maquiavel em dez lições
O “coelho” judicial da cartola do PS
A praxe guilhotina a Universidade

Capa do Diário de Notícias Diário de Notícias

Lisboa é a melhor cidade para se viver, visitar e investir
"Indispensável" estudar impacte de construção nova
Computador da secretária do "dux" já está na PJ
Ministra da Justiça quer juízes a gerir os seus ordenados
A Europa prometeu-nos o paraíso. Lembra-se?
Dois feridos graves em colisão de veículo com uma vaca
Professora condenada a 13 anos por matar o filho bebé

Capa do Jornal de Notícias Jornal de Notícias

Despiste de camião fez dois feridos em Viseu
Reguengo do Alviela isolada após subida das águas na bacia do Tejo
Fazer ataques informáticos a telemóveis até parece fácil
Braga cria 664 empresas/ano e já é a terceira cidade do país
Burlas online começam por erro humano
Pais denunciam bolas de fogo e masturbação em salas de aula
Caminhar entre dois balões a 800 metros de altura

Capa do i i

Ranking de "city branding". Lisboa lidera e o resto é paisagem
Guiné Equatorial injecta 133,5 milhões no Banif
PSD. António Capucho expulso hoje do partido
Ministério vai incluir dados de mortalidade na comparação de hospitais
João Oliveira. “Este governo só se manteve em funções porque o PS lhe deu a mão”
Seguro quer tribunal especial para investidores ricos
Dois meses após incidente com voo de Bissau ainda ninguém foi responsabilizado

Capa do Diário Económico Diário Económico

Grandes fundos mundiais asseguram sucesso da emissão a 10 anos
Julgamento do BPP arranca amanhã com 400 testemunhas
Facturas de portagem fora do concurso
‘Spreads’ e o reforço da confiança
O queijo suíço
Alerta vermelho para a Europa livre
Banca já começou a cortar os spreads do crédito à habitação

Capa do Jornal Negócios Jornal Negócios

Comissão de Protecção de Dados disponibiliza aplicação para proteger computadores
Maiores cidades são as que têm uma marca mais valiosa e Lisboa lidera ranking português
Claro que não somos a Irlanda
Eficiência e puro-sangue
Japão: As espingardas e a aliança com os EUA
O futuro sem passado
Violência regressa ao Rio de Janeiro em protestos contra aumentos nos transportes

Capa do Oje Oje

Nissan cresce com América do Norte e Japão
Quantum Endowment lucra mais de 4 mil milhões em 2013
Lenovo entra na Nigéria numa aposta em África
Vodafone iguala oferta da Liberty Global pela Ono
Escola de Negócios de Leiria oferece 20 cursos e aposta em novas parcerias
Gestão e desporto: competências, comportamentos e lições
Universidade Católica Portuguesa distingue Arménio Miranda

Capa do Destak Destak

Condenado a 26 anos de prisão por lançar mulher de 15.º andar na Austrália
Jihadistas afirmam ter sequestrado equipa da Cruz Vermelha no Mali -- AFP
Sentenciado a 30 anos de prisão mexicano acusado da morte de agente fronteiriço
A maior extinção da vida animal aconteceu num período de 60.000 anos - estudo
Ministros da China e Taiwan reunem em Nanjing, pela primeira vez em mais de 60 anos
Galp perde para EDP liderança em número de clientes no mercado livre de gás - ERSE
Centenas de tibetanos pediram libertação de monge doente detido em dezembro

Capa do A Bola A Bola

Colete e capacete para levar à Luz?
Jesus confirma três estreias
Cobertura pronta a ir a jogo
«Ser reconhecido não é obsessão» - Mangala
João Sousa perde na primeira ronda em Buenos Aires
«Destruímos o Arsenal» - Gerrard
«Somos a equipa mais prejudicada de todo o campeonato» - José Eduardo Simões

Capa do Record Record

Volta a artilharia
Ederson fez por merecer o final da rotatividade
Laranja mecânica domina velocidade
Couceiro obrigado a mexer
Já são 9 pontos perdidos no fim
Rui Vitória afina defesa em treino com equipa B
Portugal Open sem apoio do Turismo

Capa do O Jogo O Jogo

"A Académica é a equipa mais prejudicada do campeonato"
"Nunca vi Wenger tão furioso"
"Atacar os jogadores não é solução"
Atlético de Bilbau empata no terreno do Celta
"Balotelli? Gostaria de conversar com ele"
"Marcámos mas não quiseram que fosse golo"
O resumo do Académica-Estoril

Mais um passo para a abjecção

A sociedade portuguesa avançou um novo passo para a abjecção. 
.
Nunca pensei em ser polícia. Agora, o governo quer fazer de mim um polícia (ainda por cima à paisana) e também um denunciante.
.
O processo não é complicado. Quem pedir sempre a factura a quem lhe vende um café, um bife ou um casaco, chega ao fim do ano com um molho de bilhetes de lotaria para o sorteio de um carro “topo de gama”, que o governo oferece ao “bom cidadão”. 
.
Isto permite ao ministério das Finanças comparar o volume de negócios declarado de qualquer restaurante ou de qualquer loja com a documentação que lhe entregou a classe média à procura de um Audi ou de um Mercedes, que a faça brilhar na vizinhança e espicace a sempre viva inveja da família e amigos. Para animar as coisas, que, segundo consta, não andam bem, o Estado obriga toda a gente a pedir factura.
.

Como se compreenderá, o Estado transforma assim com habilidade e subtileza os portugueses numa corporação de espionagem encarregada de se espiar a si mesma, sem gastar mais do que um carro apreendido a um criminoso ou contrabandista. 
.
Vivendo perto da falência, o comércio e a restauração tendem a subtrair uma factura ou outra à tosquia fiscal a que estão submetidos. Esta prática irrita os peritos que aconselharam ao sr. primeiro-ministro este método democrático. 
.
A Espanha acha o estratagema “pitoresco”. Por mim, que não sou a Espanha, acho a ideia tenebrosa: vexatória, indigna, irresponsável, excessivamente parecida com episódios conhecidos da Ditadura e dos regimes que ela imitava e venerava. E, no fim do ano, gostava de ver a cara do meu compatriota que ganhou esse glorioso concurso.
.
Estou daqui a imaginar a cena. O indivíduo gordo e triunfante que atrapalhou a vida a centenas de pessoas, que tinham cometido o erro de confiar nele. O sr. Passos Coelho, seguido da sua trupe e da sua inconsciência. O automóvel cintilando ao longe. O premiado começará por apertar a mão a S. Exa. com uma grande vénia. 
.
E, a seguir, S. Exa. retribuirá com um pequeno discurso sobre as vantagens da coesão social, do enorme esforço que se espera do conjunto da Pátria e dos milhões que a operação angariou para os pobrezinhos, que ele particularmente estima. Um secretário entregará a chave do carro ao polícia e denunciante do ano e essa virtuosa personagem tornará a apertar com respeito a mão do sr. Passos. 
.
A sociedade portuguesa avançou um novo passo para a abjecção.
Vasco Pulido Valente

"MALEFÍCIOS DO TAL DIA (MAIS LONGO) DE 25 DE ABRIL DE 1974"


Parte dos inseridos na imagem, em baixo, já o diabo os levou.... Ainda andam por aí uns poucos, ao de cima da terra como ovelhas tresmalhadas.... Penitenciam-se, hipocritamente, pelo mal que fizeram a centenas de milhares de inocentes que foram desalojadas de seus bens e da terra, onde muitos, nasceram!!!...  Tragédia lusa!

Fig Reunião no célebre Acordo de Alvor. Em primeiro plano da esquerda para a direita Melo Antunes, Rosa Coutinho,Agostinho Neto,Costa Gomes,Holden Roberto,Jonas Savimbi,Mário Soares e Almeida Santos. Em 8 intervenientes 5 são portugueses sem quaisquer interesses em Angola.Um destes (Mário Soares)“nunca lá pôs os pés”.Dos mais de 5 milhões de residentes em Angola ninguém está representado. Estranha forma de se exercer democracia, agravada com o facto de que o Movimento dos militares portugueses tinha como ponto de honra um referendo e eleições em Angola.
Política - Espoliados das antigas colónias desesperam face ao impasse dos políticos

"PRÓ VELHO SENIL E CADUCO TUDO CAMINHA NUM TAPETE DE ROSAS"



Luis Ochoa, Bruxelas | Publicado há 33 minutos
No final da reunião dos ministros dos Negócios Estrangeiros, em Bruxelas, Rui Machete garantiu que, apesar da vitória do SIM no referendo, os portugueses que vivem na Suiça, na grande maioria, não devem ficar preocupados. 
.
Em Portugal tudo funciona assim... Tal sogro, tal genro!
Nunca mais se varre esta mafiosa gente!

"NÃO FOI ISSO O APREGOADO PELO PIRES DA CERVEJA E O PAULINHO BARDAMERDA"

Pires da cerveja (esquerdo) e a Laurindinha  (direito)
Estes dois "marmanjos"  botarem crescimento, aos rodos, nas exportações portuguesas

As exportações cresceram 4,6 por cento no ano passado. Mas houve um abrandamento nas vendas de bens portugueses ao exterior, quando comparadas com a evolução de 2012. No conjunto de 2013, as exportações acabaram por crescer menos do que o previsto pelo Governo e pelo Banco de Portugal. Ambos apontavam para um aumento de 5,8 por cento.

"A CANALHA QUE NOS GOVERNA VENDE-NOS A TOSTÃO"

" A canalhada sabe que vida há só uma e que se lixe o que é de Portugal porque o que é preciso que venha algum debaixo da mesa porque bem sabe, a canalha, que não tarda levarem um ´xuto´ no traseiro"

 A Frase
A lógica da venda das obras de Miró é a mesma da venda de parte da EDP, dos CTT, dos Seguros, da TAP ou de terrenos no Algarve. É a lógica segundo a qual o Estado tem de se desfazer de todo o seu património para pagar as dívidas. Só que, neste caso, da venda de obras de arte, o Estado contou com uma rede de defensores que não esperava.
Tomás Vasques, i

"E ASSIM LÁ SEGUE A LAURINDINHA, EM ESPANHA, A CAGAR POSTAS DE CARAPAU PODRE!

Clique na imagem da Laurindina para o ouvir
Carlos Santos Neves, RTP

O vice-primeiro-ministro aproveitou esta segunda-feira mais uma deslocação a Espanha para retomar o retrato de um país à beira de completar o Programa de Assistência Económica e Financeira, sem contemplar o cenário de um segundo pacote suportado pela troika. Em Madrid, onde interveio no Fórum Europa, Paulo Portas quis reafirmar que “o calendário português para sair do programa termina a 17 de maio”. E que estar debaixo de um resgate financeiro “é vexatório”.

OBRA DE DRONE



Drogas, telefones celulares transportado por 'drone' deixou cair a sua carga numa  prisão
 
BANGKOK: - traficantes de drogas da Tailândia, os mesmos que antes introduziam na prisão, anfetaminas, drogas pesadas camufladas em sapatos, em comida e tampões higiénicos usaram a última tecnologia de transporte aéreo.
.
Um drone operado por controlo remoto com uma câmera de video montada  deixou a sua carga de Yaba (droga em pastilhas) e alguns telefones celulares em uma prisão na província de Khon Kaen ontem.
.
O drone sobrevoou os muros da prisão e deixou  a sua carga, ilícita, perto de uma área de quartos de banho, de acordo  o governador provincial Somsak Suwannajarit.

Dentro de uma caixa estavam uns quatro quilos de “speed”três telefones celulares, alguns cartões  de shims e carregadores de baterias hastes.